Trancoso, na Bahia, é um daqueles lugares que conseguem ser rústicos e charmosos ao mesmo tempo. Com praias lindas e ótimos restaurantes, o destino se transformou em um dos mais famosos do Brasil.

Por isso, neste post a gente dá todas as dicas que você precisa para organizar uma viagem por lá. Saiba a melhor época pra visitar Trancoso, onde a vila está localizada, veja sugestão de roteiro, as principais praias, restaurantes e o que fazer no famoso Quadrado.

Acesso rápido
– Onde fica Trancoso
– Como chegar
– Quando ir
– Quantos dias
– É um destino caro?
– O que fazer
– Praias de Trancoso
– O que fazer à noite
– Onde comer
– Roteiro
– Onde ficar
– Como ir pra Arraial
– Como ir pra Caraíva

Onde fica Trancoso?

Antes de mais nada, vamos falar onde Trancoso está localizada. A vila fica no litoral sul da Bahia e pertence ao município de Porto Seguro, ou seja, não é uma cidade independente.

A vila fica próxima à Arraial d’Ajuda e à Caraíva.

Da saída da balsa, em Arraial, até Trancoso são 28 km. Pela estrada, são 72 km.

Como chegar em Trancoso

Há diversas maneiras de chegar em Trancoso. A mais comum delas é de avião, mas também é possível ir de carro ou ônibus.

Restaurantes nas casas coloridas do Quadrado em Trancoso (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Quadrado em Trancoso (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Avião ou ônibus

O aeroporto e a rodoviária mais próximos de Trancoso são os de Porto Seguro. Portanto, se você quiser ir de avião ou ônibus vai precisar desembarcar na cidade e depois pegar um transporte até Trancoso.

Também existe a possibilidade de atravessar a balsa até Arraial e de lá pegar um ônibus ou uma van até Trancoso.

Vale a pena alugar um carro?

Uma das alternativas é pegar um táxi ou alugar um carro no aeroporto ou rodoviária. Alugar um carro pode ser uma boa solução, já que ele será útil também para conhecer algumas praias da região.

Nossa dica é que você faça isso com a Rentcars, que funciona como uma buscadora entre as principais locadoras de carro. Além de poder compará-las para ver a que oferece o menor preço, você fará tudo online. Aliás, aproveite para fazer a cotação agora.

De carro, é possível ir pela balsa, que possui um trajeto menor (28 km) ou pela estrada (cerca de 72 km). A travessia da balsa dura cerca de 10 minutos e é 24h.

Pra quem vai de carro de outras regiões, como Salvador, Espírito Santo ou Minas Gerais, a cidade de Eunápolis é a referência. Lá, terá que pegar a BR-367, sentido Porto Seguro, e a saída é a BA-001.

Quanto tempo demora?

Do aeroporto de Porto Seguro até Trancoso, você levará mais de 1h se estiver de carro.

Quando ir pra Trancoso

Na hora de escolher a melhor época para ir pra Trancoso, vale saber que a região de Porto Seguro tem chuvas distribuídas durante todo o ano e uma temperatura média de 25ºC.

Verão

O verão é a época em que as pancadas de chuvas costumam dar mais as caras. Apesar disso, a temperatura média é de 26ºC.

Vista do Mirante do Quadrado em Trancoso, na Bahia
Mirante do Quadrado (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A alta temporada vai, principalmente, de dezembro ao Carnaval. Nesta época, prepare-se para desembolsar um boa grana com hospedagem, passagem e passeios.

O mesmo acontece em feriados e nas férias de julho.

Um destaque para o Réveillon, que é uma das épocas em que a vila recebe mais turistas, inclusive famosos, para as suas festas.

Gráfico com a climatologia em Porto Seguro, Arraial d'Ajuda e Trancoso

Inverno

Enquanto o litoral do Nordeste sofre durante o inverno, a região de Porto Seguro costuma ter dias de sol com temperaturas mais amenas (média de 22ºC). Claro que existe a chance de ter dias chuvosos.

Nós fomos em junho e pegamos dias lindos de sol sem precisar gastar tanto com hospedagem, já que nesta época os hotéis são mais em conta. Pra não gastar tanto, vale a pena ir pra Trancoso fora da alta temporada.

Quantos dias ficar?

Para conseguir aproveitar bem, o ideal é ficar pelo menos 4 dias em Trancoso. Desta forma, dará para curtir bastante o famoso Quadrado e também as praias.

Final do dia na Praia dos Nativos com céu em tons azuis e amarelados
Praia dos Nativos (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Claro que se você tiver mais dias, não será um problema. Afinal, Trancoso tem praias lindas. Além disso, dá para usar os outros dias para visitar Arraial d’Ajuda e Caraíva.

Aliás, se for para conhecer bem Arraial e Caraíva, o ideal é ficar em cada uma delas também pelo menos 4 dias.

Trancoso é um destino caro?

Embora muita gente pense que Trancoso seja um destino caro, dá sim para conhecer a região sem gastar uma fortuna.

Claro que na alta temporada, principalmente no Réveillon, os preços são abusivos, mas durante o resto do ano dá para ir pra lá sem gastar tanto.

Trancoso: Casinha amarela no Quadrado
Quadrado (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Pra quem quer economizar, é possível pegar alguma pousadas em Trancoso mais em conta. Se não for tão perto do Quadrado será mais barato. Inclusive, dá para encontrar restaurantes mais em conta também nesta região.

Mesmo na parte mais turística, é possível comer tapiocas e sanduíches sem precisar desembolsar uma fortuna, mas falaremos mais disso adiante.

Saiba mais
Dicas de onde ficar em Trancoso
Arraial ou Trancoso? Como escolher

O que fazer em Trancoso

Pode até parecer que não, mas há muito o que fazer em Trancoso. Antes de mais nada, vou falar do Quadrado, uma das partes mais famosas da região:

Quadrado

É no Quadrado de Trancoso que as coisas acontecem. Por lá, estão as famosas casinhas coloridas e a igrejinha. Além disso, lá de cima tem um visual incrível do mar.

Casa Colorida com mesas e cadeiras ao ar livre no Quadrado de Trancoso
Quadrado (Foto: Esse Mundo é Nosso)

História

Pra quem não sabe, até os anos 70, Trancoso era um povoado desconhecido. Até que os hippies chegaram lá e, aos poucos, a vila ganhou fama nacional.

Entrada da Casa Divino, com tons em azul, no Quadrado em Trancoso
Quadrado (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Nesta época, a vila era composta pelas casas ao redor do Quadrado, que, na verdade, é mais um retângulo.

A partir dos anos 90, Trancoso passou a ser um dos destinos mais disputados no Brasil e se transformou em um polo turístico.

Hoje em dia, algumas das casas coloridas do Quadrado se transformaram em lojas, restaurantes ou servem para aluguéis de temporada.

O que fazer no Quadrado

Um item que vale apena destacar: esqueça o salto alto em Trancoso! Não é incomum ver mulheres super bem produzidas com super sandálias altíssimas tentando andar por Trancoso. Lembre-se que você está na praia e esqueça essas formalidades!

Bicicleta em frente à Igreja de São João Batista no Quadrado
Igreja de São João Batista (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Igreja de São João Batista

A Igreja de São João Batista é um dos símbolos de Trancoso. Ela foi construída em 1656.

Atrás dela, está o mar, ou seja, a vista é maravilhosa. Por isso, por ali fica um mirante com uma visão privilegiada das praias dos Nativos e dos Coqueiros.

Mirante no Quadrado com vista para a praia dos Coqueiros (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Mirante no Quadrado (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Muitos casamentos são feitos hoje em dia nesta capela. Se esta for sua vontade, procure com bastante antecedência.

Lojas

No Quadrado, é possível encontrar algumas barraquinhas que vendem artesanato. Inclusive, eu comprei um imã bem bonito de Trancoso por lá. Algumas lojas também vendem produtos feitos a mão.

Pra quem gosta de fazer compras, essa é uma excelente região. Carmin, Osklen, Lenny Niemeyer e Martha Medeiros são algumas das marcas presentes na região.

Pra quem gosta de economizar, no Quadrado também tem mercadinho.

Restaurantes

Embora a gente vá falar mais abaixo dos restaurantes em detalhes, os principais deles ficam no Quadrado.

Como estão localizados no local mais famoso da vila, os restaurantes não são tão em conta.

Os mais famosos são o Silvana & Cia, Sagrado, Caribé, Rabanete, Vitória, Canto do Quadrado e Café Cultura.

Mais uma dica pra quem não quer gastar muito: a gente comeu uma tapioca ótima de uma barraquinha por lá. Além disso, tem lanchonetes com preços mais convidativos.

Praias de Trancoso

As praias de Trancoso são realmente incríveis. Algumas delas ficam próximas ao Quadrado e possuem fácil acesso. Já algumas outras são um pouco mais afastadas.

Praia dos Coqueiros

A Praia dos Coqueiros é a mais próximo do Quadrado e também a mais bem estruturada com a presença do Café de La Musique e do Uxuá.

Mar, areia e beach club na Praia dos Coqueiros em Trancoso
Praia dos Coqueiros (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Para chegar até ela é só descer uma rua de só terra para pedestres. Embora haja beach clubs mais caros, é possível encontrar por lá barracas para quem quer gastar menos, como a Barraca do Jonas e a Silvana & Cia.

Praia dos Nativos

A Praia dos Nativos fica à esquerda da dos Coqueiros. Ela tem menos estrutura, mas, ainda assim, possui barracas. Algumas com consumação mínima.

Mar ao fundo com rio e areia na Praia dos Nativos em Trancoso
Praia dos Nativos (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A gente se hospedou no hotel boutique Mata N’Ativa, que fica bem perto desta praia. Aliás, gostamos muito e recomendamos o hotel.

Praia do Rio Verde

Outra praia em Trancoso é a do Rio Verde, que fica à direita da dos Coqueiros. Também possui pouca estrutura.

Praia do Rio da Barra

Mais deserta, a praia do Rio da Barra está a cerca de 3 km da Praia dos Nativos. Possui lindas falésias e tem pouca estrutura.

Vista para o mar das falésias da Praia do Rio da Barra (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Rio da Barra (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Praia do Espelho

Embora a Praia do Espelho seja uma das mais famosas de Trancoso, ela não fica próxima ao Quadrado. São cerca de 24 km de distância sentido Caraíva.

Vista do mar entre as pedras da Praia do Espelho (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Espelho (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Aliás, esta praia já foi eleita como uma das mais lindas do Brasil por jornais como o The Guardian.

Pra quem preferir, há hotéis na praia. Eles, aliás, cobram consumação mínima caso você queira passar o dia em suas barracas.

Itapororoca e Itaquena são outras praias de Trancoso, mas que não conseguimos conhecer.

O que fazer em Trancoso à noite

Embora durante o dia o Quadrado pareça um lugar sem grandes movimentos, é à noite que ele se transforma.

Noite em Trancoso: Restaurante com luminárias e mesas ao ar livre no Quadrado
Noite no Quadrado (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Quando o dia cai e as luzes se acendem, as casas coloridas ganham outras cores. Velas e luminárias deixam o ambiente charmoso e os restaurantes e bares abrem suas portas para quem quer curtir a noite em Trancoso.

O melhor é que os restaurantes colocam as mesas ao ar livre e embaixo das árvores. Ótimo para experimentar uma boa comida baiana ao som de música ao vivo.

Durante o verão acontecem festas, baladas e shows em beach clubs, bares e pousadas espalhados pela vila.

Onde comer

Há muitas opções de restaurantes em Trancoso. A maior parte deles está localizada no Quadrado, mas há também alguns nas praias.

Mesas ao ar livre de restaurante no Quadrado em Trancoso
Restaurante no Quadrado (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Como eu já disse antes, os restaurantes de Trancoso são um charme. Se de dia, a maioria fica fechado, já que os turistas geralmente estão na praia, à noite eles viram as grandes estrelas do Quadrado.

Luminárias nas árvores, mesas ao ar livres, velas… Tudo para deixar o visual ainda mais charmoso, mas sem esquecer do fator principal: a comida.

Dicas de restaurantes

O Silvana & Cia (silvanaecia.com.br) é um dos mais tradicionais da vila. Os preços costumam ser altos. No cardápio tem entradinhas e porções, como lula, camarão e isca de peixe. Já como prato principal tem massas, carnes, peixes, frutos do mar e, claro, moqueca.

Um dos restaurantes com vista é o El Gordo. Ele também fica no Quadrado e o menu é inspirado na gastronomia portuguesa.

Enquanto isso, o Sagrado tem no cardápio saladas, hambúrgueres, ceviches, pastéis e grelhados. Pra quem gosta de comida por quilo, a dica é o Rabanete, que também fica no Quadrado.

Outra dica é o Uxua, que, além de hotel e barraca de praia, tem um restaurante no Quadrado com entradinhas e pratos mais requintados, como carpaccio de polvo.

Vista do mar da Praia dos Coqueiros no Uxua Beach Bar
Uxua Beach Bar (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Pra quem gosta de pizza, a dica é o Canto do Quadrado. Já o Vitória tem um cardápio bem variado com carnes, frutos do mar e peixes.

Mas se você é do time que gosta de economizar, não deixe de experimentar as tapiocas e o acarajé que são vendidos em barraquinhas. Além disso, a Marcos Lanchonete também é uma opção para lanches rápidos e mais baratos.

Outras boas opções são o Cantinho Doce, O Cacau e o Capim Santo.

Roteiro em Trancoso

Organizar um roteiro em Trancoso não é tão complicado, já que a grande atração da vila é a praia. A gente tem uma sugestão pra vocês:

Dia 1 do roteiro em Trancoso

  • Chegada em Trancoso na hora do almoço
  • Ida ao Quadrado
  • Ida à Praia dos Coqueiros

Dia 2

  • Praia dos Coqueiros de manhã
  • Praia do Rio Verde à tarde
  • Jantar no Quadrado
Pôr do Sol na Praia dos Nativos em Trancoso
Praia dos Nativos (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Dia 3

  • Passeio pra Praia do Espelho
  • Noite no Quadrado

Dia 4

  • Praia dos Nativos
  • Praia do Rio da Barra
  • Noite no Quadrado

Onde ficar em Trancoso

A vila tem excelentes opções de onde ficar como mostramos no post com as melhores pousadas em Trancoso.

Nossa dica é que você fique próximo ao Quadrado, já que estando hospedado na região não precisará de carro principalmente à noite.

Pra quem preferir ficar perto das praias, tem também ótimas opções. Só é preciso lembrar mesmo da noite, já que os restaurantes ficam, em sua maioria, no Quadrado.

Piscina com espreguiçadeiras da pousada Mata N'ativa
Pousada Mata N’ativa (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Nós ficamos hospedados no Mata N’Ativa, que fica perto da Praia dos Nativos, mas está a uma pequena caminhada do Quadrado. São apenas 12 suítes. Todas espaçosas e confortáveis. Gostamos muito.

Pra quem quer, sobretudo, um bom custo-benefício, a pousada João Maria é uma boa opção. Já a Quarto Crescente possui excelentes avaliações dos hóspedes, assim como a Casa de Perainda e a Jardim das Margaridas.

Como ir de Trancoso a Arraial d’Ajuda

Pra quem tiver tempo, vale a pena aproveitar a viagem a Trancoso para conhecer também Arraial d’Ajuda e Caraíva. Para isso, vale a pena reservar pelo menos mais 4 dias para cada destino.

Enquanto Arraial d’Ajuda tem mais estrutura e agito, Caraíva é uma vila mais tranquila. Embora fique cheia na alta temporada, ela ainda tem aquele climinha de cidadezinha pequena.

Mar da Praia da Lagoa Azul em Arraial d'Ajuda (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia da Lagoa Azul (Foto: Esse Mundo é Nosso)

As dúvidas de como chegar em Arraial d’Ajuda são constantes, já que muita gente se desanima com a estrada de terra.

Há as duas possibilidades: estrada de asfalto com 32 km de trajeto e a outra com 20 km que tem trechos de terra.

Além disso, pra quem não estiver de carro, dá para ir de ônibus com a empresa Águia Azul. Algumas vans também fazem esse itinerário. Outra opção é negociar com algum taxista.

Como ir de Trancoso pra Caraíva

Agora que você já sabe como ir a Arraial, vamos dar as dicas de como chegar em Caraíva. A estrada de terra que liga Caraíva a Trancoso tem cerca de 40 km.

Pra quem estiver de carro, há um estacionamento antes do rio, já que na vila só dá para andar a pé.

Pra cruzar o rio, é preciso pegar uma canoa num trajeto de cerca de 5 minutos.

Casas coloridas no centro de Caraíva (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Caraíva (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Também dá para ir de ônibus. A gente fez isso. Embora o ônibus não seja novo, é uma boa para economizar. Entretanto, na nossa volta o ônibus quebrou ainda perto de Caraíva e nós precisamos dividir um táxi com uns moradores que encontramos no meio do caminho.

De ônibus, o trajeto leva cerca de 2h. Dá também para negociar com algum taxista um valor para levar até Caraíva.

Ficou com alguma dúvida sobre Trancoso? Deixe nos comentários!

Saiba mais
O que fazer em Trancoso
38 Melhores pousadas em Trancoso
Restaurantes em Trancoso

Sobre o Autor
Adolfo Nomelini
Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há mais de 13 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.