Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera, na Itália

Matera, na região da Basilicata, Itália, é uma das cidades mais antigas do mundo. Sassi di Matera, seu centro histórico, é Patrimônio Mundial da Unesco, e já serviu de cenário para diversos filmes, como “Mulher Maravilha” (2017) e “A Paixão de Cristo” (2004). Durante a nossa passagem pela cidade, nós nos hospedamos no Palazzo Gattini, um dos melhores hotéis da região, e contamos a nossa experiência neste post.

PALAZZO GATTINI: HOTEL EM MATERA

Antes de falarmos sobre o Palazzo Gattini, vale contar rapidamente a história de Matera. A cidade é uma das mais antigas do mundo. Por aqui, as pessoas viviam em cavernas até 1950. A cidade é linda e a gente se sente sendo transportado para outra época. Não é à-toa que ela sirva de cenário para tantos filmes famosos.

Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Veja o valor das diárias com descontos de até 50%

Depois que uma lei tirou as pessoas das cavernas e as transferiram para casas populares, a cidade deixou de ser considerada uma vergonha pra Itália e passou a ser valorizada até se tornar turística.


|
PRÉDIO HISTÓRICO

Como Matera é uma cidade histórica, o grande charme é ficar hospedado em um lugar histórico como o Palazzo Gattini (Veja o valor da diária com desconto). Nesse caso, se hospedar em uma construção histórica significa estar em um hotel 5 estrelas e totalmente moderno. Era lá que morava uma das famílias mais nobres da cidade.

 

| RESTAURAÇÃO

O edifício, que é muito grande, passou por uma grande restauração até ser transformado em um hotel luxuoso com quartos espaçosos e um spa. Tudo sem perder as origens que fazem de Matera uma cidade única.

Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Veja o valor das diárias com descontos de até 50%

| QUARTO E CAFÉ DA MANHÃ

O quarto em que nos hospedamos no Palazzo Gattini era amplo com tons claros. Da janela vinha um pouco mais de luz e um visual incrível de Matera. A cama era bem confortável e o banheiro era grande e com um ótimo chuveiro.

Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Todos os quartos possuem ar-condicionado e wi-fi grátis. Além disso, os refrigerantes do frigobar estão inclusos na diária.

O café da manhã, também faz parte da diária, e tinha, entre outras coisas, burrata, ovos e pães. Pelo nível do hotel, confesso que esperava um pouco mais do café com mais opções.

Palazzo Gattini: Onde ficar em Matera (Foto: Esse Mundo é Nosso)

| LOCALIZAÇÃO

O Palazzo Gattini está localizado no centro histórico da cidade na Piazza Duomo. Embora não seja possível entrar de carro naquela área. eles oferecem uma van que leva os hóspedes até um estacionamento próximo.

Do hotel, é possível ir a pé até a área nova da cidade e também aos pontos históricos mais importantes.

Por ser um dos melhores hotéis de Matera, diversas celebridades já se hospedaram no Palazzo Gattini, entre elas, Sharon Stone, Morgan Freeman, Dalai Lama, Steven Tyler e Santo Versace.

+ Encontre diárias com descontos de até 50%

+ Veja mais dicas da Itália
+ Dicas de Cinque Terre: O que saber antes de ir
+ Costa Amalfitana: Saiba quanto custa viajar pra lá

PALAZZO GATTINI

Piazza Duomo, 13 – Matera
Site oficial

*Os jornalistas viajaram a convite do Palazzo Gattini, mas todas as opiniões aqui dadas são isentas e refletem suas reais experiências

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *