Dicas de Hvar: O que fazer numa das ilhas mais badaladas da Croácia

Hvar é conhecida como a “Rainha das Ilhas da Dalmácia”, famosa região da Croácia. Devido a seu inverno menos rigoroso e o verão badalado em suas praias, a ilha atrai turistas o ano todo, especialmente na alta temporada, que vai de junho a agosto. Some a isso muita história, arquitetura, gastronomia, praias de águas verdes e azuis e uma das noites mais agitadas do país.

A principal cidade de Hvar leva o mesmo nome da ilha (Hvar Town) e é o local mais procurado pelos turistas. Fica a uma hora de ferry de Split e a cerca de quatro horas de barco rápido de Dubrovnik.

O QUE FAZER EM HVAR

Hvar (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O ponto de partida, bem ao lado da chegada dos ferries, é a linda praça principal, dominada pela Catedral de Santo Estéfano (Hvar’s Pjaca). Pertinho daqui fica o Arsenal, um dos primeiros teatros municipais da Europa, construído em 1612.

VAI PARA A CROÁCIA? VIAJE TRANQUILO!
Encontre o melhor preço do mercado no Seguro Viagem pra Europa

 

Dicas de Hvar - Praça principal (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Praça principal e a Catedral de Santo Estéfano

No entorno da praça você encontra muitos cafés, bares e restaurantes que são um convite pra ver de perto o ritmo da cidade. Os preços em Hvar são um pouco mais altos que em Split ou na capital Zagreb. Mas mesmo no centro dá pra encontrar bons supermercados, basta circular pelas charmosas ruelas.

Dicas de Hvar (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A marina é outro cartão postal. As águas clarinhas e os barcos estão bem de frente para um calçadão cheio de lojinhas e restaurantes, além de bancas de vendedores de artesanato.

Marina de Hvar (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Marina de Hvar (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A orla turística de Hvar Town é relativamente pequena e urbanizada, dá pra caminhar praticamente por ela toda. Vale começar seu passeio no Monastério Franciscano do séc. XV (à esquerda do porto) e ir caminhando até o Hula Hula Beach & Bar.

Dicas de Hvar - Monastério Franciscano (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Monastério Franciscano

Por falar nele, é aqui no Hula Hula o pôr do sol mais famoso e badalado da ilha. Como fomos em maio, ainda na baixa temporada, o movimento estava baixo, mas os altos preços desse beach club justificam a fama de ser um dos lugares mais disputados no verão.

Dicas de Hvar - Hula Hula Beach & Bar (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Hula Hula Beach & Bar

Dicas de Hvar - Hula Hula Beach & Bar (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Pôr do sol no Hula Hula Beach & Bar

De volta ao centro, a fortaleza Fortica (Španjola), do séc. XVI, é uma das grandes atrações. Do alto, você tem uma das vistas panorâmicas mais lindas de toda cidade.

Dicas de Hvar - Fortica Spanjola (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Dicas de Hvar - Fortica Spanjola (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Dá pra subir a pé a partir do centro ou de carro. Os ingressos custam 30 Kn. Vale a pena!

Dicas de Hvar - Fortica Spanjola (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A ilha também é famosa pelo cultivo da lavanda, que colore os campos na época da colheita. Se você gosta, Hvar é um prato cheio para comprar essências e outros produtos. É fácil encontrá-los em lojinhas especializadas ou em bancas no centro.

Dicas de Hvar (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Com mais tempo, você pode fazer um passeio às Ilhas Pakleni, famosas pelas águas claras e natureza praticamente intocável. Não conseguimos fazer o tour, mas vale dar uma olhada nos blogs Me Joguei no Mundo, De Canto a Conto e Vícios de Viagem.

 

ONDE COMER E BEBER

Como já dissemos acima, o Hula Hula é sempre uma ótima opção pra curtir o mar ou o fim de tarde. Vale lembrar que as praias por aqui são um pouco diferentes. Elas têm pedrinhas ao invés de areia e é comum ter escadinhas pra chegar até a água. Outros bares legais ficam na praça principal e na orla logo em frente à marina.

O Restaurante Dalmatino é um dos mais famosos. Os pratos começam em 90 Kn. Se não tiver com essa bola toda, um achado é o For Bistro, que fica escondidinho numa ruela perto de onde atracam os ferries e tem pratos típicos excelentes a um preço justo (em média 60 Kn).

 

ONDE FICAR

Em Hvar, assim como no resto do país, você encontrará muito mais apartamentos particulares para alugar (mesmo que por uma noite) que hotéis. Esses costumam ser bem caros e de categoria mais luxuosa, como o Adriana Hvar Spa Hotel e o Riva Hvar Yatch Harbour. Nós escolhemos ficar num apartamento, no Apartments Iris, e adoramos. O prédio é novo, os quartos contam com cozinha equipada e têm decoração de bom gosto. O único porém é que ele ficava no alto de um morro, a uns 10 minutos de caminhada do centro. Mas foi bem tranquilo. As proprietárias, inclusive, nos buscaram e nos levaram ao porto com as malas.

+ Consulte mais opções de hotéis em Hvar

 

COMO CHEGAR

São frequentes os ferries, principalmente na alta estação, entre Split e a ilha de Hvar, onde existem dois portos principais: Hvar Town (que é a cidade que descrevemos nesse post) e Stari Grad, o centro antigo que fica do outro lado da ilha e de onde é preciso pegar um ônibus até aqui. Há também barcos para Korčula e Ubli. Consulte horários e preços no site da Jadrolinija.

Dicas de Hvar - Barco (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Apenas na alta temporada, também há barcos que ligam a ilha a Dubrovnik pela Kapetan Luka. Nós fizemos essa viagem que dura cerca de quatro horas e a lancha rápida é bem confortável.

+ Como são os preços na Croácia?
+ O pôr do sol mais lindo do mundo
+ Todas as dicas da Croácia reunidas

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

11 Comments

  1. Rafaella disse:

    Ola tudo bem?
    Como você fez a sua viagem? De carro? Em Hvar vale a pena alugar um carro pra conhecer melhor a ilha?

  2. fabricio disse:

    otimas dicas… esse ferry vindo de Dubrovnik tem em maio?

  3. carmen marques disse:

    gostei muito das sugestões. obrigada por compartilhar

  4. Saudades desse lugar!!! Fui em 2014 e ainda nao superei =)
    Obrigada pelo link 🙂

  5. Fernanda disse:

    Oi, Rafael!
    Estou planejando uma viagem com as amigas em julho/agosto. Quantos dias você ficou em cada cidade? Por split, hvar e dubrovnik?

    • Oi Fernanda, tudo bem?
      Em Split dá pra ficar um ou dois dias. Mas vale fazer, mesmo que um bate-volta, até Bol e a praia Zlatni Rat. Já Hvar também dá pra ficar uns dois dias. Em Dubrovnik eu fiquei cinco e ficaria até mais. Nesses cinco dias um deles foi pra Bósnia e o outro pra Montenegro. Demais!
      Abraços e ótima viagem!

  6. Diogo Avila disse:

    Oi Rafael,
    Estou indo em junho/julho. Você usou a Kapetan Luka?
    Pode informar exatamente de onde partem os ferries de Dubrovnik para Hvar?

    Abraço.

    • Oi Diogo, tudo bem?
      Eu usei sim. Ele começa a partir de maio a funcionar. Sai do píer principal de Hvar e chega ao porto de Dubrovnik, a uns 10 minutos de táxi do centro. É bem tranquilo, embora a viagem seja longa. Os assentos são tipo de ônibus e são confortáveis.
      Abraços e ótima viagem. Vai adorar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *