Dor de ouvido no avião: Como evitar este e outros desconfortos

Não é raro algum passageiro sentir dor de ouvido no avião e também desconforto abdominal e náuseas. Isso porque quando voamos nosso organismo sofre com a altitude, baixa pressão e oxigenação. Apesar disso, é possível sim evitar alguns destes incômodos durante um voo. Neste post damos algumas dicas para que esse problema não ocorra mais em suas próximas viagens. Confira:

DOR DE OUVIDO NO AVIÃO: COMO EVITAR

A queixa de alguns passageiros sobre sentir dor de ouvido no avião e também náuseas e desconforto abdominal ocorre mais durante à aceleração e desaceleração da aeronave. Segundo o dr. Marco Cantero, médico e presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Aeroespacial, isso está relacionado a um ambiente com menos pressão de ar: “Menos pressão atmosférica leva a um aumento do volume dos gases dentro do nosso organismo”, explica o especialista.

Dor de ouvido no avião (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

Para evitar a dor de ouvido no avião o médico sugere: “No procedimento de descida da aeronave tapar o nariz com os dedos da mão e engolir com a boca fechada algumas vezes”.

Já para diminuir as dores abdominais, o Dr. Marco Cantero aconselha: “Não ingerir bebidas alcoólicas em excesso e não tomar refrigerante antes e durante o voo. Dê preferência à água”.

Dor de ouvido no avião (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

O médico também sugere que pessoas que tenham crises de labirintite já entrem medicadas no avião. Claro que sempre tomando o remédio que tenha sido receitado por seu médico. Já os mais sensíveis a náuseas devem evitar o uso de refrigerantes.

E você tem alguma dica para evitar dor de ouvido no avião? E náuseas e dores abdominais? Conte pra gente nos comentários!

+ Médico especialista dá dicas de como evitar passar mal no avião
+ Micos de viagem: Saiba como não cometer gafes
+ Veja ferramentas úteis que podem salvar a sua viagem
+ Como comprar dólar e outras moedas com melhor preço: Cinco dicas infalíveis

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

3 Comments

  1. Maria Luiza disse:

    A única coisa que resolveu a dor de ouvido do meu namorado foi associar estratégias de mastigação, bocejo com o uso de protetores auditivos específicos para equalizar a pressão no ouvido. Ele usa Comfort Fly e dá resultado.

  2. Carla disse:

    Sofro muito com as dores no ouvido em viagens aéreas. Tentei de tudo…hoje faço uma preparação com antinflamatório 3 dias antes de viajar, intensificando, diminuindo o espaço de tempo entre os comprimidos no dia do vôo. Foi o que me ajudou a diminuir a dor que era insuportável. Quando conto, as pessoas não tem noção de tamanha dor!

  3. Bernadete Aguiar disse:

    Sempre sofri dores nos ouvidos em viagens aéreas. Mascar chicletes, tampar nariz e soprar, bocejar, nada disso funcionava. Ultimamente mastigava amendoins.
    Em minha última viagem, recente, a passageira do assento ao lado me indicou o uso de fones de ouvido com volume alto.
    Maravilha!
    De 6 pousos, em apenas 1 senti um leve desconforto.
    Como sempre pesquisei a respeito e nunca vi essa orientação, fica a dica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *