Ilha Grande: Quando ir, o que fazer e onde ficar

Ilha Grande, em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, é um dos lugares do Brasil com as praias mais lindas que já fomos. Sem exageros: água transparente, algumas vezes esverdeada, outras mais azuladas, além da vida marinha e da paisagem em si.

Mas organizar uma viagem pra lá, requer um certo preparo. Como é perto do Rio, muita gente acha que passar um fim de semana é suficiente, o que não é verdade. Neste post, a gente traz um guia prático com tudo o que você precisa saber antes de ir pra lá.

ILHA GRANDE: GUIA PRÁTICO

| ONDE FICA

Ilha Grande é uma ilha pertencente a Angra dos Reis, no litoral sul do Rio de Janeiro. É uma das maiores ilhas do Brasil e a maior do estado do Rio. A Vila do Abraão é o local mais habitado da região, com cerca de 3 mil moradores, e onde estão os principais hotéis e pousadas.

Vila do Abraão (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Vila do Abraão (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Durante muito tempo, Ilha Grande ficou conhecida pelo presídio de Cândido Mendes, principalmente após a publicação de Memórias do Cárcere, de Graciliano Ramos, que foi um dos detentos do local durante o regime militar. Nos anos 90, o presídio foi demolido e em seu lugar foi construído um centro de estudos ambientais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

| COMO CHEGAR

Para chegar a Ilha Grande, a melhor forma é ir até Conceição de Jacareí, em Mangaratiba, que fica a 30 km de Angra, e lá pegar um barco. Eles saem o dia todo e demoram de 20 a 45 minutos.

Outra opção, é ir até Angra dos Reis e de lá pegar um barco. Só que o trajeto demora 1h30 e há menos horários disponíveis diariamente.

Estávamos em Paraty. Pegamos um transfer direto até Conceição de Jacareí. Se você for até Angra de ônibus, uma opção é pegar um Uber ou 99 até a cidade vizinha de onde saem os barcos. Lembrando que em Ilha Grande não há carros.

| QUANDO IR

Digamos que Ilha Grande não seja um lugar com um clima de temperamento fácil. Ele é bem instável, muitas vezes bipolar. Ele pode mudar a qualquer momento e o vento Sudoeste pode fazer com que alguns passeios sejam cancelados.

Então, antes de mais nada, vou dar uma DICA MUITO IMPORTANTE: quando chegar em Ilha Grande, faça na primeira oportunidade que tiver o passeio de Volta à Ilha, que passa por praias como Caxadaço e do Aventureiro.

Praia do Aventureiro em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Aventureiro em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Isso porque, devido às condições climáticas, este tour é muitas vezes cancelado. Quando nós fomos, por exemplo, fizemos o passeio numa segunda-feira. Na terça, ele foi cancelado e só voltou a acontecer no sábado. Imagina, se você vai pra Ilha Grande e não consegue conhecer a Praia do Aventureiro, uma das mais bonitas?

Dica dada, vamos falar então da melhor época para ir pra lá. De outubro a março é a época mais quente e úmida, ou seja, quando chove mais. De abril a setembro, o clima é mais seco e as temperaturas mais amenas.

Fomos no comecinho de maio, pegamos dias quentes e de sol, mas mesmo assim, em um dia só choveu. E, como eu disse, por causa das condições do mar, o passeio de Volta à Ilha foi cancelado.

Aproveite para ler o post que a gente fez sobre a melhor época para ir pra lá. Está bem completo e vai te ajudar. Ahh! E não esqueça de sempre deixar uns dias a mais por causa da possibilidade da mudança de tempo.

| QUANTOS DIAS FICAR?

Eu acabei de falar, mas vou repetir: sempre tente ter uns dias a mais em Ilha Grande. Juro! Conhecemos muita gente que já tinha ido várias vezes pra lá, mas que nunca tinha conseguido ir nas melhores praias por causa do mau tempo.

Passeio de Ilhas Paradisíacas (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Passeio de Ilhas Paradisíacas (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Portanto, tente sempre deixar pelo menos um dia além do previsto. Se o tempo ficar bom todos os dias, você aproveita esse dia extra pra relaxar nas praias da Vila do Abraão.

As praias de Ilha Grande são bem afastadas. Para chegar até elas, é preciso fazer trilhas ou pegar barcos. Portanto, não adianta ir correndo, é preciso ter calma para aproveitar bem a região.

Nossa dica é ficar pelo menos 5 dias para não correr riscos e conhecer bem a região. Claro que se só tiver um feriado de 4 dias, vale a pena também. Um fim de semana é muito pouco para quem vai pela primeira vez. A não ser que você esteja em Angra e queira apenas conhecer um pouquinho de Ilha Grande.

Fizemos um post bem completo com a sugestão de quantos dias ficar por lá.

| O QUE FAZER EM ILHA GRANDE

Há muita coisa para fazer em Ilha Grande. Para conseguir conhecer as principais praias, é preciso contratar passeios ou fazer trilhas. De toda forma, algumas praias só tem acesso de barco.

A nossa dica é fazer os passeios de lancha rápida. Além de ter menos gente (geralmente são 17 pessoas), a lancha tem acesso a lugares que as escunas não têm. De toda forma, costuma ser um pouco mais caro, mas vale o investimento.

Passeios em Ilha Grande: Caxadaço (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Passeios em Ilha Grande: Caxadaço (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Os passeios passam por diversas praias e costumam parar por cerca de 1h em cada uma delas.

A gente fez os nossos tours com a LIG (Lanchas Ilha Grande), mas na Vila do Abraão há muitas agências e vai ser fácil escolher uma. Como fomos em baixa temporada, todas as empresas estavam se unindo para realizar os passeios. Então, a gente comprou com a LIG, mas todas as agências usaram apenas uma lancha. Dito tudo isso, vamos falar dos passeios.

PRINCIPAIS PASSEIOS

Os principais passeios são: Volta à Ilha, que passa por praias lindas, entre elas a do Aventureiro, Caxadaço, Parnaioca e Meros (veja nosso post completo sobre o tour) e Meia Volta (veja nosso post), que vai para o lado norte da ilha com paradas na Lagoa Azul, Lagoa Verde, Saco do Céu/Praia do Amor e Praia da Feiticeira.

Praia do Aventureiro (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Aventureiro (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Outro passeio imperdível é o das Ilhas Paradisíacas (veja nosso post), que vai para outras regiões de Angra dos Reis. Cataguases, Ilhas Botinas, Praia da Piedade e Praia do Dentista são algumas das paradas. São praias lindas!

Cataguases (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Cataguases (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Existem outros passeios, como o Super Sul, que passa por Lopes Mendes, Caxadaço, Dois Rios e Jorge Grego.

Cada agência também tem seus próprios passeios. A gente fez um post bem completo falando deles.

ESCUNA E FLEXBOATS

Há muitos passeios de escuna. Alguns passam pela Lagoa Azul, Lagoa Verde, Japariz e Camiranga e outros pela Praia do Pouso, Lopes Mendes e Santo Antônio.

Tem também a opção de fazer tours em flexboats, que são maiores do que as lanchas, mas mais rápidos do que as escunas. Como fazem menos paradas, ficam mais tempo nas praias, Tem, por exemplo, o Tour Aventureiro, que fica 2h30 na Praia do Aventureiro.

TRILHAS

Pra quem gosta de trilha, Ilha Grande é um excelente destino. São mais de 15, que vão das mais leves as mais pesadas. A da Vila do Abraão ao Pico do Papagaio, por exemplo, demora 3h30. Já de Pouso até Lopes Mendes leva cerca de 30 minutos.

Veja nosso post completo com todas as dicas do que fazer em Ilha Grande.

| PRAIAS

Iha Grande possui praias lindas. As mais próximas da Vila do Abraão são a praia do Abraão, que fica exatamente na vila como diz o nome, a Praia do Canto, a Praia da Júlia, a Praia da Bica, a Praia da Crena, a Praia do Abraãozinho e a Praia Preta. A gente fez um post bem completo falando destas praias.

Abraãozinho em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Abraãozinho em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Uma das praias mais famosas da região é a de Lopes Mendes. O jeito mais fácil é ir de barco até a Praia do Pouso e de lá fazer uma pequena trilha de 1 km (cerca de 30 minutos).

As praias mais distantes, mas também imperdíveis são: Praia do Aventureiro, Praia do Caxadaço, Parnaioca, Meros, Praia do Amor e Praia da Feiticeira. Tem ainda a Lagoa Azul e a Lagoa Verde.

Meros em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Meros em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Na região de Angra, mas com passeios saindo de Ilha Grande, tem também: Cataguases, Piedade, Dentista e Ilhas Botinas.

Veja nosso post com todas as praias de Ilha Grande.

| POUSADAS EM ILHA GRANDE

O melhor lugar para escolher a sua pousada em Ilha Grande é a Vila do Abraão (veja opções de hotéis). Além dos passeios todos saírem de lá, é nesta região que estão as lojinhas e os restaurantes. Quem está hospedado aqui, consegue andar à noite pela vila e escolher os melhores bares e restaurantes para ficar.

A gente ficou na Pousada Caúca, que é simples, mas confortável e bem localizado. Outras boas opções de pousadas em Ilha Grande são a Recreio da Praia, a Pousada Riacho dos Cambucas, a Beto’s Pousada, a Água Viva, a Solar da Praia e a Yes.

Pousada Caúca (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pousada Caúca (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Claro que existem muitas outras opções de hospedagem por lá. Por isso, não deixe de ver nosso post com dicas de onde ficar em Ilha Grande. Lá, a gente deu várias sugestões de pousadas e hotéis.

| RESTAURANTES

Embora a Vila do Abraão seja pequena, há alguns bons restaurantes por lá. A gente fez uma lista bem completa com os principais, mas, entre os que mais gostamos estão o Las Sorrentinas, com ótimas opções de massa, o Lua e Mar, que fica na praia, o Dom Mário, o The Secret Gourmet e o Adega Farol dos Castelhanos.

Pé na Areia em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pé na Areia em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Tem ainda os bares de praia como o Café do Mar e o Pé na Areia.

| SUGESTÃO DE ROTEIRO

Se você quiser uma sugestão de roteiro para 5 dias em Ilha Grande, não deixe de ver nosso outro post. Nele, contamos exatamente tudo o que fizemos por lá e damos outras dicas também.

Ficou com alguma dúvida sobre Ilha Grande? Deixe nos comentários!

+ Veja todos os nossos posts sobre o destino
+ Quantos dias: Tempo ideal para ficar por lá

+ Onde ficar: Dicas de hotéis e pousadas
+ Saiba quais são as principais praias da região
+ Roteiro: O que fazer em 4 ou 5 dias
+ Dicas: O que é bom saber antes de ir
+ O que fazer: Passeios, praias e atrações

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

1 Comment

  1. Danielle disse:

    Amei as dicas! Já compartilhei o link com as minhas amigas. Grande beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *