O que fazer na Cidade do México de acordo com quantos dias você tem

A Cidade do México é uma das metrópoles mais fascinantes da América Latina. Confusa e caótica, ao mesmo tempo é um destino surpreendente e cheio de atrações.

Infelizmente muita gente apenas visita a capital mexicana de passagem, seja com destino às praias do Caribe, como Cancún, ou rumo aos Estados Unidos. Neste post mostramos que há muito o que fazer na Cidade do México, em roteiros pensados de acordo com o número de dias que você tem na cidade.

+ Reserve seu hotel na capital mexicana com cancelamento grátis

O QUE FAZER NA CIDADE DO MÉXICO

 

APENAS 1 DIA

Se você tem apenas um dia na Cidade do México ou está de passagem numa conexão, o melhor é conhecer o lindíssimo Centro Histórico. Passear pelos arredores do Zócalo, a principal praça da cidade, pelas ruas repletas de prédios de arquitetura colonial espanhola, subir no mirante da Torre Latinoamericana e conhecer o Palácio de Bellas Artes são um programão. Considere ir de metrô e desembarque nas estações Zócalo ou Bellas Artes.

VAI PARA O MÉXICO?
Encontre o melhor preço no Seguro Viagem e viaje sem contratempos.
O Seguro Viagem é barato e um grande aliado para evitar dores de cabeças com extravio de bagagem, atrasos de voos e problemas de saúde, já que um atendimento médico fora do Brasil pode custar milhares de dólares.

 

Centro Histórico da Cidade do México (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Se preferir, pode ir direto ao Museo de Antropologia, o principal da capital mexicana, no Bosque Chapultepec.

 

 

2 A 3 DIAS

Com mais dias na cidade, procure visitar uma das atrações mais procuradas, que na realidade fica fora da capital: as Pirâmides de Teotihuacan. A melhor forma é procurar um dos vários tours oferecidos pelas agências.

+ Saiba tudo sobre as Pirâmides de Teotihuacan

Teotihuacan, México (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Você se lembra das transmissões de lutas chamadas de Telecat exibidas na TV brasileira? Então que tal combinar com as pirâmides uma experiência única numa arena de luta livre? A diversão é garantida. Veja todas as dicas para assistir a uma apresentação.

Luta Livre na Cidade do México (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Com ainda mais tempo, visitar o Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe também está entre as atividades mais procuradas (saiba como chegar).

Basílica de Guadalupe (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Ainda no roteiro de três dias, você pode conhecer a sofisticada e animada área do Paseo La Reforma, na Zona Rosa, e o lindo Bosque Chapultepec, onde dá pra combinar com o Museo de Antropologia.

Bosque Chapultepec, Cidade do México (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

 

MAIS DE 3 DIAS

Como você tem bastante tempo na Cidade do México – o que é ótimo – dá pra visitar alguns lugares fora do roteiro “basicão”, como o histórico distrito de San Ángel, ou passear nos coloridos barcos de Xochimilco.

San Ángel, Cidade do México (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Dá tempo ainda de circular pelas áreas comerciais, como o moderninho bairro de Polanco ou conhecer ainda mais cada cantinho da descolada Zona Rosa.

Um passeio super legal é conhecer Puebla, uma preservada e incrível Cidade Histórica a uma hora e meia da Cidade do México. Pertinho dali fica Cholula, aos pés do imponente vulcão Popocatépetl. Se puder, durma por ali ao menos uma noite. O centro de Puebla é charmoso, cheio de lojinhas e restaurantes.

Puebla - México (Foto: Esse Mundo É Nosso)

+ Onde ficar na cidade: Hotéis avaliados por hóspedes

+ Confira todas as dicas da capital mexicana

 

Booking.com

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

23 Comments

  1. ELIZABETH COSENZA disse:

    Oi Sandra! Só agora vi sua mensagem. Ainda dá tempo?

  2. Ingrid Aviz' disse:

    Bom dia!

    Gostaria do contato do guia que fala portugues, Jesus, mencionado acima.

    desde já agradeço

  3. Taísa disse:

    Olá Elizabeth, boa noite!
    Gostaria que me passe por e-mail o contato do Guia Jesus, citado a cima! [email protected]

  4. Paulo Rodrigues disse:

    Ótimo post!

    Chego dia 30/08 permaneço na cidade do México até 04/09.

    Vou sozinho “como sempre”

  5. sandra dresch marques disse:

    Olá Elisabeth Consenza,

    Sou Sandra Marques de Porto Alegre. Terias como entrar em contato comigo. [email protected] Estou tentando montar um passeio aos sitios arqueológicos no méxico e a sua capital. Vi que conheceram um guia bom por lá. Pode me dar a indicação dele?? Viajo sozinha e estou vendo qual a melhor época e mais segura para viajar ao País.
    Agradeceria qualquer dica.Há..se alguém precisar tenho dicas sobre o PERU, mais precisamente Cuzco, Macchu Picchu e Nazca. Abraços.

  6. Manoel disse:

    Gostaria de contatar um guia turístico privado para uma viagem ao México em setembro. favor responder pelo e-mail [email protected]

  7. Liana Gomes de Almeida Oliveira disse:

    Olá Elizabete!!Pretendo ir para a Cidade do México em maio e gostaria do contato do guia Jesus.Se puder também me passar suas dicas de roteiro,hospedagens e tudo que puder me ajudar agradeço.
    Um abraço

    • ELIZABETH COSENZA disse:

      Liana, não consigo deixar resposta para você. Caso queira, tente de novo, deixando um email prá onde eu possa enviar as informações que me pediu.

    • ELIZABETH COSENZA disse:

      Olá, Liana. Vamos conversar num canal mais privado. Aí te passo tudo que eu tiver. E-mail?

      • Helena Mendes disse:

        Elizabeth, estarei com meu marido na Cidade do Mexico dia 8 de abril por uma semana e gostaríamos de um guia em português.

        Você poderia nos indicar?

        obrigada,

  8. Ivan Euler disse:

    Alguém conseguiu o contato de um guia de turismo para a cidade do méxico?
    Vou ficar apenas um dia na cidade e eu também gostaria do contato de um guia para me levar em alguns lugares e me deixar no aeroporto. Quem tiver o contato de um guia e poder me passar agradeço , [email protected]

  9. manuel dias disse:

    ALGUEM CONSEGUIU O CONTATO DO GUIA TURISICO JESUS QUE FOI CITADO AI POR ALGUNS. ESTOU PRECISANDO DE UM GUIA PRA CONTRATAR LA E NAO CONSIGO NADA, SE ALGUEM TIVER POR FAVOR MANDE NO MEU EMAIL : [email protected] .

  10. Aldeide Jales disse:

    Ola Elizabeth,

    Estou ansiosa por dicas para o Mexico, principalmente porque vou com meus filhos de 11 e 16 anos… preciso de um guia para alguns passeios, com serviço privado… e não consigo informaçoes em sites com dicas e contatos de guias…. poderia entrar em contato comigo pelo meu email? [email protected] estou a sua espera… muito obrigada

  11. M. Nelson Bezerra disse:

    Pediria para sra. ELIZABETH FARIA AMARAL COSENZA passar contato do Guia turismo JESUS. Meu e-mail é : [email protected]

  12. ELIZABETH FARIA AMARAL COSENZA disse:

    Oi, Aldeide Jales. Estou providenciando o contato do Jesus para você. Tenho várias dicas, se interessarem a você. Hotel, localização, todas estas coisas. Você tem um jeito mais reservado de eu lhe passar esta informação?

  13. ELIZABETH FARIA AMARAL COSENZA disse:

    Estive na Cidade do México em setembro de 2016 e amei cada minuto que passei lá. É um lugar impressionante, enorme e fundeado em culturas pré hispânicas absolutamente formidáveis. Não tive problema no hotel ( a não ser o ar condicionado que esfriava menos do que o desejado), nos traslados, nos passeios. Passei lá 7 dias e, antes de ir, li exaustivamente todos os blogs que encontrei e estabeleci um roteiro que deu prá seguir. Éramos um grupo de cinco pessoas e, por causa disto, precisávamos de carros grandes. Foi assim que conhecemos Jésus, que nos guiou em todos os passeios e foi ótimo.Recomendo muito, mas para quem, como eu, gosta de viajar para lugares onde se tem o que ver em termos de história e cultura. Ao contrário de algumas opiniões que li aqui, recomendo muito. É uma cidade maravilhosa, um povo hospitaleiro (embora formal, acreditam?), que têm muita história prá contar. A segurança é uma questão delicada como em qualquer cidade grande do mundo inteiro. A mala da minha prima foi roubada no saguão do hotel na Dinamarca. É a gente fazer as coisas com cuidado e inteligência. E aproveitar muito. É bárbaro!

    • Aldeide Jales disse:

      Ola Elizabeth, poderia me passar o contato do guia Jésus, estou indo em janeiro com meus filhos para a cidade do mexico e gostaria de contratar um guia….

  14. Eliene disse:

    Todos os paises são iguais nada de diferente que França,Portugual,Espanha , Brasil.São todos iguais só muda o endereço,e quando se vai a um pais vc tem q conhecer um pouco dele,pegar taxi em qualquer pais tem q ser num local onde há seguridade, no Brasil se pegar em qualquer lugar e não se sabe q é seguro vc é asaltada,principalmente nas rodoviarias,andar no centro historico de São Paulo jamais pois é uma cracrolandia, tenho certeza q vc não viu drogados pelas ruas se drogando,uma pena q vc não soube aproveitar México moro aqui ando por tudo e me sinto segura,nunca vi drogados nem tirotei como há no rio em são paulo na bahia,uma pena q não teve sorte é um pais interessante com uma cultura incrivel.Vale a pena conhecer.

  15. Adilson disse:

    Se o mexicano vier aqui no brasil.rj…kkkkkk pode nen voltar vivo…quanta frescura….paranoica…kkkkk

  16. Benrique disse:

    Como sempre… os posts aqui são fantásticos!
    A Cidade do México é uma opção de viagem completíssima e cabe dentro do orçamento perfeitamente, graças ao câmbio favorável pra nós.
    Existem muitas atrações e a cidade é extremamente moderna e segura.

    Escrevi no meu blog – http://www.viagemabordo.com/2016/06/08/7-motivos-para-conhecer-cidade-do-mexico/
    7 motivos para conhecer a Cidade do México.

    Abraço a todos!

  17. Fernanda disse:

    Entao, Rafael! Tb sou mineira consultei suas dicas antes de embarcar pra cidade do mexico. Ate estava empolgada, vim c minha mae (79) pra visitarmos a Basilica de Guadalupe! Valeu muito a pena ir a basilica, assistir a missa. No mesmo dia fomos as piramides! Contratamos um guia excelente q nos levou c seguranca e conforto. Dpois disso foi uma tortura interminavel. Fiz todos esses passeios. Bonito aqui. Mas o custo/beneficio na minha opiniao nao compensa. Se eu pudesse dar um conselho, falaria: NAO VENHA. No hotel q fiquei hospedada, fui pagar o cafe da manha c meu cartao de credito, eles falaram q tinha sido recusado, pagamos c outro cartao. Mas o fato eh q desesperada achei q meu cartao tivesse sido clonado. Fiquei a manha toda liganfo para o visa e eles falaram q foi debitado do meu cartao sim. No hotel a maioria atende mal, mesmo problema nos restaurantes. Os taxis sai pessimos, um quebrou na volta do museu da Frida e nos deixou no meio do caminho. Ate conseguir outro taxi foram momentos q passamos medo. No penultimo dia fui trocar folar por peso numa casa de cambio! E bingo: me passaram algumas notas falsas. Ou seja, Mexico nunca mais, nunca mais wiero crizar c um mexicano. Se medmo assim redolverem conhecer essa terra, tomem muito cuidado. Foi a PIOR VIAGEM DA MINHA VIDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *