Imigração na Alemanha: Como é, dicas e documentos necessários

Muita gente que entra na Europa em voos diretos saindo do Brasil para o país fica em dúvida sobre como é a imigração na Alemanha, os documentos exigidos e o que pode ser pedido pelo agente.

Brasileiros não precisam de visto ou vacinas para permanência de até 90 dias no chamada Espaço Schengen, que inclui boa parte da União Europeia, exceto Reino Unido e Irlanda. Mas por outro lado, há uma certa documentação que é recomendada e pode ser exigida, como falaremos mais abaixo.

Eu já fiz a imigração na Alemanha tanto em Frankfurt como em Munique, que voltará a receber voos do Brasil em breve. Em ambas o processo foi rápido e tranquilo. Dou algumas dicas aqui e o mais importante: o que o país solicita que você leve com você de documentos.

COMO É A IMIGRAÇÃO NA ALEMANHA

| PRECISO DE VISTOS OU VACINAS?

Como disse anteriormente, para um período de até 90 dias nos países membros do Espaço Schengen (explicarei mais abaixo quais são), incluindo a Alemanha, brasileiros não precisam de vistos ou vacinas para viagens a turismo.

Imigração na Alemanha: Aeroporto de Frankfurt

| SEGURO OBRIGATÓRIO PRA ALEMANHA

Por outro lado, é obrigatório que o viajante tenha um seguro viagem válido por toda a estadia na Europa, com cobertura mínima de 30 mil euros. Esse é um seguro comumente vendido no Brasil e pode ser pedido na imigração na Alemanha ou nos demais países.

Nós sugerimos que você faça a cotação no site da Seguros Promo, que é um buscador que encontra os melhores preços entre as principais seguradoras. Você pode ainda usar o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 para ter descontos na contratação do seguro e, se pagar no boleto, o desconto é ainda maior. Sai mais barato que de última hora no aeroporto.

O seguro não é importante apenas porque é exigido, mas garante sua tranquilidade caso ocorra qualquer imprevisto de saúde ou até mesmo extravio de mala ou cancelamentos de voos. Eu já fraturei a coluna esquiando no exterior e tive de ser resgatado de helicóptero. Já imaginou quando isso me custaria se não tivesse feito o seguro, que é barato, dependendo dos dias de viagem?

| DOCUMENTOS EXIGIDOS NA IMIGRAÇÃO

A Representação do Governo da Alemanha no Brasil condiciona a entrada de brasileiros no país, além do seguro citado acima, aos seguintes documentos:

  • Passaporte emitido há menos de 10 anos e válido por pelo menos três meses para além da sua data de saída;
  • Que o passageiro tenha como comprovar o objetivo da viagem. Isso inclui, por exemplo, a reservas de hotéis ou do aluguel de uma casa durante a permanência no Espaço Schengen e não só apenas na Alemanha (encontre hotéis com descontos);
  • Possa também comprovar que tem recursos financeiros para se manter durante a viagem. O país não especifica quanto de dinheiro, mas você pode considerar, assim como a França pede, uma média de 65 euros por dia. Você pode comprovar a quantia em dinheiro vivo ou até mesmo com a fatura do seu cartão de crédito ou um cartão pré-pago;
  • Disposição para deixar o Espaço Schengen antes de expirar os 90 dias. Ou seja, tenha com você a passagem de volta.

Mais abaixo iremos fazer um resuminho desse checklist para passar com tranquilidade na imigração na Alemanha.

| MENORES DE IDADE

Brasileiros menores de 18 anos que viagem ao exterior sozinhos ou na companhia de apenas um dos pais ou responsáveis precisam de uma autorização que você pode consultar no site do governo alemão no Brasil.

| O QUE É O ESPAÇO SCHENGEN?

É um acordo de livre fronteiras entre diversos países da Europa. Ou seja, mesmo que você voe do Brasil para a Espanha, por exemplo, mas seu voo chegue em Frankfurt, sua imigração será em território alemão e não no espanhol. A imigração é feita no primeiro país onde você desembarca na região.

São membros de Schengen os seguintes signatários: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça. Se você quiser saber mais sobre esse acordo, pode consultar esse documento do Itamaraty.

Imigração na Alemanha: Aeroporto de Frankfurt

| CHECKLIST PARA IMIGRAÇÃO NA ALEMANHA

Abaixo fazemos um resuminho do que é recomendado pelo governo para a imigração na Alemanha de brasileiros que irão ficar até 90 dias no Espaço Schengen. Se você pretende ficar mais tempo, vale consultar as orientações do governo nesse site.

Passaporte válido por pelo menos três meses a valer da data de saída;
Seguro viagem obrigatório com cobertura mínima de 30 mil euros (compare aqui opções com descontos);
☑ Comprovantes dos objetivos da viagem, como reservas de hotéis ou de casas de temporada ou até mesmo uma carta convite de algum morador do país em situação legal. Existem vários modelos na internet que você pode consultar;
☑ Deve comprovar que tem dinheiro suficiente para se manter durante todo o tempo da viagem. Considere em média 65 euros por dia, que podem ser comprovados em dinheiro vivo, fatura do cartão ou soldo no cartão pré-pago;
☑ Comprovante de que deixará o Espaço Schengen até o prazo de 90 dias, como por exemplo uma passagem aérea de retorno.

+ Veja hotéis com descontos no país

| RESTRIÇÕES DE BAGAGEM

Assim como todos os países, há restrições na entrada na Alemanha para medicamentos, quantias em dinheiro e outras medidas alfandegárias por conta de viagem com animais, plantas ou produtos derivados. Vale também consultar as instruções no site.

MAIS DICAS DA ALEMANHA
+ Encontre melhor preço no seguro obrigatório
+ Veja hotéis com descontos no país
+ Todas as dicas pra curtir Berlim
+ Veja dicas práticas de Frankfurt

Tem mais alguma dúvida sobre a imigração na Alemanha? Deixe seu comentário que farei o possível para ajudar!

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *