A MSC Cruzeiros anunciou seu segundo cruzeiro de volta ao mundo, chamado de MSC World Cruise. O roteiro passa por mais 40 destinos em 23 países, incluindo alguns dos lugares mais famosos do planeta e outros considerados exóticos.

O navio MSC Magnifica parte da Itália em janeiro de 2020 e cruzará os cinco continentes numa viagem de duração de três meses que passará inclusive por portos brasileiros.

O CRUZEIRO DE VOLTA AO MUNDO

Cruzeiro de volta ao mundo da MSC (Foto: Divulgação)
MSC Magnifica (Divulgação)

Serão 116 noites, sendo que oito paradas incluirão pernoite, o que garante aos viajantes até dois dias para conhecer atrações locais e a culinária dos destinos.

O roteiro inclui paradas em 23 países, entre eles: França, Espanha, Portugal, Brasil, Uruguai, Argentina, Chile e Ilha de Páscoa, Peru, Nova Zelândia, Austrália, Indonésia, Singapura, Malásia, Índia e Jordânia.

Cruzeiro de volta ao mundo da MSC (Foto: Divulgação)
Divulgação

Algumas excursões já estão inclusas na tarifa, como nadar com tartarugas na Nova Caledônia, visitar a antiga cidade de Petra, na Jordânia, e subir em um dos prédios mais altos do mundo em Kuala Lumpur, na Malásia.

E aí, será que apenas um passaporte dá pra tantas paradas nesse cruzeiro de volta ao mundo?

PREÇOS
Essa é a parte mais salgada da viagem! Os preços começam em R$ 48.749 em cabine interna e podem chegar a R$ 148.999 nas suítes.

MAIS INFOMRAÇÕES
Para saber todos os detalhes do cruzeiro, como os destinos a serem visitados, preços e o que está ou não incluso, visite o site da MSC.

+ Quanto custam as coisas num navio? Veja os preços
+ Esses aposentados largaram a TV e o sofá pra viajar o mundo
+ Amigos carregam jovem deficiente por mochilão na Europa

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

6 respostas

    1. Oi, Daniel, tudo bem?

      Em todos que já fiz, ao fazer o desembarque nos portos de parada, você precisa fazer a imigração normalmente no país, com carimbo, mesmo que a Polícia do país suba a bordo pra fazê-la.

      Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Reserve seu hotel aqui
Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.