Muita gente que acessa o blog sempre pede dicas de como planejar uma viagem sozinho. Afinal, embora pareça apenas divertido, são muitos detalhes que não podem ser deixados de lado. Um pequeno deslize pode estragar a viagem toda.

Por isso, no post de hoje e no podcast que publicamos nesta semana, iremos dar dicas práticas para você organizar a sua viagem sozinho desde a escolha do destino ao roteiro final.

COMO PLANEJAR UMA VIAGEM SOZINHO

Para ficar mais fácil, vou dividir em tópicos todas as nossas dicas de como planejar uma viagem sozinho. Se você preferir, escute o nosso podcast com ainda mais detalhes de todo esse processo de organizar uma viagem.

Dito isso, vamos aos tópicos:

DEFINA A DATA COM ANTECEDÊNCIA

O primeiro passo para organizar uma viagem é definir a data que você deseja fazê-la. Como muita gente depende da empresa para marcar as férias nem sempre isso é possível. O ideal é tentar não enrolar para conseguir comprar as passagens com melhores preços.

DEFINIR DESTINO

Este tópico tem duas questões importantes: você pode definir o destino de acordo com as suas datas ou as suas datas de acordo com o destino.

Como planejar uma viagem sozinha (Foto: Pixabay)

Por exemplo, vamos supor que seu sonho seja ir para Fernando de Noronha. Se você tiver a possibilidade de escolher diversas datas para a viagem, veja qual é a melhor época para ir pra lá e encaixe sua viagem em uma delas.

Agora, se você só tem uma data determinada, não adianta querer ir para um lugar em que só chove naquele período. Nesse caso, você precisa fazer o contrário. Pegar as datas e procurar as melhores regiões para viajar nesta época. Assim, você evita frustrações.

COLOCAR ALERTA PARA A PASSAGEM

Depois que já tiver a data e o destino, vale a pena colocar alerta em sites de buscas de passagem, como Google Flights e Skyscanner. Eles avisam quando o valor da passagem sobe e diminui. Quando tiver um data mais em aberto, pode colocar para o mês todo.

VER INFORMAÇÕES BÁSICAS DO DESTINO

Depois de já ter definido as datas, é hora de ver as informações básicas sobre o destino. É preciso fazer uma pesquisa detalhada e com bastante antecedência para não deixar nada passar despercebido.

Inclusive, é até bom fazer isso antes de comprar as passagens porque às vezes algum ponto pode fazer com que você desista de ir para aquele determinado lugar.

Dividi em tópicos para ficar mais fácil de entender:

DOCUMENTOS

Cheque sempre quais são os documentos necessários para entrar naquele destino. Se for internacional, veja se precisa de passaporte e visto ou se é possível usar apenas o RG (veja lista de países em que brasileiros não precisam de passaporte).

É importante ver também se não é preciso ter algum cuidado médico especial, como o Certificado Internacional da vacina da febre amarela.

LOCALIZAÇÃO DO HOTEL

Veja também qual é o melhor lugar para se hospedar. Não reserve nunca um hotel sem antes saber se aquela região é boa. Não caia nessa de que é um hotel “luxuoso” com um preço muito bom. Muitas vezes, ele está muito longe das atrações principais e você precisará fazer uma verdadeira viagem todos os dias para ir e voltar dele.

Outro ponto importante: nunca deixe para resolver a hospedagem em cima da hora. Pode esgotar e você não vai conseguir um bom lugar.

CULTURA E COSTUMES

Isso vale principalmente pra quem vai pra fora do Brasil. Sempre pesquise sobre a cultura do país, se pode beber na rua, como eles costumam se vestir, qual a religião, as leis principais para os turistas. Evite qualquer problema por uma falta de pesquisa prévia.

O QUE FAZER NO DESTINO E PREÇOS

Outra dica como planejar uma viagem sozinho, é pesquisar tudo o que tem para fazer no lugar. Desde as atrações principais até os restaurantes.

Nesta sua pesquisa, aproveite para ver quanto custam os ingressos para os museus, parques ou qualquer outro tipo de atração que você deseja ir. Tente ver também o valor dos pratos em alguns restaurantes. Além das passagens dos meios de transporte, como metrô e táxi.

Como planejar uma viagem sozinho (Foto: Pixabay)

Se a cidade tiver Uber, faça algumas simulações de viagens para ver quanto sairá cada uma. Assim, fica mais fácil ter uma ideia de quanto você irá gastar na sua viagem.

É muito importante também pesquisar sobre os deslocamentos: como sair do aeroporto e como ir de uma cidade pra outra caso você vá fazer isso.

GUARDE DINHEIRO

A nossa dica é sempre tentar guardar dinheiro para pagar o máximo das coisas antes da viagem. Enquanto a gente está ansioso esperando a viagem chegar, existe motivação para guardar dinheiro e pagar por ela. Depois que ela passa, você já nem lembra mais e fica triste com cada prestação.

Vale a pena se programar para pagar tudo antes. Por isso, é bom resolver tudo com antecedência. Quem gosta de dividir, pode dividir, mas com a última parcela antes do dia da viagem.

VEJA O QUE DÁ PARA COMPRAR ANTES PELA INTERNET E FAÇA RESERVAS

Enquanto estiver organizando a sua viagem, vale a pena ver o que é possível comprar pela internet. Algumas atrações dão desconto para quem compra com antecedência. Aproveite e veja no Get Your Guide, nosso parceiro, o que é possível comprar.

Faça as contas porque tem a questão do IOF do cartão de crédito para ver se vai valer a pena.

Além disso, alguns lugares podem estar muito cheios quando você for. Portanto, veja o que dá para reservar antes, como restaurantes e até museus e exposições.

SEGURO VIAGEM

Este é um item importantíssimo durante o planejamento de uma viagem. Muita gente acha que é luxo, mas um seguro pode salvar a sua viagem.

Vou dar um exemplo do Rafa, que faz o blog também. Ele viajou pro Chile e acabou se machucando enquanto esquiava no Valle Nevado. Resultado? Quebrou a coluna e precisou ficar internado em Santiago. Já imaginou se ele não tivesse seguro viagem? Teria gastado uma fortuna.

O seguro é um investimento super pequeno e a gente ainda tem dias de como você fazer para economizar ainda mais.

É só entrar no site da Seguros Promo, que funciona como um buscador dos melhores preços entre as seguradoras. No momento de efetuar a compra use o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 e ganhe 5% desconto. Se pagar por boleto, ganhe mais 5%.

TENHA UM VALOR MÉDIO PARA GASTAR POR DIA

Com o planejamento da viagem bem encaminhado, faça as contas de quanto você deve gastar por dia. Lembra aquela pesquisa dos valores das atrações e restaurantes? Chegou a hora de colocar no papel alguns preços (sem contar a hospedagem e as passagens):

  • Transporte público (metrô, ônibus);
  • Táxi e uber;
  • Principais atrações que você deseja ir (quanto é cada ingresso);
  • Alimentação (almoço, jantar, lanches intermediários);
  • Bebidas (água, suco, refrigerante durante o dia fora das refeições);
  • Compras (se vai querer fazer compras de roupas, acessórios, eletrônicos, comidinhas pra trazer pro Brasil);
  • Presentinhos (se vai querer comprar presentinhos pros amigos).

Desta forma, você consegue ter mais ou menos uma média de quanto irá gastar por dia. Por exemplo, pense que você tem R$ 300 para gastar por dia, se hoje gastar R$ 200, amanhã, você poderá gastar R$ 400. Controle bem os gastos. Pode acontecer o contrário também: hoje você gastou R$ 350. Portanto, amanhã, você só poderá gastar R$ 250.

Como planejar uma viagem sozinho (Foto: Pixabay)

MONTE UM PLANILHA COM TODOS OS DADOS DA VIAGEM

Essa é uma dica infalível de como planejar a sua viagem sozinho. Depois que você já tiver alguns dados da sua viagem, monte uma planilha simples com os dias, horários de voos, locais que você estará em que dia, nomes dos hotéis, atrações que você pretende visitar, quais você já têm ingresso e assim por diante.

Será muito mais fácil de visualizar e não fazer nada de errado. Além disso, serve até para mostrar pra imigração caso precise.

Ahh… a gente tem um modelinho de planilha. Se você quiser, comente aqui com o seu e-mail que nós mandamos pra você.

COMPRE A MOEDA AOS POUCOS

Uma dica pra quem vai fazer viagem internacional, é comprar o dólar ou o euro aos poucos. É muito difícil prever se a moeda vai subir ou cair. Sempre é bom acompanhar as notícias e o que os especialistas falam, mas se você dividir a compra, terá menos chances de ter muito prejuízo.

Outra dica é tentar encontrar casas de câmbio que entregam em casa. Vale a pena dar sempre uma pesquisada antes em sites como o Reclame Aqui e também no Banco Central para saber se a casa de câmbio é confiável. A gente sempre pede pra entregar em casa pela comodidade e segurança.

MAIS PERTO DA VIAGEM, LEMBRE-SE DE:

MONTAR A FARMACINHA

Independente de onde for viajar, não esqueça de comprar os remédios básicos (para dor de cabeça, febre, gripe, problemas de estômago, alergia…) e os que você costuma tomar. Lembre-se que nem tudo vende fora do Brasil.

Outra coisa, se for algum remédio muito específico, peça para que seu médico faça uma receita em inglês. Assim, evita qualquer problema na chegada ao país.

NA HORA DE ARRUMAR A MALA

Na hora de arrumar a mala, pesquise bastante sobre o clima e a temperatura para não errar nas roupas. Veja também se o despacho da mala está incluso na passagem. Se não, compre antes do check-in. No aeroporto costuma ser bem caro.

Bagagem de viagem (Foto: Pixabay)

Durante a viagem, tome cuidado para não ultrapassar o peso que você comprou. Se tiver como, pese a mala antes do check-in para evitar problemas.

Além disso, lembre-se de pesquisar as regras sobre a quantidade de líquidos na bagagem de mão (geralmente é no máximo 100ml), mas pode mudar de acordo com o país.

Não esqueça também de sempre deixar pelo menos uma troca de roupa na bagagem de mão para caso a sua mala despachada seja extraviada. Se for fazer conexão longa confirme se a sua mala irá direto para o destino final ou se você ficará com ela.

Se o voo for longo, tenha com você itens pessoais para usar no avião ou no aeroporto, como escova de dente e mini pasta de dente. Escove os dentes no avião com água mineral.

Outra informação MUITO importante: NUNCA despache documentos e itens pessoais como computador, câmera, celular e outros objetos valiosos.

PREPARE-SE PARA A IMIGRAÇÃO

A gente já falou bastante sobre imigração aqui no blog (veja as perguntas mais comuns), mas essa é uma dica importante: imprima todos os documentos que possam ser exigidos:

  • passagem de volta;
  • reservas de hotel;
  • passeios;
  • transfer;
  • comprovante de vínculo com o Brasil (holerite, contratos, carta da empresa);
  • seguro viagem.

Além disso, tenha o dinheiro necessário para se manter durante a viagem. Eles podem pedir para que você mostre.

PREPARE-SE PARA O VOO

Hoje em dia é bem comum fazer voos internacionais com empresas que não possuem tela individual para entretenimento.

Algumas dão o acesso através dos nossos próprios celulares, mas, na dúvida, baixe filmes e séries e também podcasts para ouvir durante o voo. Aliás, uma ótima dica é você ouvir o nosso podcast enquanto está no avião, né? kkkk.

+ Veja mais dicas
+ Como viajar mais gastando menos
+ Cupom de desconto: Seguro até 20% mais barato

Ficou com alguma dúvida de como planejar uma viagem sozinho? Deixe nos comentários!

Sobre o Autor
Adolfo Nomelini
Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Reserve seu hotel aqui
Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.