Sorvete Glacial de Manaus é uma instituição da cidade

Ir a Manaus e não provar um Sorvete Glacial e como ir a Roma e não ver o Papa. Ele está por todos os lados e é um ótimo refresco no calorão da capital amazonense.

SORVETE GLACIAL DE MANAUS

O sorvete mais tradicional do Amazonas surgiu nos anos 50, quando o português Joaquim Silveira montou seu bar no centro da cidade com apenas uma máquina de picolé. No fim dos anos 60, dois filhos do proprietário decidiram investir em uma máquina de sorvete e abrir uma pequena fábrica.

Nesta época, a produção insuficiente não chegava ao público em geral, era focada nos trabalhadores do Distrito Industrial, hotéis e lojas. Foi então que em 1980, Antônio, filho do Sr. Joaquim, abriu a primeira sorveteria Glacial na mesma esquina onde seu pai havia inaugurado o primeiro bar.

Sorvete Glacial de Manaus (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Sorvete Glacial de Manaus (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O sucesso foi consequência. São diversas lojas próprias com uma linha de picolés e sorvetes dos mais variados sabores. O diferencial está no uso das frutas regionais da Amazônia. Taperebá, tapioca, tucumã, cupuaçu, açaí e banana caramelada, além dos sabores tradicionais, são algumas dessas delícias.

Sorvete Glacial de Manaus (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Sorveteria Glacial - Praia da Ponta Negra, Manaus (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Sorvete Glacial de Manaus (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Duas bolas saem por R$5. Quem quiser também pode se servir por peso. O quilo custa cerca de R$40. A desvantagem fica pelo fato de não aceitarem cartão de crédito/débito.

+ Confira os endereços das lojas do Sorvete Glacial

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Leave your comment

  1. Pedroisidio disse:

    Meu nome é Pedroisidio, trabalhei na sorveteria glacial em Manaus, em várias lojas, a última foi na loja q fica ao lado da fábrica na Major Gabriel, praça 14. Foi um tempo muito bom, valeu a experiência e os amigos q conheci, os sorvetes são os melhores do BRASIL. Não tem igual, o de tapioca é uma delícia, e misturado com o de açai no milk shaik nem se fala, ai q saudade.

  2. Daniela disse:

    Ah, Rafa, quando vi o post de ontem sobre Manaus, e a menção da sorveteria em Ponta Negra, não sabia que logo viria um post exclusivo dela! hehehe
    Adooooorooo! 🙂

  3. Amanda disse:

    Delícia mesmo! Eu pediria de cupuaçu e de banana caramelada 😉

  4. juliana bacci disse:

    Que delícia!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *