Dicas de Paraty: O que é bom saber antes de ir

Se você precisa de dicas de Paraty para planejar a sua viagem pra lá, não pode deixar de ler este post. Fomos recentemente até a cidade e colocamos aqui as respostas pras principais dúvidas que tivemos enquanto estávamos organizando a nossa viagem.

Como chegar, qual a melhor época para ir, onde se hospedar e o que fazer são algumas das dicas que você encontrará por aqui. Dá só uma olhada!

DICAS DE PARATY: O QUE SABER ANTES DE IR

| COMO FAÇO PRA CHEGAR EM PARATY

Paraty (RJ) está localizada a cerca de 250 km do Rio de Janeiro e 270 km de São Paulo. Dá para chegar na cidade de carro tanto partindo da capital paulista como da capital fluminense geralmente utilizando a rodovia Rio-Santos.

Dicas de Paraty (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Pra quem quiser ir de ônibus, do Rio a Paraty são vários horários durante todo o dia pela empresa Costa Verde: 4h, 7h, 9h, 11h, 12h, 14h, 16h, 18h e 21h. O trajeto dura cerca de 4h30. Veja os horários atualizados no site da empresa.

Já de São Paulo a Paraty a empresa que opera é a Reunidas Paulista. A viagem dura cerca de 6h . Os horários dos ônibus são 8h, 10h, 12h15, 16h e 22h. É bom checar antes no site da empresa se não houve alteração.

+ Restaurantes: Onde comer por lá
+ O que fazer no centro histórico

| QUAL A MELHOR ÉPOCA PRA IR PRA PARATY

Nós já fizemos um post contando em detalhes a melhor época pra ir pra Paraty com alta e baixa temporada, eventos e clima, mas vou resumir aqui também.

O verão costuma ser quente e chuvoso, já o inverno é mais seco e tem alguns dias de frio. O período com mais pancadas de chuva é de dezembro a março. Já o mais seco, vai de maio a outubro. A gente foi no começo de maio e pegou dias bonitos e mar com temperatura agradável.

A alta temporada vai de dezembro ao carnaval (período com mais pancadas de chuva) e também durante as férias de julho. De de maio a outubro (exceto julho) é a época mais tranquila e com os hotéis mais em conta (veja opções de hospedagem com desconto). Lembrando também que em feriados a cidade costuma ficar cheia, assim como quando há grandes eventos como a FLIP (Feira Literária de Paraty), que acontece geralmente em junho, e o Bourbon Festival, em maio.

| ONDE É O MELHOR LOCAL PARA SE HOSPEDAR EM PARATY

Essa é uma das dicas de Paraty que é muito importante para quem quer viajar pra cidade. A melhor região para se hospedar é no centro histórico ou perto dele. Isso porque com certeza você irá passar várias pelo centro durante o dia e também à noite, já que os principais restaurantes da cidade estão localizados lá. Então, vale a pena sim ficar nesta região pela comodidade principalmente à noite. Aliás, a gente fez um post bem completo falando sobre o centro histórico de Paraty.

O que fazer em Paraty: Hotel Boutique Carpe Diem (Foto: Divulgação)

A gente ficou no Carpe Diem Hotel Boutique, que é super bem localizado (do lado do centro), charmoso, tem piscina e um café da manhã bem gostoso. O hotel fica num antigo casarão de Paraty. Muito agradável.

| É UMA VIAGEM CARA?

Na alta temporada, os preços dos hotéis e dos restaurantes costumam ser mais altos, assim como dos passeios. De toda forma, dá para fazer algumas coisas sem gastar tanto, como andar pelo centro histórico.

Dicas de Paraty (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Centro histórico de Paraty

Na baixa temporada, além de hospedagem mais em conta, os restaurantes também dão descontos nos pratos (alguns chegam a cobrar até 50% a menos), além da cidade estar muito mais agradável para passear.

| TEM PRAIAS BONITAS NA CIDADE?

Entre as dicas de Paraty, essa não poderia faltar. Perto do centro histórico, não há praias muito bonitas. A Praia do Pontal, que não é própria pra banho, tem uns quiosques para beber alguma coisa.

Dicas de Paraty (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Pontal

Já a Praia do Jabaquara fica um pouco mais longe, mas dá pra ir andando a partir do centro histórico. Lá dá para entrar no mar e praticar esportes, além de aproveitar o dia num bar com pé na areia. Claro que não é a praia mais linda de Paraty, mas dá para curtir sem ter que ir tão longe.

| TEM MUITOS PASSEIOS?

Paraty tem muitos tipos de passeios. O ideal é ir em alguma agência na cidade para saber quais tours estão disponíveis e escolher os que mais combinam com você. São diversos passeios de barco, de escuna, de lancha e de bicicleta, além de tours por cachoeiras, alambiques e pelo centro histórico.

Os passeios de escuna duram 5h e têm, em média, quatro paradas (duas praias e duas ilhas), cada uma delas com cerca de 30 minutos de duração. Entre as principais paradas estão a Ilha do Algodão, Ilha da Cotia, Saco da Velha, Praia da Conceição, Praia da Lula, Lagoa Azul, Ilha Comprida e Praia Vermelha.

Saco do Mamanguá (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Saco do Mamanguá (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Outra opção é fazer um tour com lancha privativa. Nós fizemos com a Palombeta. Foi uma experiência incrível porque conseguimos conhecer vários lugares lindos da Baía de Paraty e podemos ficar o tempo que desejamos em cada um deles. A gente passou pela Ilha da Bixiga, Praia do Jurumirim, Ilha do Mantimento, Praia Vermelha, Ilha da Pescaria, Ilha dos Cocos, Saco do Mamanguá, Praia do Cruzeiro, Saco do Mamanguá e Ilha Comprida. Tudo vai de acordo também com as condições do clima no dia.

Dicas de Paraty (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Ilha da Pescaria
Dicas de Paraty (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Ilha dos Cocos

Pra quem gosta de cachoeiras, muitas agências oferecem um jeep tour com destino ao Parque Nacional da Serra da Bocaína. Os tours passam por cachoeiras como a da Pedra Branca, do Tobogã e Poço do Tarzan. Ainda há uma parada pelo Alambique Pedra Branca e Engenho D’Ouro.

+ Quando ir: A melhor época para curtir a cidade
+ Restaurantes: Dicas de onde comer
+ Centro histórico: O que fazer por lá

Além disso, vale a pena reservar um dia para ir a Trindade. Não precisa de agência, dá pra ir pra lá de ônibus comum que sai da rodoviária e é baratinho. A viagem dura menos de 1h. Lá, dá para conhecer a Praia do Meio, a Praia do Caixa D’Aço (ou Caxadaço), as piscinas naturais (que estavam absurdamente lotadas) e a Praia do Cepilho. A Praia do Sono também é muito famosa, mas não conhecemos.

Dicas de Paraty (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Trindade

Esses são apenas alguns dos passeios e tours disponíveis em Paraty. Tem até aulas de culinária e teatro de bonecos. Aliás, não esqueça de reservar um tempinho para aproveitar o centro histórico (temos um post bem completo com as principais atrações de lá).

| QUANTOS DIAS É O IDEAL PARA CONHECER PARATY?

O ideal é ficar pelo menos 3 ou 4 dias inteiros em Paraty para conseguir conhecer o centro histórico com calma, fazer um passeio pelas praias mais distantes, o que vai ocupar um dia todo, além de reservar um tempo para as cachoeiras. Vale a pena também reservar um dia para ir até Trindade, que fica a cerca de 1h de Paraty.

| DÁ PARA IR COM CRIANÇAS?

Dá para ir com crianças, mas lembre-se destes detalhes: se a criança for muito pequena e precisar de carrinho, não é nada fácil andar pelas pedras do centro histórico. Além disso, não esqueça que para chegar às principais praias é preciso fazer passeios de barco.

Tem mais dicas de Paraty ou ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários!

+ Veja todas as nossas dicas da cidade
+ Restaurantes: Onde comer por lá

+ Centro histórico: Dicas do que fazer
+ Quando ir: A melhor época para curtir o destino

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *