Sorvete Cairu em Belém: Eleito o melhor do Brasil

Se não tem como ir a Roma e não ver o Papa, não tem como ir a Belém e não provar o sorvete Cairu. Eleita a melhor sorveteria do Brasil em 2014, é praticamente uma instituição da capital paraense.

São mais de 50 anos de história. A produção começou pelas mãos de Dona Ruth e Seu Armando Laiun com os sabores de coco, taperebá, cupuaçu e muruci.

E é justamente essa variedade de mais de 50 sabores que fez a fama da Cairu. A sorveteria usa como matéria-prima dos sorvetes artesanais frutas típicas do Pará, muitas exóticas para quem não é do Norte, como bacuri, castanha-do-Pará, açaí, graviola e os citados anteriormente. Desde a primeira vez que estive em Belém meus favoritos são os de taperebá (cajá) e tapioca (consulte todos).

Sorvete Cairu em Belém (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Sorvete Cairu em Belém (Foto: Esse Mundo É Nosso)

São 14 lojas em Belém e uma fábrica no Rio de Janeiro, que distribui o sorvete em alguns pontos da cidade. Mas sem dúvida um dos melhores lugares pra prová-lo na capital paraense é na Cairu da Estação das Docas, principal ponto turístico da cidade. Só por curiosidade, o sabor mais vendido no Rio é o de tapioca; já Belém foge dos sabores amazônicos e o preferido é o de Kinder Ovo.

Sorvete Cairu em Belém (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Só um desabafo: daria tudo por um Cairu de tapioca enquanto escrevo esse post rs. Não existe igual! 😉

+ Confira mais dicas de Belém

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

1 Comment

  1. LILIANE Hilfiger disse:

    Belo post! Sou paraense e tenho muitas saudades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *