Descobrindo Foz do Iguaçu e Itaipu Binacional

A ideia de visitar a região de Foz do Iguaçu surgiu num bar da Lapa durante o mochilão do Rio de Janeiro. Depois ainda dizem que de uma mesa de bar só sai bobagem. Que nada, foi uma ideia sensacional e menos de um ano depois eu e o Adolf colocamos em prática, no feriado de 7 de setembro!

Apesar do atraso de 2h, o voo de São Paulo para Foz do Iguaçu (GOL – R$204) foi bem tranquilo e chegamos à cidade às 15h.

Foz do Iguaçu

Aeroporto de Foz do Iguaçu

De lá, como bons mochileiros, decidimos ir até a cidade de ônibus circular. E fica a dica: é muito fácil e sai bem mais barato que os R$40 do taxi, custa R$2,30. É só pegar o que tem o letreiro TTU, que cruza a cidade até o terminal urbano. Descemos em frente ao nosso hotel, o Turrance Green, que fica bem localizado, tem quartos com sacadas e é muito bom. A diária custa R$132 para dois solteiros. Mal chegamos e já saímos para conhecer a cidade…

A rua dos bares

A Avenida Jorge Schimmelpfeng, próxima ao nosso hotel, parece ser o point de Foz do Iguaçu. Cheia de bares e restaurantes, tem opção para todos os gostos e bolsos.

Foz do Iguaçu

Av. Jorge Schimmelpfeng

Foz do Iguaçu

Capitão Bar

Se for ao Capitão Bar, não deixe de experimentar o Bolinho de Feijoada, uma delícia por R$20 quatro unidades.

Foz do Iguaçu

Bolinho de Feijoada

Iluminação da Barragem de Itaipu

Visitar a Itaipu Binacional já é um dos programas obrigatórios em Foz do Iguaçu, mas todas as sextas e sábados, às 20h, acontece um espetáculo: a iluminação da barragem. Com uma trilha sonora impactante, do nada todo aquele “breu” vira um mega paredão incrível. A energia utilizada na apresentação seria suficiente para iluminar uma cidade de 15 mil habitantes. O passeio (R$12) inclui também uma volta de ônibus pelo complexo da usina. É importante reservar o ingresso pela internet, pois faltam vagas na hora.

Foz do Iguaçu

Iluminação de Itaipu

Foz do Iguaçu

Iluminação de Itaipu

Depois da visita, voltamos à rua dos bares, onde terminamos a noite…

Foz do Iguaçu

Chopperia Rafain

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

11 Comments

  1. Bruna Xavier disse:

    Adorei essa página, seu dia a dia em Foz foi top, para eu que vou próxima semana deu uma clareada nas ideias do que fazer por lá.

    Obrigada!

  2. natanabolzon disse:

    Foz é puro amor! 😀

  3. monica disse:

    Valeuz Rafael, farei isso mesmo…e ja reservei Itaipu…..obrigada mesmo Abcs

  4. monica disse:

    Oi meninos a-do-rei o blog super detalhado wow!
    estou indo p la dia 30 de julho e volto no dia seguinte, pensei em fazer cataratas do lado argentino, e a noite itaipu binacional no dia 30 mesmo sera q da tempo? E no domingo sera q abre algo no paraguai?
    alguma dica? obrigada

    • Oi Monica, muito obrigado pela visita!
      Até que dá tempo de você fazer as duas coisas no mesmo dia, desde que você chegue cedo ao Parque Argentino, por volta de umas 9h ou 10h. O mais prático e rápido é você pegar um táxi no aeroporto de Foz e seguir direto pra Argentina, já que a fronteira fica no caminho entre o aeroporto e a cidade de Foz. Saindo do parque por volta de umas 15h ou 16h, você "corre" pra Foz de volta, porque tem que chegar a Itaipu até às 19h. Tente reservar sua entrada em Itaipu pela internet (http://www.turismoitaipu.com.br/indexflash.php) porque na hora faltam vagas.
      Sobre o Paraguai, poucas lojas abrem aos domingos. A Monalisa, por exemplo, abre só até às 13h.
      Já pensou em ir ao Paraguai no sábado, à noite em Itaipu e no domingo para a Argentina? Seria uma solução!
      Abraços, espero ter ajudado
      Rafael

  5. Adolfo disse:

    Cooomps!
    O nosso feriado começou na sexta já, né? É bom que a gente entra no clima rápido hahaha. Mas na próxima viagem, precisamos comprar Super Trunfo para aguentar os atrasos dos voos em SP ahaha. hahaha agora fala a verdade, vc procurou no google o nome da rua dos bares ahauah (Jorge Schimmelpfeng). Até hoje não sei falar isso! Lembra do motorista do ônibus falando que passava na Jorge Schimemórvizki hahaha? O bolinho de feijoada foi nossa primeira boa surpresa gastronômica. Lembra que a gente combinou que teríamos uma por dia? E no fim aconteceu mesmo hahaha! O passeio à Itaipu foi sensacional, tirando o mega frio que a gente sentiu. Isso sem contar no Fandangos com coca-cola antes do passeio hahaha. E ainda bem que sem saber direito a gente reservou nosso ingresso! Foi emocionante ver as luzes nas barragens! E a gente constatou que as mulheres de Foz não sentem frio, né? hahaha! Foi um jeito muito bom de começar a viagem!

  6. Duige disse:

    Rafa, adorei… Sinti-me como se estivesse realmente viajando com vocês… Te amo… Duige.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *