Imigração na Colômbia: O que é bom você saber antes de ir

Seja quem viaja para Bogotá, Cartagena ou San Andrés, é importante saber das exigências dos órgãos responsáveis pela imigração na Colômbia.

É preciso ter os documentos em dia e estar pronto para responder qualquer dúvida das autoridades. Então para evitar problemas na hora de entrar no país, reunimos algumas dicas neste post.

Como é a imigração na Colômbia

Vale dizer que mesmo que você esteja apenas em uma conexão em Bogotá, por exemplo, e quiser sair do aeroporto precisará passar pela imigração. Até mesmo se você não for dormir no país.

Precisa de passaporte ou visto?

Para os brasileiros, a Colômbia faz parte dos países que aceitam RG ou passaporte válido.

Entretanto, é preciso estar com o documento em bom estado e com a foto atualizada para que a pessoa possa ser reconhecida. Apesar de não ser uma regra, é recomendável que o documento tenha sido expedido há menos dez anos.

Caso a autoridade não se considere satisfeita com o documento apresentado, ela pode pedir outro com foto para comprovar que você é mesmo aquela pessoa.

Imigração na Colômbia (Foto: Shutterstock)
Foto via Shutterstock

Mas lembre-se sempre que apenas o RG ou o passaporte são válidos para entrar na Colômbia. A certidão de nascimento não serve nem mesmo para recém nascidos ou menores de idade. Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou carteira profissional também não são aceitas.

Então, apenas com o RG em bom estado e atualizado ou com o passaporte válido é possível fazer a imigração na Colômbia. Brasileiros a turismo não precisam de visto.

Vacina contra febre amarela

Este é um detalhe muito importante e que pode impedir que a viagem aconteça muito antes do momento de passar pela imigração na Colômbia. Brasileiros precisam apresentar o Certificado Internacional de Vacinação Contra a Febre Amarela.

Portanto, não adianta apenas tomar a vacina, o passageiro de levar o Certificado Internacional e mostrá-lo no momento do check-in ainda no Brasil.

Atente-se a este detalhe com antecedência, já que você deverá tomar a vacina contra a febre amarela pelo menos 10 dias antes da viagem. Não adianta lembrar na véspera e correr o risco de não embarcar.

Colômbia está aberta para brasileiros?

Após muitos meses de pandemia da Covid-19, a Colômbia deixou de exigir teste negativo RT-PCR de estrangeiros. Turistas também estão dispensados de preencher o formulário no aplicativo CoronApp. A única necessidade atualmente para brasileiros é registrar-se no site Check-Mig.

Mas como essas regras durante a pandemia podem mudar a qualquer momento, cheque sempre com a companhia aérea ou consulado do país antes de planejar uma viagem.

Documentos para imigração na Colômbia

Então, para ficar mais fácil vamos listar os documentos necessários:

  • RG em bom estado com foto atualizada (recomendável com no máximo 10 anos de expedição) ou passaporte válido;
  • Certificado Internacional de Vacinação Contra a Febre Amarela (tomada pelo menos dez dias antes da data da viagem);
  • Bilhete aéreo de ida de volta (ou com saída do país para outro destino);
  • Comprovante de hotéis ou carta convite de amigos (encontre seu hotel com descontos)

Mesmo que não seja obrigatório, sempre é bom ter algum documento que prove seu vínculo com o Brasil, além de um Seguro Viagem, como falaremos abaixo.

Seguro Viagem é obrigatório?

Embora o Seguro Viagem não seja uma exigência para entrar na Colômbia, o país recomenda que o turista faça um. Eu mesmo sempre acho importante viajar com um seguro.

Aliás, o Rafa que trabalha comigo aqui no Esse Mundo É Nosso mesmo já “quebrou” a coluna numa viagem ao Chile e preciso de resgate de helicóptero. Já imaginou quanto isso teria custado e a dor de cabeça?

Então, vale a pena fazer um seguro que dê cobertura para problemas de saúde e também com cancelamentos de voos e bagagem extraviada. Ele sai bem barato.

Sugiro que você faça a cotação no site da Seguros Promo, que compara preços das principais seguradoras.

A entrevista na imigração da Colômbia

Com todos os documentos em dia, chega a hora de finalmente passar pela imigração na Colômbia. Mas se estiver com tudo certo, dificilmente a entrada será negada.

Lembre-se sempre de ter a passagem de volta impressa ou no celular para mostrar às autoridades caso isso seja exigido. Não esqueça também de anotar o nome do hotel em que ficará hospedado.

Em uma das vezes que fomos para o país, pediram pra gente o comprovante da hospedagem. Então, é bom ter tudo isso na ponta da língua e também na palma da mão.

De toda forma, você só precisará mostrar os documentos, exceto o RG ou passaporte, caso a autoridade peça.

Imigração na Colômbia: Praça de Bogotá
Foto: Esse Mundo É Nosso

Cuidado com a conexão no Panamá 

Embora não exijam o passaporte para viajar pra Colômbia, é preciso ficar atento caso seu voo faça conexão em outro país. Muita gente viaja de Copa Airlines e faz conexão no Panamá. Ou seja, desce no Aeroporto do Panamá para trocar de avião e seguir viagem para a Colômbia.

Como para embarcar para o Panamá é exigido o passaporte, o passageiro em conexão precisa apresentar o documento ainda no Brasil mesmo que seu destino final seja a Colômbia. O mesmo vale pra qualquer outro país da América do Sul que aceite a entrada apenas com o RG.

Aliás, um amigo meu ia para San Andrés com conexão na Cidade do Panamá. Na hora do check-in, ele descobriu que precisaria do passaporte e não conseguiu embarcar. Um pequeno detalhe que pode estragar a viagem.

Ainda ficou com alguma dúvida sobre a imigração na Colômbia? Deixe nos comentários!

Adolfo Nomelini
Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há mais de 13 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".
Vai viajar? Reserve aqui com os melhores preços

Quando você reserva com nossos parceiros, encontra os melhores preços e ainda ganha descontos, além de ajudar o nosso trabalho. Nós recebemos uma pequena comissão e você nao paga nada a mais por isso!

Hospedagens
Pelo mundo no Booking.com
Seguro Viagem
Ganhe 20% OFF em seu Seguro Viagem!
Passeios e Ingressos
Reserve experiências inesquecíveis em todo o mundo
Aluguel de Veículos
Sem iof em até 12x sem juros
Chip de Internet
Seu Chip de Internet Global para usar em todas as viagens

Comentários:
LUIZ CARLOS DE BRITO disse:

Boa noite. Meu destino é Cancun (México), vou fazer conexão em Bogotá, por apenas 3 horas, sem ausentar-me do aeroporto. PERGUNTO: É NECESSÁRIO O CERTIFICADO INTERNACIONAL DA FEBRE AMARELA ?

LUIZ BRITO.

Oi, Luiz. Obrigado pelo comentário!

A vacina de febre amarela não é necessária para conexões na Colômbia. Já sobre restrições ou exigências referentes à Covid, o ideal é checar com o consulado ou embaixada, já que elas mudam constantemente.

Alexandre disse:

Gostaria de saber se preciso pagar algo mais pra ficar em san andreas.? Parece que vi alguem falar que tem qua pagar algo, por dia ficado na ilha.