Onde ficar em Nápoles, Itália: Melhores bairros e regiões

Escolher onde ficar em Nápoles não é tarefa muito fácil, pelo menos foi um dos lugares que mais ficamos em dúvida em todo nosso roteiro de mais de um mês pela Itália.

Acontece que a fama da cidade não ser muito segura e de ter bairros não muito amistosos (isso nós comprovamos pessoalmente) deixou a gente bem indeciso. Mas fizemos uma boa escolha e nesse post te ajudamos a escolher seu hotel ou apartamento nos melhores bairros e regiões.

ONDE FICAR EM NÁPOLES, ITÁLIA

Além de procurar uma boa localização, vale também estar perto das principais atrações ou ao menos do transporte público, já que o metrô e o trem na cidade é bem fácil de usar.

Nápoles, Itália (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Dessa forma você evita aquela velha dor de cabeça de ter que negociar táxi ou cair em golpes durante os dias em que estiver na cidade.

Vamos então falar sobre os principais bairros e regiões pra te ajudar a decidir onde ficar em Nápoles para poder aproveitar o destino.

| CHIAIA

É um dos nossos bairros preferidos na cidade, tanto que foi aqui onde nos hospedamos.

Chiaia é um lugar mais moderno, com muito comércio, ótimos restaurantes, muitos bares e lojas. Dá pra andar tranquilamente à noite sem se sentir inseguro. Inclusive a vida noturna por aqui é bem animada, com opções pra todos os gostos.

Onde ficar em Nápoles: Chiaia (Foto: Google)

Além disso, tem a facilidade de ter uma estação de trem e metrô (Stazione Napoli Piazza Amedeo), o que é ótimo pra quem vem da estação central e até mesmo pra quem quer se deslocar até o centro de transporte público pra conhecer as atrações de Nápoles. A viagem não dura mais de 15 ou 20 minutos.

Nós ficamos no Exe Majestic, um hotel de uma rede bastante conhecida na Europa. Os quartos foram reformados e são modernos. Além da boa localização, nós optamos por ficar aqui por conta do bom custo-benefício, já que é um hotel considerado quatro estrelas e normalmente tem bons preços.

Hotel Exe Majestic em Nápoles (Foto: Divulgação/Booking)
Hotel Exe Majestic em Nápoles (Foto: Divulgação/Booking)

Chiaia fica ainda perto do bairro Santa Lucia, que tem um simpático calçadão à beira-mar e é onde está o Castel dell’Ovo, um castelo medieval.

Outro ponto positivo desses dois bairros como dica de onde ficar em Nápoles é que você está perto do centro, mas sem aquela confusão toda e uma possível sensação de insegurança. Dá pra ir inclusive a pé até a Piazza del Plebiscito, uma das praças mais famosas, já no coração da cidade.

| REGIÃO DA PIAZZA DEL PLEBISCITO

Vindo de Chiaia, a Piazza del Plebiscito é a porta de entrada para o Centro Histórico. Fica perto do mar e a uma curta distância do porto de Nápoles. É uma região simpática, ainda sem aquelas ruas mais “obscuras” da área central, com opções de bares e restaurantes.

Onde ficar em Nápoles: Piazza del Plebiscito (Foto: Esse Mundo É Nosso)
Piazza del Plebiscito

O calçadão chamado de Via Chiaia tem muito comércio e é bem interessante. É nessa área onde se concentram boa parte dos melhores hotéis da cidade. Além da praça, nessa área ficam ainda outras atrações importantes, como o Palácio Real, Castel Nuovo, a Basilica San Francesco di Paola, a Galleria Umberto I e a famosa Via Toledo, uma das ruas mais conhecidas por conta de suas lojas de marca. Há ainda estações de metrô próximas, como a Municipio e Toledo.

| ARREDORES DA ESTAÇÃO NAPOLI CENTRALE / GARIBALDI

Essa não é das regiões de onde ficar em Nápoles que eu recomendaria à primeira vista.

Apesar do grande movimento durante o dia em torno das estações Napoli Centrale e Napoli Garibaldi, dá uma certa insegurança circular por aqui à noite. Nós andamos por essa região, afinal é onde fica a L’Antica Pizzeria da Michele, uma das pizzas mais famosas do mundo, onde Julia Roberts filou “Comer, Rezar e Amar”.

Onde ficar em Nápoles: Estação Central e Garibaldi (Foto: Google)

Mas vale se hospedar aqui? Se você vai pegar um trem bem cedo e não vai circular muito à noite, por exemplo, pode até ser interessante. Há bons hotéis. Se não, eu escolheria outras regiões que citamos nesse post.

| CENTRO HISTÓRICO

O Centro Histórico de Nápoles é uma grande área declarada Patrimônio da UNESCO. As vias são estreitas, cheias de ruelas, lojinhas e restaurantes. É onde ficam muitas atrações, como o Duomo (a Catedral da Nápoles), a pitoresca Via dei Tribunali e o Museu de Arqueologia.

Onde ficar em Nápoles: Centro Histórico (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mas você já ouviu falar que Nápoles é meio bagunçada ou confusa? Que é a Itália em sua forma mais italiana? Pois é, isso pode ser muito percebido nessa região central. Então vale você observar atentamente a rua do seu hotel no Google Maps antes ou ver a opinião de outros hóspedes, já que você não encontrará o charme de Chiaia, por exemplo, por aqui.

| ONDE FICAR EM NÁPOLES: OUTRAS REGIÕES

Há ainda outros bairros interessantes para se hospedar em Nápoles, alguns bem residenciais e tranquilos como Vomero, ou no calçadão à beira-mar na região do Lungomare Caracciolo, bem pertinho de Chiaia. Então se você quiser pesquisar outros locais, vale consultar todas as opções de Nápoles no link abaixo ou no mapa interativo logo a seguir.

Booking.com

MAIS DICAS DE NÁPOLES
+ Onde provar a pizza mais famosa da cidade?
+ Como ir de trem até a Costa Amalfitana
+ Todos os posts pra aproveitar a cidade

Tem mais dúvidas ou sugestões de onde ficar me Nápoles? Deixe seu comentário!

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *