Cataratas do Iguaçu: Dicas de como visitar o parque no Brasil

Sabe quando a gente visita um lugar e fica com orgulho de ser do Brasil, de ser nosso? Foi isso o que aconteceu depois de ver perto as Cataratas do Iguaçu no Parque Nacional do Iguaçu, em Foz, no Paraná.

CATARATAS DO IGUAÇU

ESTRUTURA

É preciso destacar a estrutura que o lugar possui. É tudo organizado, limpo e novo. Os funcionários são solícitos e falam diversas línguas já na bilheteria. Depois de passar pela entrada, os visitantes pegam um ônibus do próprio parque para percorrer os mais de 10km até chegar na área em que estão as Cataratas do Iguaçu.

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Tudo é tão organizado que nesta rodovia, que já faz parte do Parque, o limite de velocidade é de 40km/h e os carros de fora (de excursões, por exemplo) recebem um chip logo na entrada para controlar que não estão correndo demais.

estacionamento no parque com 900 vagas para automóveis e que funciona das 7h30 às 19h. A taxa deve ser paga no ato da compra do ingresso.

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

INGRESSOS

É possível comprar o ingresso com data marcada pela internet, mas também dá para comprar na hora na bilheteria. Se for em feriados ou férias, vale a pena já chegar com o ingresso para evitar filas. Brasileiros e moradores do Mercosul possuem tarifas especiais.

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Veja o valor dos ingressos

BRASIL E ARGENTINA

O Brasil e a Argentina dividem mais de 600 mil hectares de áreas protegidas. Do lado dos hermanos está o Parque Nacional Iguazú e do nosso está o Parque Nacional do Iguaçu. Já tivemos a oportunidade de ir nos dos dois parques. São experiências bem diferentes, mas no Brasil, além da estrutura ser muito melhor, a vista é mais bonita e é possível chegar mais perto das Cataratas do Iguaçu. A graça mesmo do lado argentino é estar próximo à Garganta do Diabo. De qualquer forma, vale a pena conhecer os dois lados.

PARQUE NACIONAL

O Parque Nacional do Iguaçu foi criado em 1939 e é hoje o habitat de diversas espécies em extinção como a onça-pintada, o jacaré-de-papo-amarelo e a araucária. Desde 1986, o local é considerado como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO.

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Além de fazer a trilha habitual e ir até a passarela para ver de perto as Cataratas do Iguaçu, outros passeios são oferecidos e pagos à parte, como o voo de helicóptero e o Macuco Safari, um passeio de barco, além da Trilha das Bananeiras e do Poço Preto.

A trilha para chegar até perto das Cataratas, nos Mirantes do Espaço Naipi, é bem tranquila e com paradas que deixam qualquer um de boca aberta com tamanha beleza. Asfaltada, a maior dificuldade da trilha é a grande quantidade de escadas. Na volta, para subir tudo, há dois elevadores panorâmicos, que podem ser usados também para descer para quem não puder andar até lá.

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Quando chegar perto das Cataratas do Iguaçu, nas plataformas suspensas, qualquer esforço terá valido a pena. Dá para passar até pela famosa passarela da Garganta do Diabo, com uma das quedas mais surpreendentes com 80m de altura. É tão bonito! É tanta água! Não dá para explicar. Vale comprar um protetor para o celular, já que costuma melhor e será difícil se controlar para não tirar fotos. É lindo demais!

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

RESTAURANTE

Como já dissemos, o parque possui ótima estrutura. Para quem prefere comer alguma coisa rápida, há um fast food com preços convidativos. Já quem preferir comer em um restaurante com vista para as Cataratas do Iguaçu, não deixe de ir ao Porto Canoas. No estilo buffet, o local oferece boas opções de carnes, massas, saladas e peixes. O preço é cobrado por pessoa.

CUIDADO COM OS QUATIS

Os quatis até parecem animais fofos, mas é bom não mexer com eles. No Parque Nacional do Iguaçu, eles estão por toda parte. O segredo é não mexer com eles e não dar comida de jeito nenhum. Desta forma, eles passarão por perto sem deixar marcas. É bom tomar cuidado com sacolas e bolsas, já que quando menos esperamos eles aparecem e mexem em tudo. Se mexer com os quatis, eles podem morder e machucar bastante.

https://www.essemundoenosso.com.br/passar-mal-no-aviao/

HOTEL

Para quem quer viver uma experiência ainda mais intensa, é possível dormir dentro do parque, vendo pela janela do quarto as quedas d’água. O Belmond Hotel das Cataratas é um luxuoso hotel que fica de frente para as Cataratas do Iguaçu. Entre os visitantes que já se hospedaram ali, estão celebridades e autoridades dos mais diversos países. Sem dúvida é uma oportunidade e tanto acordar com o parque praticamente só seu (veja diárias com desconto).

Cataratas do Iguaçu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Infelizmente não nos hospedamos ali, mas ficamos no Centro de Foz do Iguaçu, no Viale Tower Hotel, que tem uma estrutura muito boa e ótima localização, além um excelente custo-benefício.

Vai pra Foz do Iguaçu? Encontre os melhores hotéis com desconto
Hotéis com descontos de até 50% em Foz do Iguaçu

 

MAIS DICAS DE FOZ DO IGUAÇU
+ Veja hotéis em Foz com até 50% de desconto
+ Macuco Safari: Você de barco pertinho das Cataratas
+ Sabia que você pode ir ao parque também à noite?
+ Como é a visita ao Parque das Aves em Foz do Iguaçu
+ Todas as dicas pra sua viagem à região

* Os jornalistas visitaram as Cataratas do Iguaçu a convite da Cataratas do Iguaçu S. A., mas todas as opiniões dadas aqui são pessoais e isentas.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

2 Comments

  1. Local Lindo, é um paraíso na terra. Quando chegamos perto das quedas sentimos uma Energia muito forte, parece que recarrega as baterias. Belo Post.

  2. Anna Moura disse:

    Da pra fazer os dois parques, brasileiro e argentino, no mesmo dia? De um sair pro outro? Ou tem q ser em dias diferentes?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *