Como é voar Emirates, a melhor companhia aérea do mundo

Em junho, a Emirates consolidou sua excelência ao ser eleita a melhor companhia aérea do mundo pelo Ranking Skytrax, o mais conceituado do planeta, feito com base nas opiniões dos passageiros.

Principal companhia dos Emirados Árabes Unidos, a empresa tem base no aeroporto de Dubai e voa para mais de 60 países em seis continentes.

Em uma viagem ao Sudeste Asiático, voei quatro vezes pela Emirates, com escala em Dubai, três delas na classe econômica do Boeing 777-300ER, que são os voos que vou relatar nesse post.

Como é voar Emirates (Foto: Divulgação)

COMO É VOAR EMIRATES

COMPRA

A aquisição dos bilhetes pelo site da companhia é super fácil e em português. Nada diferente do que estamos acostumados no Brasil. O que chama a atenção é o número de serviços oferecidos e eu usei alguns deles, como a possibilidade de fazer um stopover em Dubai e tirar o visto para os Emirados Árabes Unidos. É possível ainda inscrever-se no Skywards, o programa de fidelidade da Emirates, e começar a pontuar já no primeiro voo.

CHECK-IN

Fiz check-in em duas cidades diferentes, Johannesburg, na África do Sul, e Ho Chi Minh, no Vietnã. O atendimento nas duas localidades foi padronizado, bem atencioso, com pouca fila e com funcionários que falavam inglês. A franquia de bagagem na econômica é de 30Kg. Fique atento porque, principalmente em Dubai, o portão fecha muito cedo e o embarque não pode ser feito com menos de 30 minutos para a decolagem.

O AVIÃO

Como é voar Emirates (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A Emirates tem mais de 80 Boeing 777-300ER na sua frota, a mesma aeronave que faz a rota São Paulo – Dubai. O avião é moderno, confortável e com capacidade para mais de 350 passageiros nas três classes. Os assentos são configurados em 3 – 4 – 3. Embora enorme, o avião chamou a atenção por ser muito silencioso e estável.

Como é voar Emirates (Foto: Esse Mundo É Nosso)

As poltronas, as mais espaçosas que já voei na classe econômica, têm tons cinzas com detalhes salmão e lilás. Interessante é que o teto da aeronave muda de cor de acordo com a hora do voo. Luz azul com estrelinhas durante à noite e laranja durante o dia.

O VOO

Todas as partidas e chegadas aconteceram no horário programado. Não houve qualquer incidente e os voos foram super tranquilos.

SERVIÇO DE BORDO

Acho que esse é o grande diferencial da Emirates. Logo na entrada, depois da distribuição de jornais e revistas de diversos países, os comissários procuram dar as boas vindas no seu idioma (confesso que não sei como “descobrem” de que país você é, pois não encontrei nenhum código na passagem). Então fui recebido com “Seja bem-vindo, Rafael”, em português! Por falar nisso, logo após a decolagem, é anunciado a bordo todos os idiomas falados por ao menos um membro da tripulação. Uma lista enorme, que incluía até mesmo hebraico e coreano, por exemplo, e inclusive português.

Como é voar Emirates (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Sobre as poltronas já ficam dispostos um cobertor, travesseiro e um kit com fones de ouvido e uma cartela com adesivos.

Como é voar Emirates (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Esses adesivos são bem interessantes, você deve colá-los em seu assento de acordo com o que deseja: “não perturbe”, “me acorde para as refeições” ou “me acorde para o duty free“.

Ainda em solo, os comissários distribuem um menu com as opções de alimentação que serão servidos no determinado voo e toalhinhas quentes, comuns em restaurantes japoneses para higienizar as mãos. No bolsão da poltrona, já estão a revista Open Skies e um grande guia de programação, com tudo o que é oferecido pelo sistema de entretenimento.

Como é voar Emirates (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Os três voos que relato aqui tinham média de duração entre 7h e 8h, e logo após a decolagem, os atendentes passaram oferecendo bebidas. Além de café, água, sucos e refrigerantes de diversos sabores, estavam inclusas praticamente todas as principais bebidas alcoólicas, com exceção de champanhe Möet & Chandon, paga à parte (US$15 a taça).

Como é voar Emirates (Foto: Esse Mundo É Nosso)

As refeições também foram fartas. O cardápio mudou de voo para voo, mas normalmente incluíam carne ou massa como prato principal e vinham acompanhadas de pão, bolacha, salada, queijo, manteiga, água, sobremesa e um tablete de chocolate. Os talheres eram de metal, algo cada vez mais raro.

Como é voar Emirates (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Como é voar Emirates (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Ainda foi servido um pequeno lanche.

Como é voar Emirates (Foto: Esse Mundo É Nosso)

ENTRETENIMENTO

O sistema de entretenimento individual é surpreendente e foi eleito pelo nono ano consecutivo o melhor do mundo também pela Skytrax. Chamado de ICE, trazia um tela LCD touch screen com joystick (em alguns voos ele também era touch screen) com centenas de opções de filmes (inclusive lançamentos), séries, programas de TV, shows musicais, rádios, informações do voo, games, entre outros, em mais de 1.400 canais. Havia uma seção totalmente em português, com opções de programas/filmes legendados ou atrações brasileiras, como A Grande Família e A Diarista.

Como é voar Emirates (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O ICE possibilita ainda realizar chamadas, enviar SMS e usar o email no seu assento. Este serviço é tarifado. Você pode conferir o que estará disponível na sua rota pelo site.

CONCLUSÃO

Foi uma excelente experiência, voltaria a voar quantas vezes fosse preciso. Uma pena é ter que voltar para a realidade das nossas companhias aéreas.

+ Veja relatos de voos em outras empresas

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

22 Comments

  1. Luis Cordeiro disse:

    Excelente report, diga-me uma coisa os filmes tem legenda em portugues?

  2. Neusa disse:

    Olá Rafael, vou para Taiwan, possivelmente pela Emirates. Sou baixa e falaram sobre o desconforto de ficar com as pernas penduradas e recomendaram levar almofada para os pés. Pode me dizer algo sobre isso. À informação confere? Agradeço seu retorno. Abs

    • Oi Neusa, tudo bem?
      Eu sou alto e infelizmente não pude sentir isso. Mas não conheço ninguém que tenha reclamado. Se você já viajou em outras empresas, com certeza se sentirá mais confortável na Emirates.
      Abraços e boa viagem!

  3. marcelo kauati disse:

    Caro Rafael, adorei o seu artigo achei bem interessante e detalhado, sempre tive a curiosidade de saber como é a classe econômica do Emirates, pois convenhamos a primeira classe é para poucos.

  4. Barone disse:

    Note: Passagens da emirates compradas em site low coast ou tem mesmo que ser do site da emirates?

  5. Barone disse:

    Oi Rafael, suas dicas são maravilhosas. Porém, restou-me uma dúvida; será que o serviço Dubai Connect vale também para passagens compradas pelos sites low cost ou tenho mesmo que comprar a passagem no site da emirates?

    Abs

  6. Renato disse:

    Rafael, tuas dicas são ótimas. Li vários artigos aqui no site e me ajudou muito. Vou pra Austrália com conexão em Dubai e peguei várias informações interessantes aqui. Muito obrigado.

  7. Camila disse:

    Oi Rafael, estou adorando os posts.

    Estou indo dia 5 agora e na expectativa!

    Adorei tua descrição da Emirates, e acho que tem um item que tu esqueceste que eu simplesmente adorei quando descobri. O Dubai Conect.

    Assim como tu, farei um stopover de 23 horas.

    E na volta da Tailandia mais dois dias.

    Quando descobri que teria que pagar dois vistos, um só para essa paradinha de 23 horas desanimei total e resolvi cancelar o stopover. Quando fui procurar na minha reserva o valor da taxa de alteração vi que estávamos “classificados” para o Dubai Connect e fui ver do que se tratava.

    Para conexões entre 8 e 24 horas a Emirates te oferece transfer + alimentação (no nosso caso café almoço e jantar) + VISTO + HOTEL de graça.

    Achei incrível, acho que é um mega diferencial, nessa brincadeirinha eu e meu marido economizamos uma boa quantia.

    Abraço!

  8. Jay disse:

    Olá, ótimo post! Vou pra Coréia do Sul pela Emirates de econômica com escala em Dubai mês que vem. Será minha primeira viagem e irei sozinha. Por isso tenho muitas dúvidas, mas você me ajudou muito com o post. Gostaria de saber se as refeições estão incluídas no valor da passagem ou se tem que pagar na hora. Obrigada

  9. andrea disse:

    oi Rafael, td bem? gostaria de saber sobre a inclinação da poltrona na classe econômica. Ha possibilidades de up grade se houver cadeiras na executiva? Obrigada!
    .

    • Oi Andrea, tudo bem? Se você já voou pro exterior numa das companhias mais comuns, principalmente brasileiras, perceberá que a inclinação da Emirates é relativamente melhor. Mas de toda forma na classe executiva é mais apertado. Sobre o upgrade, é possível sim. Você pode pedir no momento do check-in.
      Abraços

  10. LOURENÇO PEREIRA disse:

    DE VERDADE FIZ UM EXECELENTE VOO DE DAKAR-DUBAI E DUBAI-SHANGAI COM MUITO TRANQUILIDADE, SEGUNÇA E PARA NAO FALAR DE CONFORTO E ESPERO VOAR DE NOVO. PARABENS EMIRATES E TAMBEM PARABENS PARA O PRESIDENTE DE COMPANHIA TIM CLARK

  11. PAULO TIEXEIRA disse:

    É NUNCA VOEI PELA EMPRESA, MAS QUERO PODER VOAR.

  12. Oi Dani, obrigado pela visita!
    Se fosse fácil assim fazer voos longos, hein? Não vejo a hora de ter a chance de novo!
    Beijos

  13. Daniela disse:

    Quando voei para Dubai não preguei o olho durante o voo e consegui assistir todos os filmes que estavam em português (na época eram 7!) . O bom foi que estava sozinha numa fileira de 3 poltronas, me esbaldei e via os filmes deitada! hehe
    Até hoje foi a melhor companhia que já voei.
    Serviço nota 10 mesmo!!!

  14. Um ótimo review, Rafa. Morro de vontade de voar com a Emirates e espero que esse dia chegue logo. Achei tudo muito digno, não é à toa que foram eleitos os melhores…

    beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *