Onde ficar em Alter do Chão: Dicas de hotéis e pousadas

Decidir onde ficar em Alter do Chão nem sempre é uma tarefa fácil. Alter é, na verdade, um distrito de Santarém, uma das maiores cidades do Pará. Por isso, muita gente acaba ficando em dúvida de onde deve se hospedar.

Neste post, a gente vai dar dicas de pousadas e hotéis e explicar se é melhor ficar em Alter do Chão ou Santarém.

ONDE FICAR EM ALTER DO CHÃO

| DEVO ME HOSPEDAR EM ALTER DO CHÃO OU SANTARÉM?

Antes de darmos as dicas de hotéis e pousadas em Alter do Chão, já vou logo responder a esta pergunta. Se o seu objetivo é viajar para Alter do Chão e curtir as praias do Rio Tapajós, não vale a pena se hospedar em Santarém.

Onde ficar em Alter do Chão: Ilha do Amor (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Ilha do Amor (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Como eu já disse, Alter é um distrito de Santarém. A distância entre a cidade e a vila é de cerca de 40 km. Embora tenha um ônibus que ligue os dois destinos, vai ser muito cansativo fazer este trajeto para ir e voltar todos os dias.

A melhor opção é se hospedar em Alter do Chão e fazer um bate-volta em um dia para Santarém para conhecer a cidade.

+ Dicas essenciais pra organizar a sua viagem pra lá
+ Quando ir: Melhor época

| ENTÃO, ONDE EU DEVO ME HOSPEDAR?

Dito isso, vamos falar de Alter do Chão, que já foi chamada de Caribe da Amazônia pelo jornal britânico The Guardian. A vila não é muito grande, mas tem praias de rio espalhadas por vários cantos. A melhor dica de onde ficar em Alter do Chão é o centrinho, já perto da Ilha do Amor, que é onde estão as praias urbanas, os restaurantes, a pracinha e o comércio. Assim, fica mais fácil para circular de dia e de noite. Além disso, os passeios de barco para praias mais distantes partem dessa região.

Como é uma pequena vila localizada na região chamada de Baixa Amazônia, não há resorts e muito luxo. Por aqui, o clima é outro, mas é possível encontrar boas pousadas e também opções para quem deseja gastar bem pouco.

Onde ficar em Alter do Chão (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Cajueiro (Foto: Esse Mundo é Nosso)

| PREÇOS DA HOSPEDAGEM

Assim como em outros destinos, na alta temporada, os preços das pousadas de Alter do Chão costumam subir bastante. Aliás, a gente fez um post bem completo falando qual é a melhor época para visitar a região.

Em resumo, de agosto a janeiro é a época mais seca, quando as praias de rio resolvem aparecer. A alta temporada mesmo começa em setembro, mas o ápice é em dezembro, no Réveillon, durante as férias de janeiro e no Carnaval, embora já sejam épocas chuvosas.

Ponta do Cururu em Alter do Chão (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Ponta do Cururu (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O Sairé (ou Çairé), festa tradicional da região que mistura religião e folclore, acontece sempre na terceira semana de setembro e deixa a vila lotada. Com isso, os preços das diárias costumam subir mais nestas épocas do ano.

| DICAS DE HOTÉIS E POUSADAS EM ALTER DO CHÃO

Como a gente já disse, a dica principal de onde ficar em Alter do Chão é no centrinho, mas há também opções de pousadas perto das praias e em meio à floresta.

Pra quem quer ficar no centro e perto da praia, duas opções são o hotel Mirante da Ilha e o hotel Borari. Os dois hotéis são simples, mas possuem piscina e são bem localizados. A Pousada Sombra do Cajueiro também é uma opção.

Hotel Mirante da Ilha (Foto: Booking)
Hotel Mirante da Ilha (Foto: Booking)

Ainda pertinho da Ilha do Amor, está a Pousada Mingote, que é bem simples, mas possui boas avaliações no Booking. Assim como a Pousada Coração Verde, a Pousada Alterosa, a Villa da Praia e a Pousada Pedra do Sol.

Outras sugestões na região central são a Pousada Vila Alter e a Pousada Cabocla. As duas também são simples, mas bem avaliadas.

Villa Arumã (Foto: Booking)
Villa Arumã (Foto: Booking)

Mais afastadas do centro, mas pra quem deseja ficar mais em meio à natureza, a Pousada Villa Arumã tem uma decoração bonita e uma boa estrutura. Assim como a Vila Flor. A TerrAmor Amazon também traz uma experiência diferente pra quem quer visitar a Amazônia.

Vila Flor, em Alter do Chão (Foto: Booking)
Vila Flor, em Alter do Chão (Foto: Booking)

Uma dica para quem quer uma hospedagem mais imersiva é a comunidade ribeirinha Coroca, que fica a cerca de 1h30 de barco de Alter do Chão. Lá, será possível acompanhar de perto o dia a dia de quem vive às margens de um rio na Amazônia.

Essas são as nossas dicas de onde ficar em Alter do Chão, veja também outras opções de hospedagem por lá.

Ficou com alguma dúvida de onde ficar em Alter do Chão, no Pará? Deixe nos comentários!

+ Veja mais posts sobre o destino
+ Dicas essenciais pra quem quer ir pra lá
+ Quando ir: A melhor época
+ Como chegar: Dicas para ir até lá
+ Ilha do Amor: O que você tem que saber antes de ir

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *