Farol de Santa Marta, SC: O que fazer, as praias e como chegar

O Farol de Santa Marta é um dos lugares mais interessantes que já visitei em Santa Catarina. A região, que também é conhecida como Cabo de Santa Marta, fica no município de Laguna, a 140km de Florianópolis, e tem como principais atrações a charmosa vila, o farol e as praias.

Se você já esteve no Uruguai, o lugar lembra muito Cabo Polonio. Estivemos aqui em setembro, fora da alta estação. Apesar do calorzinho, praticamente só havia moradores, nada de turistas. Mas por outro lado, era a temporada das Baleias Franca nessa região e você pode vê-las da areia da praia mesmo.

O QUE FAZER NO FAROL DE SANTA MARTA

A VILA

Menos de três mil pessoas vivem na vila do Farol de Santa Marta. A maioria das casinhas coloridas se espalha pelas montanhas e tem vista pro mar.

Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Apesar de pequena, a comunidade que antes era apenas de moradores já tem estrutura para o turismo, como alguns restaurantes, mercados, casas de temporada, hotéis e pousadas (veja hotéis com desconto).

Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

O FAROL DE SANTA MARTA

Um dos símbolos do cabo é o Farol de Santa Marta, erguido em 1891 com 27 metros de altura. É o maior do mundo feito com óleo de baleia.

Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Administrado pela Marinha, a visita ao topo do farol estava suspensa por tempo indeterminado no dia em que estivemos aqui. Uma pena, já que a vista deve ser linda.

Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Só fique atento ao caminhar pelo entorno, como sinaliza a placa abaixo (#medo 🐍).

Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

AS PRAIAS

A praia principal, onde fica boa parte do comércio e a melhor estrutura, é a Prainha, uma pequena enseada onde não é raro ver alguns golfinhos. Os surfistas também procuram muito o local.

Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Prainha do Farol de Santa Marta

Já a Praia do Cardoso, outra bem bonita e a poucos metros dali, serve de base para pescadores. Mas no verão é destino do público jovem e surfistas por conta das grandes ondas. Tem menos estrutura, mas é linda.

Praia do Cardoso no Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Praia do Cardoso no Farol de Santa Marta

Praia do Cardoso no Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Praia do Cardoso

Praia do Cardoso no Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Praia do Cardoso

Praia do Cardoso no Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Praia do Cardoso

Ali perto fica um Sambaqui, uma zona arqueológica com vista pra Praia do Cardoso. Os sambaquis são pequenas “montanhas” feitas de conchas e outros materiais calcários construídas pelos primeiros povos que habitaram essa região há milhares de anos, também chamados de “cemitérios indígenas”.

Sambaqui no Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Sambaqui no Farol de Santa

Sambaqui no Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Sambaqui no Farol de Santa

A Praia da Cigana fica mais distante da vila do Farol de Santa Marta, seguindo pela Praia do Cardoso. É uma boa pedida pra quem gosta de praias mais desertas.

Assim como a anterior, a Praia Grande fica do outro lado, ao norte da cidade, e é repleta de dunas e praticamente deserta. Também é conhecida pelas boas ondas. Dá pra chegar até lá por uma trilha saindo da vila.

 

BALEIAS

Entre agosto e novembro, essa é uma das melhores regiões pra se avistar as Baleias Franca, que saem do frio da Antártida pra acasalar e ter seus filhotes nessas águas mais quentinhas. Elas podem ser vistas a olho nu, da praia mesmo. O local faz parte da Rota da Baleia Franca, um circuito turístico pelas cidades do sul de Santa Catarina que costumam receber a visita desse gigante que pode chegar a 18 metros e pesar 60 toneladas.

Baleias Franca no Farol de Santa Marta, Santa Catarina (Foto: Cortesia/Julio Cesar Vicente)

Foto: Cortesia/Julio Cesar Vicente

Baleias Franca no Farol de Santa Marta, Santa Catarina (Foto: Cortesia/Julio Cesar Vicente)

Foto: Cortesia/Julio Cesar Vicente

 

A PESCA DA TAINHA

A temporada de pesca da tainha não só no Farol, mas em toda a costa de Santa Catarina é um espetáculo para os turistas que visitam o Estado entre maio e julho. Os pescadores voltam para as praias com suas redes cheias de peixe e você pode até ajudá-los. Mas vale lembrar que nesse período, o surfe costuma ser proibido em certos dias.

Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

ONDE FICAR NO FAROL DE SANTA MARTA

Como disse no começo do texto, a estrutura hoteleira tem melhorado com o passar dos anos, embora ainda seja simples.

Eu não dormi aqui, mas os hotéis mais bem avaliados são: Hotel Farol, Pousada Vento & Cia e Swell Bangalôs. Outra opção é alugar uma casa de temporada (veja algumas).

+ Encontre hotéis na região com até 50% de desconto

Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

COMO CHEGAR AO FAROL DE SANTA MARTA

| COM GUIA: Nós conhecemos o Farol de Santa Marta com o Júlio César Vicente, um expert no avistamento de Baleias Franca. O guia oferece, inclusive, o transporte até lá. Você pode pedir pra ir de “KomBaleia”, uma kombi adaptada e superestilosa usada por ele. Os telefones dele são (48) 9948 2224 ou 9977 6352.

Kombaleia leva turistas ao Farol de Santa Marta, Laguna/SC (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A famosa KomBaleia do guia Julio

| DE CARRO: Saindo de Laguna, pegue a balsa e cruze o canal da Barra (veja preços). Dali, siga por cerca de 16km até chegar ao Cabo de Santa Marta. Um pequeno trecho final é de estada de chão batido.

| DE TRANSPORTE PÚBLICO: Também saindo de Laguna, pegue o bote, que é um barco de pescadores, no Molhes perto da Ponta da Barra. Você desembarcará perto do Geraldo Restaurante, onde passam ônibus circulares para o Farol de Santa Marta. No letreiro está escrito “Farol”. Veja os horários no site porque, principalmente nos fins de semana, são poucos. Outra opção, pode ser pegar um táxi depois da balsa ou do bote.

+ As atrações do Mercado Público de Florianópolis
+ Como é o Costão do Santinho, all inclusive em Floripa

* O jornalista viajou a convite do Sebrae/SC, mas todas as opiniões dadas aqui são isentas e refletem sua real experiência.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

1 Comment

  1. João Oliveira disse:

    O aviso de que há cobras perigosas; fica muito distante dos turistas, estivemos ai com crianças e vimos cobras cobras já ali na entrada do Farol….É necessário colocar um aviso já na entrada. Local muito lindo vou voltar outras vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *