Imigração no Uruguai: Como é e dicas pra passar pela alfândega

Graças aos acordos com o Brasil e o Mercosul, passar pela imigração no Uruguai não é complicado nem exige muita documentação. Já a alfândega no país, aqui chamada de aduana, tem algumas regras próprias para que os passageiros não paguem multas, como mostraremos mais abaixo.

Nesse post vamos detalhar o processo de imigração pra quem chega pelos aeroportos, de barco, ônibus ou ainda quem cruza a fronteira de carro, sendo próprio ou alugado, vindo do Brasil.

COMO É A IMIGRAÇÃO NO URUGUAI

Como é a imigração no Uruguai (Foto: Esse Mundo É Nosso)

DOCUMENTOS PRA VISITAR O URUGUAI

Independente da forma como você chega ao país, os documentos solicitados são os mesmos em qualquer caso. Graças ao Mercosul, você pode inclusive viajar pro Uruguai sem passaporte, apenas com RG, desde que ele tenha menos de 10 anos de expedição (veja os países que aceitam o RG para viajar). Você pode ficar até 90 dias a turismo no país, renováveis por mais 90. Vamos aos documentos aceitos¹:

  • RG (Carteira de Identidade) expedido a menos de 10 anos em bom estado de conservação;
  • Passaporte com validade superior a seis meses;
  • Carteira de Identidade para estrangeiro expedida pela Polícia Federal;

Vale lembrar que a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), Certidão de Nascimento ou Carteira de Trabalho não são aceitas na imigração no Uruguai e nem em outros países membros do Mercosul.

Menores de idade também precisam do RG ou de passaporte, independente da idade. Se estiverem desacompanhados de um dos pais ou dos dois, devem seguir o trâmite de autorização para a viagem, que pode ser consultado na página do Ministério das Relações Exteriores.

 

| IMIGRAÇÃO NOS AEROPORTOS

Os dois principais aeroportos onde a imigração no Uruguai é feita são os de Montevidéu e de Punta del Este, embora existam alguns outros menores pelo país, mas sem voos comerciais diretos para o Brasil. É nesses terminais também onde a maioria dos turistas passa pela alfândega.

De todo jeito, é um processo de imigração tranquilo. Você deve estar com algum dos documentos citados acima em mãos e a tarjeta de migración que é dada nos voos preenchida. Em alguns casos, o agente pode perguntar sobre o hotel onde você vai ficar hospedado e quando você retornará ao Brasil. Eu gosto de ter impresso, ou ao menos no celular, as reservas e a passagem de volta.

SEGURO VIAGEM

Embora o Seguro Viagem não seja obrigatório por aqui, eu nunca viajo sem. É algo barato e que garante a sua tranquilidade em caso de algum problema de saúde ou até mesmo cancelamento e atraso de voos. Nós sugerimos que você faça a cotação online nesse link, que compara e encontra os melhores preços nas maiores seguradoras do Brasil.

| NOS PORTOS E POSTOS DE FRONTEIRA (ÔNIBUS)

O processo de imigração no Uruguai pra quem chega de navio ou barco (vindo de Buenos Aires, por exemplo) e também pra quem vem de ônibus é bem semelhante ao dos aeroportos e a documentação exigida é a mesma citada anteriormente.

Como é a imigração no Uruguai (Foto via Shutterstock)

Foto via Shutterstock

| DE CARRO PARTICULAR OU ALUGADO

Embora a CNH não seja aceita como documento de imigração, ela é exigida para quem quer dirigir no país.

Se você quer atravessar a fronteira num carro ou moto própria, no momento da entrada no Uruguai você deverá ter com você os documentos do veículo (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) e a Carta Verde, que falaremos a seguir. Se o veículo for alienado ou em nome de quem não está presente, será preciso uma autorização do proprietário registrada em cartório que permita a viagem pra fora do país.

Como é a imigração no Uruguai [Foto: FrancoBras (CC BY-SA 3.0)]

Foto: FrancoBras (CC BY-SA 3.0)

A CARTA VERDE
Além do documento do carro ou moto, quem vem de veículo próprio ou alugado, também precisa de um seguro chamado de Carta Verde, que leva esse nome por justamente por conta da cor do documento. Nada mais é que um seguro para terceiros. Se você alugar um carro, pode contratá-lo diretamente com a locadora. Agora se o carro é seu, a melhor forma de conseguir a Carta Verde é conversando com quem faz o seguro do seu veículo ou com a própria seguradora. Perto das fronteiras há alguns despachantes, mas que cobram caro pelo serviço. Então não esqueça de providenciar com antecedência.

+ Veja hotéis no Uruguai com até 50% de desconto

 

ALFÂNDEGA NO URUGUAI

Aqui chamada de Aduana, a alfândega no Uruguai tem regras bem semelhantes às brasileiras em quesitos do que pode ou não entrar, além do limite da quantidade de produtos.

Como é a imigração no Uruguai (Foto: Divulgação/Aeropuerto Carrasco)

Foto: Divulgação/Aeropuerto Carrasco

NÃO É PERMITIDO²
– Vegetais e produtos relacionados, frutas e hortaliças frescas;
– Flores e plantas ornamentais, assim como terra, forragem, silvicultua e subprodutos;
– Leite líquido (exceto longa vida), manteiga, ovos, creme de leite e queijo;
– Carnes de qualquer espécie e embutidos;
– Alimentos para animais e protudos biológicos ou veterinátios;
– Inflamáveis, alcalóides, narcóticos, objetos obscenos, material subversivo ou pornográfico;
– Bens que não pertençam ao passageiros (esses devem entrar em regime de importação ou com os controles sanitários correspondentes).

DINHEIRO VIVO³
O limite para pessoas físicas ou jurídicas com dinheiro vivo ou metais preciosos que ingressem no país é de US$ 10 mil. Se o valor for superior, esse deverá ser declarado à Dirección Nacional de Aduanas no momento da chegada.

IMPOSTOS NA ALFÂNDEGA4
É permitido na imigração no Uruguai entrar sem pagar impostos: artigos de uso pessoal e usados, livros, jornais e revistas sem finalidade comercial.

Para outros objetos, há uma exceção para produtos com valores de até US$ 300 para quem chega do Brasil, Argentina, Chile e Paraguai. Menores de 18 anos têm apenas 50% dessa franquia. Os itens adquiridos em free shops na chegada ao país são isentos de impostos até o valor US$ 650.

VIAGEM COM ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO5
Para entrar com animais de estimação no Uruguai, é preciso um certificado da autoridade correspondente no Brasil que indique que o animal está livre de doenças transmissíveis, além da vacina contra raiva válida no mínimo entre 30 dias antes e 30 dias depois da viagem. O documento deve constar ainda a vacinação contra taenia echinococcus e deve ser aplicada no mínimo 72h e no máximo 30 dias antes da viagem. Para mais informação, consulte a página da embaixada.

VACINAS
Brasileiros não precisam de nenhum tipo de vacina para viajar pro Uruguai.

+ Hotéis no Uruguai com desconto e cancelamento grátis
+ Que moeda levar para o país: real, dólar ou pesos?
+ O que você precisa saber antes de viajar pra lá
+ Todas as dicas pra você curtir o melhor do país

Fontes:
1 Itamaraty
2 Ministerio de Ganadería Agricultura y Pesca
3 Aeropuerto de Carrasco
4 Dirección Nacional de Aduanas
5 Embaixada do Uruguai em Brasília

Booking.com

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *