Onde comer em Cartagena: Restaurante El Santisimo

Um dos melhores momentos da viagem é sentar em um bom restaurante e comer bem. Sem pressa e sem o medo da balança. Em Cartagena, na Colômbia, isso pode ser feito de diversas formas, já que a cidade é repleta de lugares charmosos e com ótima reputação. Nosso preferido da cidade foi o El Santisimo e você vai entender o porquê.

+Veja como escolher o seu hotel na cidade

ONDE COMER EM CARTAGENA: EL SANTISIMO

O cardápio do restaurante não é dos mais extensos, mas tem opções para todos os gostos: massas, carne vermelha, frango, peixe e frutos do mar. Mas o grande diferencial do El Santisimo é a experiência gastronômica que se pode ter lá. Por 95 mil pesos (49 dólares), é possível escolher uma entrada, um prato principal e uma sobremesa, além de poder beber o que quiser no melhor estilo open bar.

Onde comer em Cartagena: El Santisimo

Onde comer em Cartagena: El Santisimo

As opções de entrada são ótimas. Pedimos triângulos de queijo camembert empanados com gergelim, com molho de uchuvas, que é uma fruta típica da região, açúcar e vinho branco. Também escolhemos um terrine de peixe com cogumelos, estragão e molho napolitano com azeitonas negras. Estavam sensacionais.

Onde comer em Cartagena: El Santisimo

Onde comer em Cartagena: El Santisimo

Onde comer em Cartagena: El Santisimo

Para os pratos principais, ou fuertes como eles dizem, optamos por filet mignon com molho de mostarda, cebolas caramelizadas e croquetas de batatas. Não conseguimos decifrar o que estava por fora da croqueta, mas era ótima. O outro prato principal foi salpicão de peixe, camarões, arroz e feijão negro, banana e salada da casa.

Onde comer em Cartagena: El Santisimo

Onde comer em Cartagena: El Santisimo

Como não poderia deixar de ser, a sobremesa foi outro show. Todas recebem nomes de pecados capitais. Para fazer jus ao que sentíamos naquele momento, comemos o “La Gula”, que é brownie, sorvete de baunilha e chocolate quente. Também escolhemos o “La Pereza”, uma deliciosa torta de coco e sorvete de baunilha.

Onde comer em Cartagena: El Santisimo

Onde comer em Cartagena: El Santisimo

Para beber, havia opções de vinhos, cervejas colombianas e internacionais, refrigerantes e drinks, como a margarita de tamarindo. Servem sempre também uma água bem gelada com limão, o que é excelente para o calor insuportável de Cartagena.

Onde comer em Cartagena: El Santisimo

Onde comer em Cartagena: Restaurante El Santisimo (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Fomos no almoço e não estava cheio, mas à noite dizem que o restaurante fica LO-TA-DO. Portanto, faça sua reserva para não chegar lá e ficar esperando.

Foi uma experiência incrível por um valor que seria muito mais caro no Brasil. Como curiosidade, a Anna, do Nós no Mundo, também já foi neste restaurante e contou, inclusive, que ele já foi citado até no The New York Times. Vale ou não a pena?

EL SANTISIMO
Calle del Torno # 39-62, Cartagena
+57 6601531

+ Confira mais dicas de Cartagena

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Leave your comment

  1. milacambraia disse:

    Bom dia!
    Eu estava pesquisando sobre o restaurante e vi que vocês colocaram o endereço errado… Na verdade fica na Calle del torno # 39. Esse endereço que está aí no post é de um café del Santíssimo.

  2. Larissa disse:

    Fiquei 8 dias em Cartagena e não me decepcionei com nenhum restaurante, os meus preferidos foram o El santíssimo (melhor brownie do mundo) e o El pulpito, que também fica na parte histórica da cidade. Em getsemani fui no Di Silvio, um restaurante italiano maravilhoso e com um ótimo custo benefício.
    Uma dica importante, fui em novembro, justamente quando acontece o carnaval na cidade que é bem parecido com o do Brasil. Ruas lotadas, pessoas jogando espumas e tintas em quem passava e a cidade se tornava mais perigosa, fomos recomendados pelo hotel para tomar cuidado com assaltos. Felizmente nada aconteceu e tinha policiamento em cada esquina, mas para quem não gosta não recomendo o mês de novembro para ir a Cartagena.

  3. Karina disse:

    Hummm ….fiquei com água na boca!! Qto as croquetas, parece que estão envolvidas num macarrãozinho…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *