Top of the rock: O topo do Rockefeller Center em Nova York

Dos observatórios mais famosos de Nova York, o Top of the Rock é o meu preferido. E vou explicar o porquê.

O topo do Rockfeller Center, o famoso prédio que tem a pista de patinação no gelo e a árvore de Natal no inverno, não fica tão cheio quanto ao do Empire State e tem o próprio Empire State como vista, o que deixa Nova York ainda mais com cara de Nova York.

TOP OF THE ROCK

Além disso, o prédio possui dois andares de observatório, sendo que um deles não tem vidros, o que deixa as fotos muito mais bonitas.

É possível comprar os ingressos pela internet (32 dólares para adultos) e ele está incluso no New York City Pass.

Top of The Rock (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Como eu já havia ido na mesma viagem ao One World e ao Empire State, resolvi ir ao Top of the Rock à noite. Mas quando cheguei para trocar meu city pass, a fila demorou muito e o eu teria que esperar mais de 1h para conseguir subir. Então, troquei meu ingresso para o dia seguinte à noite, já com hora marcada.

O chato mesmo é ter que assistir a um vídeo, em pé, com a história do prédio.

topoftherock01

 

#ficaadica Aproveite sua visita ao Top of the Rock para dar uma passadinha na loja da NBC e, se for de manhã, para assistir ao vivo ao Today, que tem estúdio de vidro e é feito às vezes na própria rua, além de tomar um sorvete na Ben & Jerrys.

 

Top of The Rock (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Top of The Rock (Foto: Esse Mundo é Nosso)

HORÁRIOS

O Top of the Rock funciona das 8h até a meia-noite, todos os dias da semana. O elevador para subir funciona até as 23h.

No dia 24 de dezembro, o prédio funciona até as 23h (o último elevador às 22h10) e no dia 31 de dezembro, o último elevador é às 21h.

Endereço: 50th st entre 5th e 6th ave (próximo à estação Rockefeller Center do metrô)
Mais informações: topoftherocknyc.com

+ Confira todas as dicas de Nova York

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *