Wengen: Uma vila da Suíça que parece ter saído de um filme

Wengen é daquelas cidadezinhas da Suíça que parecem ter saído das telas do cinema ou de algum comercial de chocolate. Casinhas de madeira, árvores coloridas, vaquinhas com sinos e picos nevados compõem o cenário.

Com pouco mais de mil habitantes, essa vila esbanja charme pra onde quer que você aponte a câmera. Apesar do clima pacato, ela se transforma na temporada de inverno, quando é invadida por praticantes de esportes de neve. Estivemos lá antes da alta estação, no começo do outono, quando a cidade fica ainda mais colorida.

WENGEN, SUÍÇA

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que mais gostei quando visitei Wengen foi encontrar aquela Suíça dos cartões postais, dos cenários que a gente tem em mente quando pensa no país.

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

E a cidade tem algumas particularidades. Praticamente não existem carros, já que não há estradas que a liguem a outro lugar. Tudo vem de trem, inclusive os visitantes, que ainda têm a opção de chegar de teleférico. Um lugar perfeito pra relaxar, curtir o frio dos alpes suíços e um bom fondue. Lembre-se apenas que tudo costuma fechar cedo e saia pra jantar cedo.

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

MÄNNLICHEN

Além de trilhas para caminhadas e pistas de esqui, uma famosa atração que pode ser visitada o ano todo é Männlichen, com mais de 2.300m, um popular ponto de partida para prática dos esportes de inverno.

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

De Wengen, chega-se a Männlichen de bondinho numa viagem de menos de 10 minutos e com uma vista de tirar o fôlego. Os horários do teleférico mudam constantemente de acordo com a época do ano. Vale ficar atento pra não perder o último de volta pra cidade, sempre por volta das 17h30.

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Da estação de chegada do bondinho, vale a pena caminhar por cerca de meia hora até uma grande coroa instalada sobre um penhasco. Você se sentirá literalmente o rei ou a rainha dos Alpes Berneses.

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Männlichen tem ainda um hotel e restaurante, além de também ter ligação com a cidade de Grindelwald por meio de um bondinho.

Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

JUNGFRAUJOCH

Wengen é ainda ponto estratégico pra quem quer visitar Jungfraujoch, a estação de trem mais alta da Europa. Há neve o ano todo e muitas atrações (saiba tudo). A viagem de trem dura cerca de duas horas subindo os alpes. Garanta antes seu bilhete.

 

COMO CHEGAR A WENGEN

A cidade mais próxima é Lauterbrunnen, que tem conexões diretas de trem com Interlaken e dali pras demais grandes cidades, como Zurich e Berna (cerca de 2h de viagem). Dá ainda pra vir de trem por Kleine Scheidegg ou de bondinho de Grindelwald passando por Männlichen.

Como chegar a Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

ONDE FICAR

Por conta de ter sua população multiplicada em até 10 vezes nas temporadas de inverno e verão, a rede hoteleira é ótima pro tamanho de Wengen. Me hospedei no Hotel Alpenruhe Kulm, um pouco mais antigo, mas super confortável e a uma curta caminhada do centrinho. A vista dos quartos é linda.

Hotel Alpenruhe Kulm em Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Hotel Alpenruhe Kulm em Wengen, Suíça (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

QUANDO IR

Dá pra visitar Wengen o ano todo. As temperaturas por aqui são bem mais baixas, afinal estamos nos alpes. Espere um verão ameno e temperaturas negativas, inclusive com neve, no outono e inverno.

* O jornalista viajou a convite do Switzerland Tourism e da Swiss International Air Lines. Todas as opiniões dadas aqui são independentes e isentas.

+ Jungfraujoch – Uma experiência única no Topo da Europa
+ Todas as dicas para viajar pra Suíça
+ Site de turismo da cidade de Wengen

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *