A Chinatown de Cingapura, uma das mais bonitas do mundo

Depois de visitar as Chinatown’s de Nova York, Lima e Bangkok, nos surpreendemos com o bairro chinês de Cingapura. Limpeza, segurança, prédios coloridos e a organização são notados logo de cara.

Como as demais Chinatown’s pelo mundo, o que leva milhares de turistas ali todos os dias é a possibilidade de vivenciar a cultura chinesa, aqui ainda mais original devido à proximidade com o país.

 

CHINATOWN DE CINGAPURA

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mais que um bairro turístico, a Chinatown de Cingapura serve de ótima opção de hospedagem. É um bairro mais barato, com fácil acesso ao transporte público e próximo da Marina Bay.

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A região das ruas Mosque Street, Pagoda Street, Temple Street e Smith Street é a mais convidativa a uma visita.

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Quem desce na estação de metrô Chinatown, a principal porta de entrada para o bairro, logo se depara com as charmosas casinhas coloridas e um calçadão onde funciona uma feira de produtos típicos e de souvenirs. Sem dúvida esse é o melhor local para comprar lembrancinhas pra família e pros amigos.

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Por falar em compras, o bairro reúne bons complexos de lojas e shoppings, principalmente nas proximidades da estação do metrô.

No coração de Chinatown fica o Buddha Tooth Relic Temple, um imponente templo budista com várias imagens de Buda. Quem quiser visitá-lo, deve vestir-se adequadamente, sendo proibida a entrada com camisas sem manga, shorts ou calças curtas.

Chinatown de Cingapura: Buddha Tooth Relic Temple (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Outra atração é o belíssimo templo hindu (isso mesmo, pra você ter uma ideia de como Cingapura é cosmopolista) Sri Mariamman Temple, e uma das principais mesquitas da cidade, a Jama’e Mosque.

O que fazer em Cingapura: Sri Mariamman (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A algumas ruas dali funciona a Chinatown Food Street, uma verdadeira praça de alimentação a céu aberto. Os quiosques vendem pratos das mais diversas regiões chinesas e vão muito além do yakisoba que conhecemos. A higiene e organização me chamou a atenção nessa feirinha gastronômica, assim como os preços mais populares.

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A noite em Chinatown também é animada. De botecos frequentados por chineses a pubs cheios de turistas e moradores locais, não faltam opções para curtir da noite. A Mosque Street, bem perto do metrô, tem boas opções.

Chinatown de Cingapura (Foto: Esse Mundo É Nosso)

COMO CHEGAR
A melhor forma de chegar a Chinatown é de metrô, descendo na estação de mesmo nome. Quem preferir, o bairro também está a uma curta distância de carro da região da Marina Bay.

+ Consulte os melhores hotéis de Cingapura
+ 12 atrações grátis da cidade
+ Gardens By The Bay: Um jardim futurista
+ Singapore Flyer: A maior roda-gigante do mundo
+ Como é se hospedar num hotel cápsula
+ As plaquinhas fofas do metrô de Cingapura

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *