Submarino em Barbados chega a até 50m de profundidade

Barbados é um excelente destino de férias. Além das belas praias, o local possui opções para quem quer curtir outros tipos de passeio. São tantas atrações que há até um submarino em Barbados. Vivemos essa experiência com a Atlantis Submarines e contamos tudo neste post.

O PASSEIO

Confesso que eu não sou uma pessoa muito corajosa quando o assunto é o mar, além de ser um pouco claustrofóbico. Mesmo assim, resolvi arriscar e fazer o passeio de submarino em Barbados, um dos principais atrativos da ilha além das praias.

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Vi fotos e pesquisei bastante até me convencer de que era seguro e não tão pequeno, já que cabiam 48 pessoas além da tripulação.

A CHEGADA

Chegamos cedo ao porto e aproveitamos para conhecer a lojinha e usar o Wi-Fi da Atlantis. O check-in deve ser feito com pelo menos 30 minutos de antecedência do horário da reserva. Confesso que estava um pouco nervoso, principalmente com medo de me sentir preso. Mas o fato de ter praticamente oportunidade única vencia qualquer insegurança. Quando eu imaginei que realmente entraria em um submarino? Sonho de criança desde os tempos em que via meu pai ouvindo “Yellow Submarine”, dos Beatles.

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O SUBMARINO

O submarino mede 20 metros, pesa cerca de 80 toneladas e desce quase 50 metros. Para a segurança dos passageiros, todo os sistemas são duplicados. Como tinha ar-condicionado e não era tão apertado, eu não me senti preso e não tive falta de ar em nenhum momento. Foi tudo bem tranquilo.

São várias janelas grandes que permitem um visibilidade nítida e sem ter que disputar espaço com outros passageiros.

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O PASSEIO

Antes de embarcar para a aventura, é necessário segurar a ansiedade por dez minutos em um barco que leva os turistas até o submarino e busca os que estavam nele.

Enquanto isso, os tripulantes dão as orientações em caso de emergência e explicam que é possível subir em até 3 minutos se for necessário.

Existem alguns tipos de tour: diurno, noturno e privativo. Fizemos o passeio durante o dia.

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O submarino desce a até 50 metros de profundidade e durante todo o passeio há um guia que dá informações sobre o que pode ser visto pela janela, além de conversar com o comandante.

No dia em que fomos, pudemos ver vários tipos de peixes, corais e até tartarugas. Além disso, passamos por uma verdadeira floresta embaixo d’água e avistamos um navio naufragado.

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Submarino em Barbados (Foto: Esse Mundo é Nosso)

PREÇO

Os valores dos ingressos para adultos são US$ 104 (day tour), US$ 114 (evening tour) e US$ 109 (night tour). Crianças pagam US$ 52 (day tour e evening tour) e US$ 49,50 (night tour). Os preços podem variar.

Se fizer a reserva pela internet há algumas promoções, como transfer incluso e crianças de até 12 anos não pagam para o tour diurno. Não encontrei disponibilidade para o tour noturno.

ATLANTIS

Além do submarino em Barbados, há passeios também em outros locais, como Havaí, Aruba, Curaçao, Cozumel, St. Martin e Grand Cayman.

+ Veja mais dicas sobre o destino
+ Saiba quanto custa viajar para lá+ As melhores praias para você curtir nesta ilha caribenha

SUBMARINO EM BARBADOS

[email protected]
Telefones: 1 (246) 436-8929 e 1 (246) 243-1069
Mais informações no site oficial da Atlantis

*Os jornalistas fizeram o passeio a convite da empresa, mas todas as opiniões dadas aqui são isentas e refletem suas reais experiências.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *