Como é voar TAP na classe econômica: Relato de voo

Sempre fiquei curioso para saber como é voar TAP, já que a empresa aérea portuguesa é uma das mais tradicionais do mundo. Recentemente, tive a chance de conhecer o serviço oferecido por eles nos voos internacionais São Paulo – Lisboa / Lisboa São Paulo e também nos trechos internos entre Lisboa – Funchal (Ilha da Madeira) / Funchal (Ilha da Madeira) – Lisboa. Neste post, conto como foi a minha experiência com a companhia.

COMO É VOAR TAP NA CLASSE ECONÔMICA

| CHECK-IN E ASSENTOS

Antes de relatar em si a experiência de como é voar TAP na classe econômica, vale a pena falar sobre o processo do check-in e escolha de assentos. O check-in é liberado pela internet, mas para escolher qualquer lugar é preciso pagar. Eles só liberam a escolha três horas antes do voo. É possível fazer isso pelo site ou pessoalmente no balcão.

Como é voar TAP (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Tanto no voo de ida para Portugal quanto no de volta para o Brasil, meus assentos marcados automaticamente eram no meio da fileira do meio, mas consegui mudá-los exatamente 3h antes do horário marcado para a decolagem. Na ida, mudei no próprio aeroporto. Já na volta, fiz a alteração pelo site.

+ Encontre seu hotel em Portugal com descontos de até 50%

 

| VOO INTERNACIONAL

| O AVIÃO

Agora vamos falar finalmente de como é voar pela TAP na classe econômica em voos internacionais. O avião da ida no voo entre São Paulo e Lisboa era o A340-300. Ele atinge 930 km/h e tem capacidade para 274 passageiros.

Como é voar TAP (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Já o avião da volta (São Paulo – Lisboa) foi um A330, que também faz 930 km/h e tem capacidade para 263 ou 269 passageiros dependendo do modelo.

 

DESCONTO NO SEGURO OBRIGATÓRIO NA EUROPA
Brasileiros são obrigados a contratar um seguro viagem na maioria dos países da Europa. Além de poder ser exigido na imigração, com ele você viaja tranquilo em caso de imprevistos de saúde, atrasos ou cancelamentos de voos. O Rafa já fraturou a coluna no exterior e precisou ser transferido de helicóptero. Já imaginou quanto custaria se ele não tivesse seguro? Sugerimos que você faça a cotação no site da Seguros Promo, que é um buscador para encontrar o melhor preço. Use o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 e ganhe 5% de desconto, que pode chegar a 10% se você pagar no boleto.

 

O avião da ida era mais novo do que o da volta. O modelo dos dois é de 2 assentos em cada ponta e 4 assentos no meio. Quando embarcamos, já havia um kit com travesseiro, cobertor e fone de ouvidos em cada um deles.

Como é voar TAP (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Achei o espaço do A340 um pouco maior do que o do A330. Consegui esticar mais as minhas pernas no voo de ida.

 

| ENTRETENIMENTO

Os dois aviões possuem TV com entretenimento a bordo. Entretanto a tela do A340 é mais moderna e o touch screen funcionou perfeitamente. Já no A330 da volta, a tela era mais antiga com aqueles controles remotos bem ruins e o touch não funcionou muito bem.

Como é voar TAP (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O entretenimento é bom. Tem muitos filmes que vão de lançamentos a clássicos com bem estilo de “filme para ver no avião”, relaxar e dormir. O que achei bem legal é que os filmes não são dublados. Eles possuem legenda em português. Alguns só tinham legendas em inglês, mas todos os que eu quis ver estavam traduzidos na nossa língua.

Além disso, há alguns jogos, músicas e programas de TV. São poucas as opções de TV, mas entre elas há uma edição do Jornal Nacional. Não dá para saber qual o critério da escolha. Eu, por exemplo, embarquei numa sexta e a edição que estava lá era do sábado anterior.

Como é voar TAP (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Ainda há alguns programas especiais feitos especialmente pela TAP mostrando alguns destinos de Portugal, o que é bem legal para quem está indo passear e já pode entrar no clima da viagem.

+ Encontre seu hotel em Portugal com descontos de até 50%

 

| SERVIÇO DE BORDO

Não dá para falar como é voar pela TAP sem citar o serviço de bordo. No voo da ida, eles deram a opção entre carne e frango para o jantar. Escolhi a segunda opção, que era tiras de peito de frango com molho, arroz com açafrão e abobrinha. Veio também uma salada de alface e cebola roxa, uma salada de frango com maionese, uma torta de chocolate, pão e manteiga. Para o café da manhã, havia frutas, queijos e frios, pão e manteiga. Eu achei ótimo, já que detesto aquelas omeletes de avião. Aliás, gostei também porque no café tinha a opção de pedir refrigerante.

Como é voar TAP (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Como é voar TAP (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Entre as bebidas havia água, refrigerante, cerveja e vinho. A todo momento eles repetiam que de acordo com a legislação portuguesa o consumo de bebidas alcoólicas no avião era limitado. Não sei exatamente qual é este limite.

Na volta, achei bem estranho porque o comissário não deu opção de jantar. Ele simplesmente colocou a bandeja na mesinha sem falar o que era. De toda forma, era um pedaço de frango com molho, arroz e legumes. Tinha também salada com tomate cereja, azeitona e verduras (só não achei o sal e não veio molhinho pra salada), saladinha com milho e linguiça, pão com manteiga e uma sobremesa que eu não consegui identificar. Para o café, havia pão, manteiga, frutas, queijo, frios e um pedaço de ovo cozido.

Como é voar TAP (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Como sugestão, acho que seria bem legal se os comissários falassem em áudio o que seria servido porque às vezes não é fácil saber o que vem. Além disso, também poderiam dar uma garrafinha de água para o passageiro deixar com ele durante todo o voo. O fato de não ter opção no voo de volta foi bem estranha também. Isso nunca havia acontecido comigo num voo internacional. Exceto quando acaba alguma das opções no meio do caminho.

 

| COMISSÁRIOS E HORÁRIOS

Tanto na ida quanto na volta, os comissários eram simpáticos e prestativos. O voo de ida durou 9h18. O de volta duraria 9h45, mas atrasou 25 minutos devido ao tráfego aéreo em São Paulo.

O embarque foi bem tranquilo. Sem grandes problemas. Tanto no voo da ida quanto no da volta, não foi ninguém do meu lado.

 

| MALA

No meu voo, eu tinha direito a despachar uma bagagem de 23 kg. Na ida, fui com 16 kg, mas na volta me empolguei nas compras e quando fui pesar estava dando 29 kg. A atendente disse que eu precisaria pagar 110 euros pelo excesso de bagagem.

Abri a minha mala, tirei um monte de roupa coloquei nas duas mochilas que eu tinha e despachei a mala com 21 kg. Quanto entrei no avião, estava com duas mochilas e duas sacolas do Free Shop e não tive problema nenhum.

A seguir vamos contar como é voar TAP em um voo interno.

 

| VOO INTERNO

Agora que já relatei como é voar TAP num voo internacional, vou contar a minha experiência num voo interno.

Achei que faltou os comissários falarem em áudio o que seria servido porque às vezes não é fácil entender o que vem. Além disso, também faltou darem uma garrafinha de água para o passageiro deixar com ele durante todo o voo. O fato de não ter opção no voo de volta foi bem estranha também. Isso nunca havia acontecido comigo num voo internacional. Exceto quando acaba alguma das opções no meio do caminho.

Nosso trajeto era SP – Lisboa / Lisboa – Funchal (Ilha da Madeira). Despachamos as malas em São Paulo e só pegamos no aeroporto do Funchal. Na volta, despachamos no Funchal e só pegamos em SP.

O voo entre Lisboa e Funchal dura 1h30. O avião era um A320 com capacidade para 174 passageiros. No voo de ida, os assentos não reclinavam. Já no da volta reclinavam normalmente.

Na ida, serviram um sanduíche com pão de forma e na volta um wrap de atum com ovo.

Como é voar TAP (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Apesar da fama do aeroporto da Ilha da Madeira, nosso pouso por lá foi bem tranquilo. Não atrasou nem ventou muito.

+ Encontre seu hotel em Portugal com descontos de até 50%

Achei o serviço do voo interno muito bom. Bem melhor do que muitos voos que pegamos aqui no Brasil. Ahh, e os comissários eram muito educados e simpáticos.

 

| STOPOVER

Um dos diferenciais oferecidos pela TAP é o stopover em Portugal. O passageiro compra sua passagem pela companhia com o destino para outra cidade e tem o direito de parar por até cinco dias em Lisboa ou no Porto na ida ou na volta sem pagar a mais pela passagem.

Além disso, os passageiros contam com preços exclusivos em hotéis, oferta de uma garrafa de vinho em alguns restaurantes, experiências gratuitas e descontos em compras.

A companhia possui voos diretos para a Europa saindo de dez capitais do Brasil (Belém, Natal, Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre).

 

| SEGURO OBRIGATÓRIO

Sempre é bom lembrar, que para entrar em Portugal é exigido um seguro viagem. Além disso, é sempre importante viajar com um seguro, já que nunca sabemos quando será necessário usá-lo. No site da Seguros Promo, é possível buscar o seguro que tenha mais a ver com você e ainda compará-los. Aproveite e use o nosso código ESSEMUNDOENOSSO5 para ter 5% de desconto. Se fizer com antecedência, escolha o pagamento via boleto para ganhar mais 5% de desconto. Aproveite e faça sua cotação agora.

E você? Ficou com alguma dúvida sobre como é voar TAP? Deixe nos comentários!

+ Encontre mais informações no site oficial da empresa
+ Veja mais relatos de voos
+ Confira nossas dicas de Portugal

* O jornalista viajou a convite da TAP e da Ilha da Madeira, mas todas as opiniões dadas neste post sobre como é voar TAP são isentas e refletem sua real experiência.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *