Visto para o Camboja: Dicas sobre como tirar o seu

Quem pretende visitar o Camboja e começa a pesquisar sobre o país logo se depara com dois itens essenciais exigidos na entrada: visto e vacina contra febre amarela (que já contamos aqui como conseguir o seu certificado internacional).

VISTO PARA O CAMBOJA

O visto para o Camboja é relativamente fácil de ser obtido. Como não há serviço consular no Brasil, não é preciso tirar o documento com antecedência ou fazer entrevistas, como ocorre com o visto americano (veja dicas). Embora alguns sites o vendam – isso mesmo, basta comprá-lo -, a melhor forma é obter seu documento na chegada ao país.

Visto Para o Camboja (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Se você desembarca pelos aeroportos da capital Phnom Penh ou da cidade mais turística, Siem Reap, facilmente consegue o visto para o Camboja na chegada. Os preços são tabelados e pagos em dólares (US$30) e é preciso uma foto 3×4, além do passaporte válido por no mínimo 6 meses e o certificado de vacinação citado acima. Se você se esquecer da foto, como no meu caso, terá que pagar mais US$1 – nada mal, né?

+ Tire suas dúvidas no site oficial de vistos do Camboja

 

Aeroporto de Siem Reap, Camboja (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Agora a história é um pouco mais complicada se você entrar no país por via terrestre ou fluvial. Com exceção das fronteiras com o Vietnã, a prática de preços inflacionados pelos oficiais cambojanos é comum nas demais entradas.

Uma das fronteiras mais usadas pelos turistas que entram no Camboja é a de Poipet-Aranya Prathet, na divisa com a Tailândia. É a principal porta de entrada para quem vem de Bangkok. Ali os preços inflacionados são velhos conhecidos dos viajantes. Acontece que os oficiais querem cobrar em Baht, moeda tailandesa, e a conversão acaba elevando o visto para US$35 ou US$40.

Quem insiste muito em pagar em dólares talvez consiga o documento por uns US$35. Mas se esse for o seu caso prepare-se para cara feia. Infelizmente esse é um costume antigo dos oficiais cambojanos e que não tem previsão para acabar.

Isso não quer dizer que você precise chegar ao país por via aérea obrigatoriamente. Lembre-se que os voos para o Camboja são bem caros (mesmo em companhias low-cost como a Air Asia) e a economia no visto pode não compensar o valor da passagem.

Tem alguma dúvida ainda? Deixe seu comentário que faremos o possível para!

+ Confira mais dicas do Camboja

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

15 Comments

  1. Vivian disse:

    Melhor blog

  2. João Gregório de Araújo disse:

    Rafael Carvalho, parabéns pela sua generosidade em ajudar as pessoas.

  3. Luiz Carbone disse:

    Oi Rafael….. Estou indo para Siem Reap de avião de Bang Kok, entrando e saindo dessa cidade, quero saber sobre o visto. Faço tudo ao chegar no aeroporto de Siem Reap ou tento aqui no Brasil fazer o e-visa antes de viajar. Abraços.

  4. Nando disse:

    Oi galera, tudo joia?!
    Gente, eu moro na Europa há 11 anos e sempre viajo muito pelo sul este asiático, na Thailandia pelo menos nao precisso da vacina da febre amarela porque se vc passou na Europa os 15 dias anteriores nao pedeem…. Será que em Cambodia é igual?
    Valeu!
    É nois!

  5. Erica disse:

    Olá! Estive no Camboja em agosto 2015, vou dar umas dicas para quem estiver planejando viajar p lá. Estava em Bangkok e resolvi comprar as passagens para o Camboja em uma de muitas agencias que vc encontra na Khao San Road, a preço de banana, que dava uns 350 bahts (35 reais), por ai começava o golpe, eles marcam p te pegar 7:30 da manhã no seu hotel, mas deixa vc dentro de uma van esperando por horas p sair da cidade, a van é velha, e eles ficam parando em cada posto na estrada, vc começa a ficar desorientada, já perto da fronteira eles param em um restaurante com um escritório nos fundos, vc não vai entender nada, organiza a galera e chamam um por um p essa sala, diz que é p tirar o visto, ai vc acaba comprando o visto a agencia por o preço que eles te pedem, no meu caso como ja tinha comprado na agencia eles me pediram dinheiro (200 baths) disse q era para a imigração, não quis pagar, mas como tava cansada e fiquei nervosa, paguei e disse q n dava mais nenhum centavo. A agencia separou outro grupo em outra van, o tal guia veio super simpático explicando como seria a travessia p o Camboja, e começou a dar dicas da cidade e de segurança, depois ele fala que lá é muito caro trocar dolar q o ideal seria a gente sacar bahts e trocar na fronteira. deu uma estimativa de quando iriamos gastar por dia para podermos sacar o dinheiro em bahts para fazer a troca, estava cansada e perdi totalmente a noção de tudo que tinha lido nos blogs e até mesmo do meu orçamento com os gastos no camboja, pensei e pensei, dez mil bahts é muito dinheiro, n ia sacar, mas depois vi a galera sacando, acabei fazendo o mesmo. A pior merda que já tinha feito, troquei o bahts pelo mesmo valor do Riel, eles ganharam uma boa comissão e a gente sai com um milhão de Riel em varias notas de 5000, 100000 e 20000 mil. Lá o ideal é usar dolar, a mais usada, se vc comprar algo com Riel, eles irão converter seu dinheiro em dolar, e vc perderá duas vezes. Nos caixas eletronicos vc tem a opção de sacar em dolar americano ou em riel. O melhor mesmo é vc pegar um onibus que sai de Bangkok p o Camboja é mais caro, mas em compensação é confortável e rápido. ( Fiz um tour pelo Sudeste Asiático e confesso, esse foi o único problema que tive, visitei 7 paises, foi tudo tranquilo).

  6. Paulo disse:

    Olá, amigo. Há o E-VISA, emitido on line. Sai por 37US e fica pronto na hora. Um pouco mais caro, mas livre de aporrinhação.

  7. sandra disse:

    qual o procedimento para quem nao pode tomar a vacina da febre amarela??

  8. claudio disse:

    em jan/2015 aumentou para US 30.

  9. Olá! Como vão?! Estou curtindo o site de vcs! Uma pergunta, vcs disseram que com excessão de entrar pelo Vietnam os preços são inflacionados. Então se eu entrar pelo Vietnam o preço é $20? Sou um "vagamundo" e conto minhas aventuras no site: http://www.vagamundagem.com se tiverem interesse, em um ou dois meses estarei chegando no Cambodia!

    • Oi Gustavo, tudo bem?
      Os relatos no Lonely Planet são de que os preços são mais corretos na fronteira com o Vietnã. Eu cheguei pelo aeroporto de Siem Reap e não tive problemas. Mas é bom saber do risco de ser um pouco mais caro. Nesse caso não há o que fazer!
      Abraços,

      • Mariah disse:

        Rafael,

        Você voou da Tailândia para Siem Reap? A cia aérea pede alguma documentação? Eu irei ao Camboja em breve saindo da Thai e estou um pouco apreensiva com isso, mede de não me deixarem embarcar por ainda não ter o visto. Acha melhor tirar o e-visa??!

        Obrigada!

        • Oi Mariah, tudo bem?
          Eu voei sim de Phuket (Tailândia) para o Camboja. É normal as pessoas não terem o visto, uma vez que ele pode ser comprado na chegada. Não acho que encontrará qualquer problema. De toda forma, entre em contato com a sua companhia aérea pra ficar mais tranquila.
          Abraços e ótima viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *