SeaWorld em Orlando: Dicas e atrações para curtir o parque

O SeaWorld em Orlando tem se reinventado a cada ano. O parque, que foi inaugurado no início da década de 70, é hoje, ao lado do Busch Gardens, um dos preferidos entre os amantes de montanhas-russas que estão a passeio pela cidade. Além disso, ele mantém atrações clássicas que falam sobre o reino animal, inaugurou recentemente uma área dedicada às crianças e recebeu o Certificado Internacional de Autismo.

A gente passou um dia no parque, conheceu as principais atrações e dá as dicas certas pra você curtir o que há de melhor por lá.

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

SEAWORLD EM ORLANDO

Esta foi a minha terceira vez em Orlando. Eu estava animado porque seria a primeira vez que eu iria enfrentar meu medo e curtir as montanhas-russas mais radicais da região. Só que meu hotel ficava bem de frente ao SeaWorld e quando eu entrei no meu quarto e abri a janela, dei de cara com a Mako, a mais alta, mais rápida e mais longa montanha-russa de Orlando. Vou te contar que eu fiquei morrendo de medo kkkk.

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Sabe aquela sensação bipolar? De um lado, eu não via a hora de dormir e acordar para ir na montanha-russa. Do outro, eu queria fechar a janela e fingir que não tinha nada ali rsrs. Acho que esse medinho é o que faz os brinquedos radicais dos parques terem ainda mais graça, né? E não é que eu gostei tanto da Mako que fui três vezes?

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Mas vamos por partes, né? Neste post, vou falar sobre as principais atrações do parque, incluindo a Sesame Street, que é a nova área infantil. Já que eu comecei contando a minha experiência com a Mako, vamos falar primeiro das montanhas-russas do SeaWorld em Orlando.

| MONTANHAS-RUSSAS DO SEAWORLD EM ORLANDO

MAKO

Eu falei que o SeaWorld em Orlando tem montanhas-russas muito radicais, né? A Mako tem “apenas” 61 metros de altura, faz 118 km/h e possui 1.451 metros de extensão. Por isso tudo, ela é a montanha-russa mais alta, mais longa e mais rápida de Orlando. Sabe aquela sensação de friozinho na barriga que parece que você está saindo da cadeira? Senti isso várias vezes na Mako. Sem falar das quedas íngremes e a sensação de gravidade zero. Vai dar medinho só de olhar? Vai! Mas vale a pena enfrentar o medo! É demais!

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)
SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Encontre seu hotel na cidade com descontos

Ahh, e sabe o que foi mais legal pra mim? Eu pude ir de óculos nessa montanha-russa. Foi uma sensação incrível conseguir enxergar o mundo de ponta cabeça!

MANTA

Se a Mako é sensacional, a Manta eu nem sei o que falar. Também fui três ou quatro vezes nela. É a única montanha-russa voadora do mundo. O mais legal da Manta é que você vai deitado olhando para o chão! Ou seja, não existe carrinho. Você fica com as pernas soltas olhando para baixo. Parece mesmo que estamos voando. É uma sensação incrível.

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

KRAKEN

A Kraken é a terceira montanha-russa do SeaWorld em Orlando. São 45 metros de altura e 105 km/h. Antes, os visitantes usavam óculos de realidade virtual durante essa atração, mas agora eles não são mais distribuídos. Não cheguei a ir usando os óculos, mas adorei a experiência sem eles.

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

| BRINQUEDOS QUE MOLHAM

No SeaWorld em Orlando há dois brinquedos que molham bastante e que são muito divertidos. Confira:

INFINITY FALLS

O Infinity Falls é o mais recente deles. O barco passa por florestas tropicais durante um passeio bem tranquilo e agradável. Só que de repente, somos surpreendidos pela maior queda em uma atração de corredeiras. O mais divertido é que o carrinho/barquinho sobe por um elevador. Então, não dá para ter muita noção do que irá acontecer a seguir. A torre possui 12 metros de altura. Dá pra entender o motivo da gente ter se molhado tanto, né?

Infinity Falls (Foto: Esse Mundo é Nosso)

JOURNEY TO ATLANTIS

Essa montanha-russa aquática também é imperdível. Sabe quando você acha que já acabou, que já foram todas as quedas e não tem como se molhar mais? Então, acontece isso na Journey to Atlantis. De repente, vem outra queda e você se diverte ainda mais.

| SESAME STREET

Uma das principais novidades do SeaWorld em Orlando é a Sesame Street, nova área infantil.

Sesame Street (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Eu fiquei impressionado com o tamanho e com a quantidade de atrações para as crianças. A área é toda inspirada nos personagens da Vila Sésamo, como o jardim da Abby Cadabby, o ninho do Big Bird, e a loja do Mr. Hopper.

+ Encontre seu hotel na cidade com desconto

Além disso, todos os dias durante a tarde há uma parada especial, a Sesame Street Party Parade, com desfile dos personagens, muita música e cor. As crianças ficam loucas. Ahh, e dá também para tirar fotos com o Elmo e mais astros e estrelas da turma.

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)
SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Sesame Street (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A Sesame Street tem seis atrações, como montanha-russa, elevador e trenzinho, além de mais de 30 atividades educacionais e interativas para as crianças. Ahh, no dia em que estivemos lá estava bem calor e sabe o que as crianças mais estavam gostando de fazer? Ficar no Rubber Duckie Water Works, playground molhado, para se refrescarem. Até eu fiquei com vontade de ficar lá rsrs.

Sesame Street (Foto: Esse Mundo é Nosso)
SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

| MAIS ATRAÇÕES

Além das montanhas-russas e área infantil, o parque possui diversas atrações sobre o reino animal.

WILD ARCTIC

Este é um simulador de voo sobre as geleiras do hemisfério Norte.

ANTARCTICA: EMPIRE OF THE PENGUIM

Nesta atração, é possível conhecer o habitat e a realidade dos pinguins. Em um primeiro momento, os visitantes passeiam em carrinhos. Depois, eles têm a oportunidade de ver os animais mais de perto em um ambiente que foi criado com as mesmas temperaturas do habitat real dos pinguins. O SeaWorld em Orlando faz pesquisas para a preservação da espécie.

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

DOLPHIN NURSERY

Nesta atração, dá para ver de perto as mães golfinho e seus filhotes.

SKY TOWER

Esta famosa torre (não é elevador que despenca hein) está no parque desde a sua inauguração. Lá de cima, é possível apreciar uma bela vista de Orlando (ingresso à parte).

TURTLETREK

Atração cheia de peixes-bois e tartarugas, além de um cinema 3D 360º, que mostra a jornada das tartarugas marinhas.

KEY WEST AT SEAWORLD

Dá para se sentir em Key West, cidade americana, nesta atração. É possível ver golfinhos, arraias e tartarugas em extinção.

SHAMU UNDERWATER VIEWING

Nesta área de observação subaquática, é possível ver as orcas nadando e indo até a superfície.

+ Encontre seu hotel na cidade com desconto

PACIFIC POINT PRESERVE

São 8 mil metros de área em que estão os leões marinhos e as focas.

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

SHARK ENCOUNTER

Já imaginou dar de cara com um tubarão? Neste túnel de 18 metros, é possível observar não apenas tubarões, como enguias, barracudas e peixes venenosos.

| SHOWS

O SeaWorld em Orlando também oferece diversos shows para a família toda, entre eles, o Clyde And Seamore’s Sea Lion High, com leões marinhos, o One Ocean, que conecta o visitante ao mundo das baleias, o Dolphin Days, que mostra detalhes sobre o mundo dos golfinhos, e o Pets Ahoy, com cachorros, gatos e porquinhos que foram, em sua maioria, resgatados de abrigos de animais abandonados.

DESCONTO NO SEGURO PROS EUA
Nos Estados Unidos os preços cobrados por hospitais e médicos é muito alto. Por isso, é muito importante fazer um seguro viagem ainda no Brasil, com ele você viaja tranquilo em caso de imprevistos de saúde, atrasos ou cancelamentos de voos. O Rafa já fraturou a coluna no exterior e precisou ser transferido de helicóptero. Já imaginou quanto custaria se ele não tivesse seguro? Sugerimos que você faça a cotação no site da Seguros Promo, que é um buscador para encontrar o melhor preço. Use o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 e ganhe 5% de desconto, que pode chegar a 10% se você pagar no boleto.

Vale lembrar que, em geral, os locais onde acontecem os shows são bem grandes. Mesmo assim, é bom chegar com pelo menos 10 minutos de antecedência para garantir um bom lugar.

| ATRAÇÕES DE BASTIDORES

Para quem se interessa mesmo pelo mundo animal, o parque oferece algumas atrações de bastidores, que mostram o dia a dia dos profissionais do SeaWorld, além de falar de cada espécie. Essas atrações são pagas à parte.

BEHIND-THE-SCENES TOUR

Neste tour, você terá a chance de ver os animais que foram resgatados pelo parque mais de perto e também poderá conversar com os especialistas sobre os cuidados que eles têm com esses animais e com outros, como os tubarões e pinguins.

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A gente viu de perto diversos peixes-bois que foram resgatados pelo parque. Muitos animais desta espécie são afetados pela maré vermelha, batidas de barcos e correnteza fria.

A importância desse tour, além de poder ver de perto o programa de resgate do parque, é a educação ambiental que ele passa, mostrando o que é preciso fazer para a preservação das espécies.

Dez por cento do valor do ingresso deste tour vai para o SeaWorld & Busch Gardens Conservation Fund, que ajuda projetos de preservação de espécie no mundo todo.

OUTRAS ATRAÇÕES

Penguins Up-Close Tour: É a possibilidade de chegar mais perto dos pinguins e conhecer os bastidores da Antarctica: Empire of the Penguim.

Animal Ambassador Up-Close Tour: Encontro com alguns dos animais embaixadores do SeaWorld em Orlando, que foram resgatados pelo parque.

Beluga Whales Up-Close Tour: Bastidores do Wild Artic com uma sessão de treinamento e cuidados com os profissionais do parque.

Dolphins Up-Close Tour: É possível ficar próximo dos golfinhos sem entrar na água, além de conhecer alguns dos sinais usados pelos treinadores para se comunicarem com os animais.

+ Encontre seu hotel na cidade com descontos

Killer Whale Up-Close Tour: Encontro com as orcas.

Sea Lions Up-Close Tour: Encontro com os leões marinhos.

Sharks Up-Close Tour: Bastidores do Shark Encounter e visita ao aquário de mais de 2 milhões de litros de água, além da possibilidade de tocar em um pequeno tubarão e aprender sobre a importância da preservação desta espécie.

Walrus Up-Close Tour: Interação com as morsas.

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

| CERTIFICADO DE AUTISMO

Uma boa notícia é que o SeaWorld, assim como o Discovery Cove e o Aquatica, recebeu o Certificado Internacional de Autismo do Conselho Internacional de Padrões de Credenciamento e Educação Continuada (IBCCES). Vale lembrar que atualmente 1 a cada 59 crianças é diagnosticada com espectro autista de acordo com o Conselho.

Toda a equipe do parque passou por um treinamento de sensibilização e conscientização feito pelo IBCCES, além da verificação das áreas do parque e da experiência do visitante.

O treinamento engloba a consciência sensorial e ambiental, comunicação, habilidades motoras e sociais, programas de desenvolvimento e consciência emocional, como também um exame de competência para o autismo.

Já no planejamento da visita ao parque é possível que as famílias acessem através do site um guia que informa os níveis de estímulo sensorial de cada atração e mostra quais estão de acordo com as necessidades de cada visitante.

Além disso, o parque possui alguns espaços silenciosos, como na Sesame Street, com luzes ajustáveis e assentos confortáveis para que o visitante possa fazer uma pausa.

Desde abril de 2019, o SeaWorld é considerado um Centro de Autismo Certificado (CAC).

| PROGRAMA DE RESGATE

O programa do SeaWorld de resgate de animais que sofreram algum tipo de ataque no meio ambiente ou que estavam encalhados, doentes ou machucados também tem papel fundamental em Orlando.

De janeiro a abril de 2019, por exemplo, foram resgatados pelo SeaWorld em Orlando 85 aves, 24 tartarugas e 11 peixes-bois.

SeaWorld em Orlando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O programa funciona da seguinte forma: o governo aciona o parque quando é necessário resgatar algum animal e depois de readaptados e saudáveis novamente o próprio governo decide se o animal poderá ser solto ou para onde ele irá.

É possível saber mais sobre o programa de resgate fazendo o tour Behind-The-Scenes, que falamos mais acima. Nele, dá pra ver de perto o trabalho realizado pelo parque e também conversar com os profissionais que cuidam de cada um desses animais. Dez por cento do valor do ingresso do tour é destinado ao SeaWorld & Busch Gardens Conservation Fund, que ajuda projetos no mundo todo, inclusive no Brasil.

| DICAS ÚTEIS DO SEAWORLD EM ORLANDO

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

O parque fica aberto o ano todo das 10h às 18h. Durante o verão e em feriados, o parque funciona até mais tarde.

INGRESSOS

Veja no site oficial do parque o valor dos ingressos atualizados. Se você quiser visitar também o Busch Gardens ou o Aquatica e o Discovery Cove, por exemplo, vale a pena ver quanto sai o combo que dá acesso a mais de um parque durante a viagem.

Crianças de até dois anos não pagam.

CHILD SWAP

Isso é ótimo para quem viaja com crianças pequenas. Dá para um dos responsáveis pela criança ir ao brinquedo e depois trocar com o outro sem que ele(a) precise pegar toda a fila novamente.

QUICK QUEUE

Pra quem não quer enfrentar filas, especialmente na alta temporada, vale a pena comprar o Quick Queue. Ele dá acesso prioritário às principais atrações do SeaWorld, como as montanhas-russas. Custa a partir de US$ 19 por dia.

Queick Queue  (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Falando em fila, no site do parque é possível ver o tempo médio de fila em cada atração.

Ficou com alguma dúvida sobre o parque? Deixe nos comentários!

+ Encontre seu hotel na cidade com desconto

SEAWORLD ORLANDO
7007 Sea World Drive

+ Veja mais dicas da cidade
+ Qual a melhor época pra viajar pra lá?
+ Tigris: A nova montanha-russa do Busch Gardens
+ Seguro viagem pros EUA: Por que é tão importante fazer um

*O jornalista viajou a convite do SeaWorld, mas todas as opiniões são isentas e fazem parte da sua real experiência.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *