Senado aprova projeto para reverter cobrança de bagagem

Após a decisão da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) que autoriza as companhias aéreas a cobrar os passageiros para despachar bagagem, o Senado votou na noite desta quarta (14) um projeto de decreto legislativo que derruba a decisão da agência.

Dentre as assuntos tratados na resolução, a partir de 14 de março do ano que vem, as empresas aéreas não serão mais obrigadas a oferecer gratuitamente uma franquia de bagagem, que hoje é de 23 kg para voos domésticos e dois volumes de 32 kg cada para voos internacionais (confira outras mudanças). O órgão defende uma queda nos preços das passagens e custos mais baixos para quem não despachar mala.

Senado aprova projeto para reverter cobrança de bagagem despachada (Foto via Shutterstock)

(Foto via Shutterstock)

O projeto de decreto legislativo para derrubar a nova regra da Anac foi apresentado pelo senador Humberto Costa (PT/PE) e aprovado em votação simbólica no plenário do Senado. A Casa tem prerrogativa para reverter regras de agências reguladoras, no entanto, a matéria precisa ser aprovada na Câmara dos Deputados.

* Com informações da Agência Brasil (CC BY 3.0 BR).

+ Companhia aérea começa a servir chopp durante voo
+ Empresa não checa passagem e adolescente pega voo errado
+ Como é voar na melhor primeira classe do mundo?

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *