O que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora, em Maraú

A Península de Maraú, na Bahia, é um destino cada vez mais procurado pelos brasileiros. E não é à toa. Por lá, a gente encontra praias lindas, bons restaurantes e aquela vibe que só a Bahia tem. Por isso, para te ajudar a definir o que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora, principais pontos da península, fizemos uma lista com várias dicas.

O QUE FAZER EM BARRA GRANDE E TAIPU DE FORA

Antes de falarmos o que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora, vamos explicar melhor… Barra Grande é a entrada para a Península de Maraú. A vila, toda de areia, é o melhor lugar da região para passar a noite. Embora tenha o charme de uma vilinha rústica de praia, há bastante estrutura com bons hotéis, restaurantes e supermercados com bons preços.

+ Encontre seu hotel na cidade com descontos especiais

Para chegar até lá, o ideal é ir até Camamu (1h de Itacaré) de carro ou ônibus (é bem fácil pegar ônibus para lá) e depois uma lancha por cerca de 30 minutos. Depois disso, pronto! Você estará no paraíso! Se ficou com alguma dúvida sobre como chegar em Maraú, veja mais informações neste outro post.

Dito isso, vamos finalmente à lista com o que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora.

| AS PRAIAS

As principais praias da região são a Ponta do Mutá, a Praia dos Três Coqueiros, Praia da Bombaça, Taipu de Fora, Praia do Cassange, Saquaíra e Algodões.

A Ponta do Mutá fica ao norte da Península e é onde o mar encontra o rio Camamu. Dá para chegar lá andando. Só é importante ficar atento para fugir da maré cheia na hora de andar pelas areias. É nesta praia que estão as principais barracas no melhor estilo beach club com direito até a uma unidade do Café de La Musique. É também o melhor lugar para curtir o pôr do sol, como falamos mais abaixo.

O que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Para chegar à Praia dos Três Coqueiros é seguir a areia e passar por uma pequena trilha. Como está mais distante do centro, a praia é mais vazia. É possível chegar até ela andando pelas ruas da vila. Não tem tantas barracas de praia, mas há alguns bares como o Muqueca Bar, que serve boas moquecas por um preço ótimo. Aliás, ele é bem mais frequentado pelos moradores da região.

O que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Também dá para chegar à Praia da Bombaça andando. Ela é ideal para gosta de um praia bem vazia para relaxar. Vale levar toalha e canga, já que não há estrutura com bares e barracas.

+ Encontre seu hotel na cidade com descontos de até 50%

A praia de Taipu de Fora é mais distante. É preciso ir até ela usando táxi, mototáxi ou quadriciclo. O grande charme de Taipu são as piscinas naturais (falamos mais delas no próximo tópico), mas a praia em si já é linda. Dá para curtir um dia de praia e recuperar as energias no Buda Beach Club e no Bar das Meninas.

O que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Quem tiver tempo, ainda pode conhecer a Praia do Cassange, boa para banho e prática de esportes, Saquaíra e Algodões.

| PISCINAS NATURAIS

Na hora de definir o que fazer em Barra Grande, não esqueça de incluir as Piscinais Naturais de Taipu de Fora. Localizada a cerca de 5km de Barra Grande, a praia de Taipu de Fora possui 3,5km de extensão com cerca de 1km de piscinas naturais.

É importante pesquisar antes de ir como estará a tábua das marés, já que as piscinas com água transparente e areia brancas se formam durante a maré baixa.

O que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Uma dica: durante as luas cheia e nova, a baixa da maré é maior e as piscinas ficam ainda mais bonitas.

Para chegar em Taipu de Fora, será necessário alugar um quadriciclo ou pegar um mototáxi ou táxi. Dá também para fechar um passeio em alguma agência de viagem em Barra Grande.

Pra quem quiser pegar as piscinas bem vazias, dá para dormir por lá. A Pousada Taipu de Fora é uma excelente opção.

| PASSEIO PELAS ILHAS

Outra dica do que fazer em Barra Grande é aproveitar um passeio de barco pelas ilhas da Baía de Camumu. O tour geralmente passa pela Ilha da Pedra Furada, Campinho, Sapinho, Ilha do Goió e Ilha Grande. Existem agências na vila de Barra Grande e os hotéis também costumam organizar os tours.

| A VILA

A vila de Barra Grande é um charme. Toda de areia, o ritmo por lá parece ser outro. Não existe estresse nem correria. Durante o dia, a dica é curtir as praias, mas à noite, as lojas e restaurantes abrem e o agito fica pela vilinha. Mas é um agito tranquilo com famílias e jovens dividindo mesas, bebendo cerveja gelada e experimentando pratos típicos com música ao vivo.

Aliás, a gastronomia de Barra Grande anda com tudo. Há lanchonetes estilizadas que servem hambúrguer artesanal, tem um café todo charmoso, rodízio de pizza e massas por um preço camarada, pratos executivos com moqueca e carne de sol, restaurante italiano e até tailandês. Pra quem quer economizar, dá para comer um sanduíche na padaria ou em algum trailer. Também tem barraquinhas com pastel, yakissoba e, claro, acarajé.

Na vila, tem ainda alguns mercadinhos com preços justos. Ideal para comprar bebidas e até comidinhas para levar pro dia de praia.

| PÔR DO SOL

Se você está procurando o que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora, coloque o pôr do sol no topo da lista. A Ponta do Mutá é a praia ideal para curtir o final do dia. Além de ter barracas e beach clubs lindos, de lá dá pra ver o sol sumir entre as águas. Um show inesquecível da natureza.

+ Encontre seu hotel na região com descontos de até 50%

O que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Pesquise o cardápio de todas as barracas. Dá para ter um ótimo custo-benefício com boa música e preços justos para bebidas e comidas. Quem gosta do Cafe de la Musique, eles estão presentes na Ponta do Mutá. O Ôh Bar e o Mucama também são excelentes opções.

| RIO

Além de curtir o mar, há muito o que fazer em Barra Grande. Não deixe de ir às margens do Rio Carapitangui, onde está localizado o famoso Bar da Rô. Além disso, é possível praticar alguns esportes, como o stand up paddle.

O que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora (Foto: Esse Mundo é Nosso)

| QUADRICICLO

Uma das melhores formas de conhecer Barra Grande e Taipu de Fora é alugando um quadriciclo para passar o dia. Nós alugamos na nossa própria pousada, a Barra Trip. Eles fizeram um precinho especial pra gente, mas dá para alugar também nas agências. Esta é uma das melhores formas de se chegar a Taipu de Fora e curtir as piscinas naturais.

O que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Com o quadriciclo, a gente foi até Taipu para curtir um pouco a praia. Depois, passamos pelo Farol, de onde se tem uma linda vista das praias. Lembre-se de que não é permitido subir com o quadriciclo até a parte mais alta. Informe-se sobre isso com a sua pousada ou na hora de alugar o veículo.

Depois ainda aproveitamos para curtir um pouco a Lagoa Azul e também a Lagoa da Cassange. No fim, fomos com o quadriciclo até a Ponta do Mutá, onde curtirmos o pôr do sol. Valeu muito a pena!

| ONDE FICAR

A dica pra quem vai pra Maraú é ficar hospedado em Barra Grande. Lá, há diversas opções de hotéis. No já ficamos na Pousada Barra Trip (veja valor das diárias com desconto), que tem um bom custo benefício e está localizada a cerca de 10 minutos da vila, e também na Galeria & Suites Tent Beach (veja valor das diárias com desconto), bem no coração da vila, pertinho de tudo.

O que fazer em Barra Grande e Taipu de Fora (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Pra quem quiser passar pelo menos uma noite já em Taipu de Fora, a gente se hospedou na Pousada Taipu de Fora (veja o valor das diárias com desconto), que é ótima e fica bem de frente pras piscinas naturais. Vale a pena para quem quer se desligar e relaxar com o pé literalmente na areia.

+ Veja o valor das diárias com desconto

+ Confira todas as nossas as dicas da região
+ Saiba tudo sobre as piscinas naturais
+ Melhores praias; veja nossa lista
+ Onde ficar em Maraú

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *