Dicas de Copenhagen, na Dinamarca: O que é bom saber antes de ir

Se você está à procura de dicas de Copenhagen, na Dinamarca, está no lugar certo. Nós passamos alguns dias na cidade e neste post falamos sobre a nossa experiência por lá com informações sobre preços, clima e atrações.

DICAS DE COPENHAGEN

Copenhagen é a capital e a maior cidade da Dinamarca. Com mais de 1 milhão de habitantes, ela possui diversas atrações turísticas, como museus, restaurantes, além de passeios pelos canais. Apesar de ser bem fácil para um turista andar por lá, é preciso prestar atenção em alguns detalhes. Por isso, separamos diversas dicas de Copenhagen para deixar a sua viagem ainda mais tranquila.

Dicas de Copenhagen (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

| MOEDA E PREÇOS

Já que o post é sobre dicas de Copenhagen, vamos logo falando de um assunto bem importante durante uma viagem por lá: o dinheiro.

A moeda da Dinamarca é a coroa dinamarquesa. No site do Banco Central, é possível fazer a conversão em tempo real.

Os preços em Copenhagen são bem salgados. Uma cerveja, por exemplo, pode custar quase 40 reais em um bar e uma coca chega a 25 reais. Já o smørrebrød, tradicional sanduíche aberto, também pode sair por 40 reais dependendo do lugar. No supermercado, uma coca-cola de 500 ml custa cerca de 13 reais.

Uma boa dica para gastar menos é essa mesmo: frequentar supermercados. São vários espalhados pela cidade. Alguns deles são mais populares. Então, fica mais fácil para encontrar produtos em conta.

 

| PAPEL MOEDA

Assim como na Suécia (já contamos aqui no blog), é cada vez mais difícil usar o papel moeda na Dinamarca. Muitos lugares só aceitam cartão. Nós mesmos nem vimos notas de coroas dinamarquesas. Então, a dica é tentar levar um cartão pré-pago para poder usar durante a sua passagem por Copenhagen.

+ Encontre seu hotel na cidade com descontos de até 50%

 

| RECICLÁVEIS

Assim como em diversos países da Europa, os dinamarqueses levam muito a sério a questão da reciclagem. Em alguns supermercados, é possível levar os itens, como garrafas e latas, por exemplo, e colocar em uma máquina. Depois, de acordo com a quantidade de material, a própria máquina libera um ticket com um valor em dinheiro que pode ser consumido no próprio supermercado. Nós, por exemplo, trocamos alguns itens como uma escova de dente usando este benefício.

O país também possui uma ação para que todos os alimentos vencidos que possam ainda ser utilizados sejam revendidos por um preço bem menor.

 

| BICICLETAS

Prepare-se para ver muitas bicicletas. Até mesmo a princesa Marie leva seus filhos de bicicleta pra escola. Foi durante a crise do petróleo, em 1973, que o governo deu um maior estímulo ao uso das bicicletas. Desde então, os dinamarqueses usam cada vez mais este meio de transporte. O mais legal é que os ciclistas se respeitam e possuem códigos próprios para avisar quando irão parar ou fazer qualquer outra coisa no trânsito. Além de terem leis que devem seguir.

Dicas de Copenhagen (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Copenhagen foi a cidade com mais bicicletas que eu já visitei, inclusive mais do que Amsterdam. Mais de 60% da população utiliza este meio de transporte para ir ao trabalho ou à escola. Por isso, a cidade possui diversas ciclovias e muitos espaços dedicados às bicicletas.

 

DESCONTO NO SEGURO OBRIGATÓRIO NA EUROPA
Brasileiros são obrigados a contratar um seguro viagem na maioria dos países da Europa. Além de poder ser exigido na imigração, com ele você viaja tranquilo em caso de imprevistos de saúde, atrasos ou cancelamentos de voos. O Rafa já fraturou a coluna no exterior e precisou ser transferido de helicóptero. Já imaginou quanto custaria se ele não tivesse seguro? Sugerimos que você faça a cotação no site da Seguros Promo, que é um buscador para encontrar o melhor preço. Use o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 e ganhe 5% de desconto, que pode chegar a 10% se você pagar no boleto.

 

 

| CLIMA

Entre as dicas de Copenhagen, é bom falarmos do clima, né? Nós fomos no final da primavera e pegamos lindos dias de sol e calor. Do final de maio a agosto, os dias são mais agradáveis, além de ficar claro até bem tarde. Nessa época, as temperaturas costumam chegar aos 20 graus de máxima e mínimas de 13. Confesso que a sensação que eu tive enquanto estive por lá foi de uma temperatura bem mais alta. Janeiro é o mês mais frio do ano.

+ Encontre seu hotel na cidade com descontos de até 50%

Dicas de Copenhagen (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

| TRANSPORTE SEM CATRACA

Entre as dicas de Copenhagen, essa é uma das mais importantes. Nós estamos acostumados a sempre passar por alguma catraca ao usar qualquer transporte público aqui no Brasil. Em Copenhagen isso não acontece. No metrô, por exemplo, não há catracas. É preciso validar o bilhete antes de entrar. Caso não faça isso, se um fiscal passar e pedir pra ver o bilhete, será necessário pagar uma multa.

 

| VAGÃO DO SILÊNCIO

Isso é mais uma curiosidade do que uma dica em si. Em Copenhagen, há uma parte de um vagão no metrô que é chamado de vagão do silêncio. Ele é separado por portas de vidros. Quem entra nele, não pode fazer barulho nem usar o celular. Será que daria certo no Brasil?

Dicas de Copenhagen (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

| CHRISTIANIA

Quem for pra Copenhagen tem que aproveitar para conhecer Christiania, um território livre que fica dentro da cidade e que possui leis próprias. Foi nos anos 70 que um grupo de hippies e artistas ocupou como um protesto ao governo um espaço abandonado que antes era usado por militares. Atualmente, Christiania possui cerca de mil moradores. Lá, é fácil encontrar pessoas vendendo maconha e diversos acessórios para o seu consumo.

Dicas de Copenhagen (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

| SANDUÍCHE

Como já dissemos, tudo em Copenhagen é bem caro. Então, comer também não costuma ser nada barato. De toda forma, não deixe de experimentar o smørrebrød, um sanduíche aberto delicioso que é muito tradicional no país. São diversos sabores e preços. Nós comemos o de tartar e estava delicioso. Uma sugestão é ir ao Torvehallerne, que é um mercado bem legal. Lá é possível encontrar o sanduíche, além de diversos outros itens.

Dicas de Copenhagen (Foto: Esse Mundo é Nosso)

 

| COPENHAGEN CARD

Para encerrar nossas dicas de Copenhagen, uma boa forma de economizar na cidade é usando o Copenhagen Card. O cartão possui 86 atrações inclusas, além de trasporte gratuito na cidade. É possível comprar o cartão pela internet e em alguns pontos de venda. Há opções de 24h, 48h, 72h e 120h. Os preços variam de 54 euros a 121 euros (valor de outubro de 2018). Pra saber se irá compensar pra você, vale colocar na ponta do lápis quais atrações você deseja ir e o preço de cada uma delas. Nós usamos o cartão para ir a alguns museus e palácios e para o tour pelos canais. Fomos ainda ao Museus do Guinness Book, fizemos o passeio pela Carlsberg, visitamos o Tivoli (os brinquedos não estão inclusos), subimos na Torre da Prefeitura e fomos à Torre Redonda.

Dicas de Copenhagen (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Tem outras dicas de Copenhagen, na Dinamarca, ou ficou com alguma dúvida? Deixe pra gente nos comentários!

+ Encontre seu hotel na cidade com descontos de até 50%
+ Veja dicas do que fazer por lá
+ O que esperar da visita a Carlsberg
+ Veja todas as dicas da cidade

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *