Dicas da Suécia: O que é bom saber antes de ir pra lá

Antes de viajar pra Suécia, é bom se preparar para não passar por nenhum perrengue no país. Com uma cultura bem diferente da nossa, os suecos são educados, mas tem algumas coisas, como o dinheiro, por exemplo, que é imprescindível sair do Brasil sabendo. Por isso, neste post, damos diversas dicas da Suécia para que a sua viagem aconteça sem dores de cabeça.

DICAS DA SUÉCIA: O QUE SABER ANTES DE IR

| DINHEIRO

Vamos começar as nossas dicas da Suécia falando de dinheiro. A moeda do país é a coroa sueca. 1 euro vale aproximadamente 10 coroas suecas (valor de setembro de 2018). Pra tentar entender um pouco da moeda, uma Coca Cola de 600 ml, custa cerca de 14 coroas suecas, o que dá menos de 1,50 euro (preço de maio de 2018).

+ Encontre seu hotel em Estocolmo com descontos de até 50%

Uma dica muito importante sobre a Suécia é que o papel moeda está com os dias contados. É raro encontrar algum estabelecimento, seja um restaurante ou loja, por exemplo, que aceite dinheiro em notas. Quase todos os lugares só aceitam cartão (saiba mais).

Por isso, é muito importante viajar para o país com um cartão de crédito ou débito. Inclusive para compras pequenas, como imãs, eles não aceitam papel moeda. Nós passamos praticamente 15 dias no país e não vimos uma nota de coroa sueca.

Dicas da Suécia (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

| PREÇOS

*Todos os preços foram checados em setembro de 2018

Se você está se programando para viajar pra Suécia, prepare o bolso. O país não é um dos mais baratos da Europa não. Aliás, muito pelo contrário, ele é bem caro. Comer fora pode ser um programa de alto custo.

Vamos a alguns exemplos:

A Ikea, que é famosa por seus móveis no mundo todo, também tem um bom restaurante no estilo bandejão, que vende, inclusive, o prato mais típico da Suécia, o köttbullar, que são as almôndegas (com 16 e purê de batata sai por 59 sek – coroas suecas – ou cerca 6 euros). Outra opções salmão (79 sek ou 7,70 euros) e Schnitzel (79 sek ou 7,70 euros).

Dicas da Suécia (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Um restaurante bem legal em Estocolmo é o Aifur, que tem decoração viking e garçons vestidos a caráter. Esse é um daqueles que vale incluir no roteiro. Os pratos principais custam entre 225 sek ou 21 euros e 360 sek ou 35 euros.

Pra quem gosta de hambúrguer, é possível encontrar entre 110 sek ou 11,40 euros e 140 sek ou 13,40 euros.

+ Encontre seu hotel em Estocolmo com descontos de até 50%

Em alguns restaurantes, um entrecôte pode custar 400 sek (quase 40 euros). A boa notícia é que durante a semana muitos deles fazem menu especial no almoço por cerca de 100 a 130 sek (cerca de 10 a 13 euros).

Outra opção também pra quem não quer gastar tanto e comer bem é o Vapiano, que está localizado em várias regiões de Estocolmo. Por lá, é fácil encontrar massas a partir de 100 sek (cerca de 9,50 euros), risotos desde 120 sek (cerca de 11,50 euros) e pizzas a partir de 90 sek (8,60 euros).

Já as cervejas costumam custar entre 60 e 80 sek (6 a 8 euros).

Lembrando que os preços que utilizamos neste post com as dicas da Suécia foram checados em setembro de 2018.

 

Seguro pra Europa é obrigatório! Faça o seu com desconto
Nós sugerimos que você faça a cotação online do seguro obrigatório pela Seguros Promo, que é um buscador que encontra os melhores preços em diversas agências. Use o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 e ganhe mais 5% de desconto.

 

| IDIOMA

O idioma oficial da Suécia é o sueco. Sim! É praticamente impossível entender qualquer palavra em sueco. Na verdade, é impossível entender qualquer coisa em sueco rsrs. Mas, pode relaxar. Muita gente lá fala inglês e vai te ajudar. Se não falar inglês, nada que uma mímica não ajude. Não se preocupe com isso. Vai dar certo.

Dicas da Suécia (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

| BEBIDA ALCOÓLICA

Uma dica da Suécia que é muito importante é sobre bebida alcoólica. Nos supermercados não há bebidas com o teor alcoólico acima de 3,5%. Pra quem quiser comprar vinhos e cervejas, por exemplo, que estejam acima deste teor é preciso ir a uma loja do governo chamada System Bolaget que está presente em todas as cidades do país e que vende apenas bebidas. Nestas lojas, há todas as bebidas possíveis e do mundo inteiro, inclusive brasileiras.

Dicas da Suécia (Foto: Esse Mundo é Nosso)

É muito engraçado não encontrar vinho no supermercado. A gente decidiu fazer um risoto num domingo e não encontrou de jeito nenhum um vinho para colocar na receita. Só que a loja do governo não abre aos domingos. Então, ficamos sem a bebida. O jeito é se programar com antecedência.

+ Encontre seu hotel em Estocolmo com descontos de até 50%

Dizem que essa intromissão do governo em relação às bebidas alcoólicas se deve à grande quantidade de pessoas que, com depressão, devido aos dias sem sol no inverno acabavam bebendo excessivamente.

 

| FRIO

Entre as principais dicas da Suécia está a época para evitar visitar o país para quem não gosta de frio ou gosta de sol. Além do inverno ser muito rigoroso, os dias são muito curtos, o que prejudica bastante. De novembro a março, especialmente dezembro a fevereiro, os dias são curtos.

Na região de Estocolmo, por exemplo, os dias amanhecem às 9h e escurecem às 15h, o que faz com que os suecos vejam pouco o sol.

Dicas da Suécia (Foto: Luiza Dourado)

Claro que durante o inverno, com as temperaturas negativas, há ótimas atrações de neve, feiras de Natal ou até mesmo a Aurora Boreal em regiões específicas do país.

Dicas da Suécia (Foto: Henrique Bezerra)

 

Seguro pra Europa é obrigatório! Faça o seu com desconto
Nós sugerimos que você faça a cotação online do seguro obrigatório pela Seguros Promo, que é um buscador que encontra os melhores preços em diversas agências. Use o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 e ganhe mais 5% de desconto.

 

| VERÃO

Se no inverno, os dias duram muito pouco na Suécia, no verão, eles são bem longos. Quando nós estivemos lá no finalzinho da primavera, o dia amanhecia por volta das 3h e só ficava totalmente escuro por volta das 23h, às vezes até depois.

Dicas da Suécia (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Durante o verão, as temperaturas chegam a mais de 20 graus. Quando estivemos por lá, os termômetros marcaram quase 30 graus em alguns dias em Estocolmo, o que não é tão comum assim, mas à noite sempre dava uma esfriadinha.

Não dava nem pra acreditar que aquela cidade tão alegre e cheia de gente na rua ficava escura durante o dia e cheia de neve. Ela estava tão florida, animada, com pessoas fazendo piquenique, lotando os parques e os rooftops (selecionamos os melhores da cidade). Com certeza, quero voltar pra lá sempre no verão.

+ Encontre seu hotel em Estocolmo com descontos de até 50%

 

| SUPERMERCADO

Que a Suécia é um país muito moderno e civilizado, quase todo mundo já sabe, mas foi no supermercado que eu tive ainda mais certeza disso. Em um deles, nós chegamos e vimos nossos amigos, que moram lá, pegando um aparelhinho que parece um identificador de códigos de barras.

Funciona da seguinte forma: você pega o produto que quer, passa no aparelhinho e já coloca na sacola. Depois, você vai direto pro computador/caixa, que é autoatendimento, coloca o aparelhinho lá, paga e vai embora. Ninguém checa o que você comprou. É tudo na base da confiança. Dá pra acreditar? Muito legal, né?

 

| LIXO

Outra coisa que é muito organizada e moderna e que vale como uma das dicas da Suécia é como o país trata o lixo. Lá, realmente tudo é devidamente separado. Garrafa, lata, papel. Tudo. E todos levam esse assunto bem a sério. Infelizmente, estamos bem atrasados nesse quesito.

 

Encontre o melhor preço no Seguro Viagem pra Europa!
Use o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 e ganhe mais 5% de desconto

 

| SUECOS

Uma das dicas da Suécia é sobre os suecos. A maioria deles é bem simpática e educada, mas, ao tempo, eles são muito discretos e na deles.

Dicas da Suécia (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Eles costumam receber bem os turistas, falam inglês e não podem ver um sol que já saem às ruas. Quando estivemos por lá, estávamos falando em português no trem. De repente, um sueco veio todo empolgado conversar com a gente porque o avô dele era brasileiro e ele sabia algumas palavras no nosso idioma. Ele ficou muito feliz e quis dar várias dicas da Suécia pra gente.

+ Encontre seu hotel em Estocolmo com descontos de até 50%

Ficou com alguma dúvida sobre as dicas da Suécia? Deixe nos comentários!

Agradecimento especial ao Henrique Bezerra e a Luiza Dourado pela consultoria.

+ Veja mais dicas sobre o país
+ Estocolmo do alto: Sete lugares pra ter uma linda vista da cidade
+ Trosa: uma cidade charmosa pertinho de Estocolmo
+ Cerejeiras: Onde ver o espetáculo colorido

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *