Onde comer em Fernando de Noronha: Dicas de restaurantes e bares

Está enganado quem pensa que Fernando de Noronha não é um bom lugar para se comer bem. Listamos alguns bares e restaurantes que visitamos na cidade. Tem para todos os gostos e bolsos.

ONDE COMER EM FERNANDO DE NORONHA

SELF SERVICE

JC
O restaurante JC tem a opção de self service tanto no almoço como no jantar O quilo (em agosto de 2015) custa R$ 45,90. Quem quiser comer à vontade paga R$ 35. O restaurante tem comida simples como peixe, frango e macarrão e pouca variedade. Está localizado na Flamboyant.

 

Flamboyant
O Flamboyant é uma boa opção para quem está sozinho e prefere comer por quilo (R$ 52,90/Kg em agosto de 2015). Comida honesta com salada, frango e massa. À noite, serve pratos à la carte. Fica perto do bosque na Flamboyant.

Onde Comer em Fernando de Noronha: Flamboyant (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Onde Comer em Fernando de Noronha: Flamboyant (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

RESTAURANTES E BARES

Xica da Silva
Um dos restaurantes mais requisitados da ilha (e mais caros também), o Xica da Silva tem cerveja com preço salgado (20 reais a de 600 ml) e comida também não muito barata. Mas vale a pena. Pedi um baião de dois com carne de sol e uma Coca e paguei 94 reais. Mas foi o melhor baião de dois que já comi. Aliás, veio tanto que daria para dividir com outra pessoa. Tem opções de frutos do mar, carnes, massas e frango. Vá com paciência. O garçom nos avisou que o prato ia demorar. Ele tinha razão: 1h30 para ficar pronto.

Onde comer em Fernando de Noronha: Xica da Silva (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

Varanda
O Varanda também é um dos restaurantes mais requisitados da ilha. Sob o comando do estrelado chef Auricélio, que inclusive cozinhou no Estrelas, da Globo, quando o programa fez uma temporada em Noronha, o restaurante tem cardápio extenso e variado. Os carros-chefes são os frutos do mar, mas possui opções de carne, frango e massa. Dos pratos para dois, apenas alguns podem ser servidos para uma pessoa. Tem que consultar os garçons, que prestam bom atendimento. Pedi um medalhão de filé mignon com manteiga de ervas (servido com risoto de legumes e molho dijon) e paguei 69 reais pelo prato (agosto de 2015).

Restaurante Varanda em Fernando de Noronha (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Restaurante Varanda em Fernando de Noronha (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

Museu do Tubarão
Este foi o meu primeiro almoço na ilha. O museu, que fica perto do porto, tem um restaurante simpático. Entre as entradas está o famoso bolinho de tubalhau (8 unidades por 15 reais) e que vale a pena ser degustado. Como prato principal, pedi um peixe com molho de limão, batata sauté e arroz (54 reais em agosto de 2015).

Onde Comer em Fernando de Noronha: Museu do Tubarão

 

Tapioca da Babalu
Pode até ser a fome ou a simpatia da Babalu, mas, honestamente, foi a melhor tapioca que já comi na vida. Por 10 reais, você pode escolher até três recheios. Pedi o que mais sai, segundo a Babalu: carne seca, queijo coalho e tomate. E uma só de leite condensado. Estavam sensacionais. Sem contar a simpatia da Babalu, que dá altas dicas do que fazer na ilha. Só funciona das 17h as 23h, mas faz delivery em outros horários. Fica na Vila dos Remédios, descendo para a Praia do Cachorro.

Onde Comer em Fernando de Noronha: Tapioca da Babalu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

Tota Bar
Na Praia do Cachorro, o Tota Bar tem mesa com guarda-sol e pé na areia. A lata de cerveja custa R$ 7 (preço de agosto de 2015) e refrigerante, R$ 5. As porções de batata e macaxeira saem R$ 30 cada. Também tem espetinhos de R$ 8 a R$ 15 e grelhados.

 

Bar do Pipoka
Também nas areias da Praia do Cachorro, o Bar do Pipoka tem latas de cerveja por R$ 7 e long neck por R$ 12. Oferece pratos para duas pessoas, entre eles, peixe ao molho de coco (R$ 85) e filé de tubarão (R$ 85). A porção de coxinha custa R$ 30, assim como a de macaxeira. Já a de batata frita sai por R$ 25 (preços de agosto de 2015).

Bar do Pipoka em Fernando de Noronha (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

Bar Fortinho do Boldró
Localizado no Forte São Pedro do Boldró, o bar é excelente para quem quer curtir um belo pôr do sol com vista para o Morro Dois Irmãos. Com música ao vivo, ele oferece petiscos com preço bom (macaxeira/batata frita por R$ 20 em agosto de 2015). A lata de cerveja sai por R$ 6 e a long neck por R$ 10.

Pôr do sol no Forte do Boldró (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Onde Comer em Fernando de Noronha: Bar Fortinho do Boldró (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

Bar do Meio
Ótima opção para ver o pôr do sol com vista para a praia da Conceição, o Bar do Meio, claro, fica na Praia do Meio. O ambiente é mais chique e não fica na areia. Lembra os bares estilo lounge do exterior. Os preços são bem salgados: long neck por R$ 12 e refrigerante por R$ 7. Tem comida japonesa no cardápio. Um temaki de salmão sai por R$ 30, enquanto 12 unidades de sashimi de polvo custam R$ 60. A tapioca de queijo coalho sai por R$ 27 e a bruschetta básica, R$ 40. Os ceviches custam R$ 52 (preços de agosto de 2015).

Onde Comer em Fernando de Noronha: Bar do Meio (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Onde Comer em Fernando de Noronha: Bar do Meio (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Onde Comer em Fernando de Noronha: Bar do Meio (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

Bar do Cachorro
O Bar do Cachorro fica na Vila dos Remédios, do lado da Praia do Cachorro. É lá que acontecem as famosas festas com muito forró. Tem diversas opções de pratos e porções.

Onde Comer em Fernando de Noronha: Bar do Cachorro

 

Festival Gastronômico do Zé Maria
O tradicional Festival Gastronômico do Zé Maria acontece às quartas e aos sábados na ilha. Por ser muito requisitado, é recomendável fazer a reserva antes de viajar. Por R$ 163,88 por pessoa (com os 10%), o Festival oferece uma grande diversidade de peixes, carnes, frutos do mar (lagosta e ostra, por exemplo), comida japonesa, vários tipos de arroz e farofas, além de salada. Uma grande mesa de sobremesas (bolos, tortas, pudins, brownies, cheesecake e outras) também é oferecida. Tudo à vontade e com muita música ao vivo. As bebidas são cobradas à parte.

Onde Comer em Fernando de Noronha: Festival do Zé Maria (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Onde Comer em Fernando de Noronha: Festival do Zé Maria (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Onde Comer em Fernando de Noronha: Festival do Zé Maria (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Respondemos as principais dúvidas sobre Fernando de Noronha

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Leave your comment

  1. Fernando de Noronha parece ser incrível. Pretendo visitar em Março, e estou muito ansiosa isso, não vejo a hora. Tudo indica que vou passar 7 dias por lá, creio que vai dar pra curtir tudo não é? Ou quase tudo? hehehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *