Bali: Como saber se você vai gostar de Kuta?

Depois de tantos anos de glória, Kuta virou o patinho feio de Bali, na Indonésia. É que com o mega boom do turismo, o local inflou demais, ficou superlotado e com cara artificial, voltada só para o turista… Perdeu a essência da antiga Bali.

Depois de ouvir tantas pessoas “massacrando” Kuta e outras evitando ao menos pisar no local, que nem fica tão longe da mais requintada Seminyak, decidi ver de perto esse lugar. Listo aqui algumas coisas que observei e que acho que são essenciais para saber se você vai ou não gostar de lá:

 

BALI – KUTA

PRAIA
Assim como Seminyak, que é a região da modinha agora, a praia de Kuta não é das mais bonitas. Por incrível que pareça, apesar da imagem paradisíaca que temos de Bali, a maioria das praias mais populares tem areia escura de origem vulcânica. É parecido com Santos, no litoral paulista. De toda forma, Kuta tem fácil acesso de carro a paraísos como Uluwatu, essa sim de águas azuis.

Bali: Praia de Kuta (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Bali: Praia de Kuta (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Havia lido muito sobre excesso de sujeira tanto na areia como na água. Não sei se foi sorte ou se realmente melhorou, mas Kuta estava exatamente como Seminyak: praticamente limpa, mas com um lixinho aqui outro ali.

 

HOTÉIS

Kuta é uma das regiões mais exploradas pelas redes hoteleiras. Você encontrará desde grandes resorts até opções menores e mais charmosinhas. O ponto positivo: as diárias são mais em conta que em outras regiões mais da moda, justamente pela fama negativa que a essa área tem ganhado. Será pra tanto? Esse da foto, por exemplo, o Terrace at Kuta, tem preços ótimos.

Bali: Hotel em Kuta (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

VIDA NOTURNA
Achei a noite em Kuta muito mais agitada que a de Seminyak. Os bares que se espalham pela Jl. Legian são bem legais e muitas vezes lembram Cancún ou Playa del Carmen, no México, com dançarinos e muitas brincadeiras com bebidas.

Bali: Noite em Kuta (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Então vai do seu perfil. Se procura muito agito, jovens, bares animados com música alta, com certeza irá gostar. Se prefere baladas mais finas, público mais selecionado ou barzinhos mais calmos, prefira Double Six ou Seminyak.

 

PREÇOS
O custo de ficar em Kuta é bem mais baixo que em outras áreas de Bali, por isso essa é a região preferida por mochileiros. Você encontrará ótimos hotéis com diárias a incríveis US$20, perto da praia e da Legian. As lojas, bares e restaurantes também costumam ter preços melhores.

Bali: Restaurante em Kuta (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

PÚBLICO
Por ser mais barata, Kuta é destino não só de estrangeiros como também de indonésios. Nenhum problema com isso. Mas a praia em alguns dias costuma ficar mega lotada. Se estiver na região, dê uma caminhada para o lado direito da orla e encontre barracas e bares mais vazios, para os lados de Seminyak.

Bali: Praia em Kuta (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

CONCLUSÃO
Como disse, não sei se foi sorte, mas não achei Kuta o terror que me fizeram pensar dela. Inclusive senti falta da vida noturna daqui quando me mudei pra a região Seminyak. Acho que vale ao menos dar uma passadinha pra conhecer.

+ É preciso visto para a Indonésia? Como tirar?

+ Confira mais dicas de Bali

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *