Cachoeira do Escorrega em Maromba, RJ: Onde fica e o que fazer

Um dos principais cartões postais de Visconde de Mauá é a Cachoeira do Escorrega em Maromba, uma das famosas vilas da região.

Se algum turista fosse conhecer apenas uma, provavelmente seria indicado por um morador a fazer esse passeio, já que é a mais visitada e com melhor estrutura.

Homem sentado na pedra da Cachoeira do Escorrega em Visconde de Mauá
Foto: Esse Mundo É Nosso

Como o próprio nome diz, além da beleza, a graça aqui é poder escorregar pela pedra lisa da cachoeira e cair direto numa piscina natural.

Cachoeira do Escorrega em Maromba, Visconde de Mauá

Essa região da Serra da Mantiqueira, bem na divisa dos estados de Rio de Janeiro e Minas Gerais, tem diversas cachoeiras e atrações.

A paisagem é deslumbrante, a gastronomia é excelente e há atrativos para todas as idades. Mesmo que você não vá escorregar, vale visitar a Cachoeira do Escorrega.

Homem escorregando na Cachoeira do Escorrega em Visconde de Mauá
Tem coragem de escorregar? (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Como falei, não é só pela diversão que essa é uma das cachoeiras mais visitadas por aqui. A vista e a estrutura do lugar valem a pena.

Ela fica depois da vila de Maromba, a 12 km do centrinho da vila de Mauá. Mais abaixo darei todas as dicas de como chegar.

A Cachoeira do Escorrega fica no Parque Nacional do Itatiaia e é formada por uma enorme pedra lisinha que, com a força da água, permite que os banhistas escorreguem até caírem em um poço, uma piscininha natural. A água é gelada nessa região, mas sempre há quem se arrisque até mesmo a ir de ponta ou até mesmo em pé!

Vista de cima da Cachoeira do Escorrega com árvores e pedras em Visconde de Mauá
Cachoeira do Escorrega vista do alto (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Sabe quem também já se aventurou por aqui e enfrentou o frio? O apresentador Rodrigo Hilbert desceu por essas águas na temporada do programa Tempero de Família em Visconde de Mauá, exibido pelo canal GNT.

Portanto, mesmo que você não vá mergulhar, vale parar um tempinho ali esperando algum visitante corajoso.

O acesso é bem fácil, pois saindo do estacionamento principal basta subir uma estradinha de terra por poucos metros. Não é preciso fazer trilha ou passar por escadarias.

Águas cristalinas da Cachoeira do Escorrega em Maromba
Foto: Esse Mundo É Nosso

Se não quiser escorregar, você pode ir apenas às margens da cachoeira pra se refrescar na piscina natural que costuma ter águas clarinhas.

Cachoeira dos Macacos

Passando pela Cachoeira do Escorrega, subindo uma estradinha com sinalização por cerca de 10 minutos, você chegará à Cachoeira dos Macacos.

Placa de sinalização da Cachoeira dos Macacos
Foto: Esse Mundo É Nosso

Ela é bem menos visitada e o acesso se dá na maior parte pela estradinha, com um pequeno trecho de trilha pela mata. Mas é bem tranquilo!

A Cachoeira do Macacos é bem pequena, fica no meio da mata fechada, mas nem por isso deixa de ter sua beleza. A queda d’água fica num pequeno paredão de pedra e há também um poço onde é possível nadar. Mas, como falei, não espere uma enorme piscina natural.

Vista da Cachoeira dos Macacos em Maromba, em Visconde de Mauá
Pequeno poço da Cachoeira dos Macacos (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Não é algo imperdível, mas vale pra completar o passeio pela Cachoeira do Escorrega. Inclusive, nós já publicamos um roteiro pelas cachoeiras de Visconde de Mauá e região que vale você dar uma olhada pra se programar.

Bares e Restaurantes

Um das coisas que diferem a Cachoeira do Escorrega das demais, é a boa estrutura, inclusive com alguns restaurantes. O Escorrega Bar e Restaurante é um dos mais legais, com um deck sobre o rio.

Mesas ao ar livre e fachada do Escorrega Bar
Área externa do Escorrega Bar (Divulgação @escorregabar)

Há ainda A Cabana Bar e Café, mas que infelizmente eu não cheguei a visitar. Mesmo assim, nos arredores da feirinha de artesanato, você encontrará outras opções.

Aliás, uma opção muito interessante é o Cogumelo Bistrô, que tem uma unidade no caminho da cachoeira, depois da saída de Maromba, na altura do Poção de 7 Metros. A outra unidade fica no lado mineiro da Vila de Maringá, que também vale muito incluir no seu roteiro.

A proposta é muito interessante, com diversos pratos com cogumelos elaborados com uma técnica que os faz parecer até mesmo com carne. Pra nós foi um dos melhores restaurantes de Visconde de Mauá, como contamos nesse link.

Feira de Artesanato

Nos finais de semana, acontece por aqui a Feira de Artesanato da Cachoeira do Escorrega, com exposição de produtos feitos por artesãos locais. Nós fomos durante a semana e mesmo assim algumas lojas estavam abertas.

Estava bem vazio por ser dia útil. Mas nos finais de semana e feriados a feirinha costuma ficar bem cheia.

Onde fica a Cachoeira do Escorrega

A Cachoeira do Escorrega fica a 12 km do centro de Visconde de Mauá, cerca de 2 km depois de Maromba. A estada termina na cachoeira, que é onde começa o Parque Nacional do Itatiaia.

Saindo de Mauá, você passará pela Vila de Maringá do lado do RJ por uma estrada asfaltada. A partir daqui, são mais cerca de 6 km até o centrinho de Maromba por uma estradinha de terra. Dá pra ir tranquilamente com carro de passeio.

Passando Maromba, você deverá dirigir por mais 2 km por estrada de terra até a Escorrega. O trajeto vai ficando um pouquinho mais estreito, o que é ruim apenas se tiverem muitos carros no sentido contrário.

Nesse trecho final, você passará por algumas das cachoeiras mais bonitas e famosas de Maromba, como a Véu de Noiva e a Poção de 7 Metros. Ou seja, dá pra visitar todas elas num mesmo dia.

Chegando próximo ao destino, você irá deixar o carro no estacionamento. A dica é nunca deixar na estrada, já que ela é estreita, além de haver constante fiscalização, já que é proibido.

Se for fim de semana ou feriado, tente ir pela manhã pra evitar cruzar com tantos carros retornando no período da tarde. A estrada é meio apertada e fica bem complicado. Sorte é ter onde estacionar.

Estacionamentos

Pouco antes da chegada à feirinha de artesanato, havia umas placas de estacionamento (R$ 10). Mas como achávamos que ainda estava um pouco longe, dirigimos um pouco mais até o estacionamento mais próximo da Cachoeira do Escorrega, que cobrava R$ 15 (preços de 2021).

Valeu a pena. O estacionamento é mais amplo, perto da feira de artesanato e dos restaurantes, além de estar a uma curtíssima caminhada da cachoeira, menos de cinco minutos. Então vale esperar até chegar realmente ao ponto final da estrada.

Pousada perto da Cachoeira do Escorrega

Quem quer se hospedar por perto, a boa notícia é que há pousadas na Cachoeira do Escorrega. Apesar do movimento constante de turistas durante o dia, é uma alternativa pra curtir a natureza e o sossego durante a noite e as manhãs.

A Pousada Moriá é uma das mais bem avaliadas e fica praticamente de frente pra cachoeira. Ela tem chalés em estilo alpino que incluem varanda, lareira e hidromassagem. Além disso, há piscina, academia, sauna e restaurante.

Banheira com vista na Pousada Moriá em Maromba, RJ
Chalé da Pousada Moriá (Divulgação)

Quem procura opções mais simples, praticamente ao lado fica a Pousada do Rio Mauá, que também tem piscina. E pouco mais de 1 km, já do lado de Minas, os Chalés Águas Cristalinas também são uma opção econômica.

Mas se você pretende sair à noite pra jantar em algum restaurante, por exemplo, a dica é fica mais perto das vilas, seja Mauá, Maringá ou Maromba. Pra escolher sua pousada, veja nosso guia de onde ficar em Visconde de Mauá com todas as opções e para todos os bolsos.

Melhor época pra visitar

Dá pra visitar a Cachoeira do Escorrega ao longo de todo o ano. Mas pra quem gosta de nadar, o ideal é ir mais na época mais quente, como no verão, já que as águas dessa região são sempre geladas, até nos dias de calor.

É importante ainda prestar atenção na sinalização, já que em períodos de muitas chuvas a correnteza pode ficar perigosa ou até mesmo haver cabeça d’água.

Sinalização informa cor da bandeira e risco na Cachoeira do Escorrega
Foto: Esse Mundo É Nosso

Vale falar ainda que durante a alta temporada de inverno e verão, que coincide com as férias escolares e também nos feriados, Visconde de Mauá e as demais cidades recebem muitos turistas.

Nos fins de semana muitos visitantes também costumam subir a serra, mas o movimento ainda se mantém relativamente tranquilo. Se quiser pegar clima de completa paz e atrações vazias, prefira os dias de semana fora de temporada.

Conhece a Cachoeira do Escorrega ou tem alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.
Vai viajar? Reserve aqui com os melhores preços

Quando você reserva com nossos parceiros, encontra os melhores preços e ainda ganha descontos, além de ajudar o nosso trabalho. Nós recebemos uma pequena comissão e você nao paga nada a mais por isso!

Hospedagens
Pelo mundo no Booking.com
Seguro Viagem
Ganhe 20% OFF em seu Seguro Viagem!
Passeios e Ingressos
Reserve experiências inesquecíveis em todo o mundo
Aluguel de Veículos
Sem iof em até 12x sem juros
Chip de Internet
Seu Chip de Internet Global para usar em todas as viagens