Vinícolas do Valle de Colchagua, no Chile: Roteiro pela região

As vinícolas do Valle de Colchagua deram fama à essa região na Zona Central do Chile e a transformaram num dos melhores destinos pros amantes de vinhos que visitam o país.

Essa área de paisagens lindas tomadas pelos parreirais fica a apenas 180km de Santiago e, como contamos mais abaixo, a melhor cidade para montar base é Santa Cruz, onde nos hospedamos. Nesse post falamos dos locais que visitamos e também sobre como chegar e onde ficar.

VINÍCOLAS DO VALLE DE COLCHAGUA, CHILE

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Santa Cruz (Foto: Esse Mundo É Nosso)
Viña Santa Cruz

| SANTA CRUZ

A principal base pra quem quer conhecer as vinícolas do Valle de Colchagua é a cidade de Santa Cruz, que fica na Região de O’Higgins, no centro do país. Apesar de pequena, é uma cidade bem simpática e com alguns atrativos turísticos que vão além dos vinhos, como o incrível Museo Colchagua.

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Santa Cruz (Foto: Esse Mundo É Nosso)
Cidade de Santa Cruz

Nós nos hospedamos bem no coração da cidade, na Plaza de Armas, no charmoso Hotel Santa Cruz Plaza, um prédio colonial que parece cenário de filme. Nós adoramos! Mas existem algumas outras boas opções por aqui (veja hotéis com descontos).

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Santa Cruz (Foto: Esse Mundo É Nosso)
Hotel Santa Cruz Plaza

| COMO CHEGAR AO VALLE DE COLCHAGUA

Nós voamos com a GOL de São Paulo a Santiago e depois seguimos por cerca de 180km até a cidade de Santa Cruz. Para fazer esse trajeto há várias opções, é só escolher a que mais combina com você:

ALUGUEL DE CARRO: Sem dúvida é a forma mais cômoda e independente pra visitar as vinícolas do Valle de Colchaga. Você ter a liberdade de fazer o seu roteiro, além de dirigir por paisagens bem bonitas. Nós sugerimos que você faça a cotação no site da Rentcars, que é um buscador que encontra os melhores preços entre as principais locadoras do Chile. Por ser um serviço do Brasil, você pagará em reais, sem IOF e também pode parcelar em até 12x. Dá pra fazer tudo online mesmo e nós sempre usamos nas nossas viagens.

AGÊNCIAS: Muitas agências também fazem esse trajeto, o que acontece é que normalmente o roteiro é mais fechado e você terá que visitar as vinícolas que já estejam na programação. Uma das que recomendamos é a Sousas Tour.

ÔNIBUS: Dá pra ir de ônibus de Santiago até Santa Cruz. Os veículos partem do Terminal Sur (Alameda) em vários horários diariamente. Você pode consultar no site da Nilahue. O único porém fica pelo fato de, já no Valle, ter que contratar um táxi ou até mesmo uma agência pra circular pelas vinícolas.

TREM DO VINHO: Em alguns sábados ao longo do ano, um trem conhecido como Tren del Vino parte de Santiago com destino a San Fernando, que também fica no Valle de Colchagua. Um passeio que sai pela manhã e volta só à noite regado à muito vinho. Você pode confirmar as próximas datas no site da Ruta del Vino.

| QUANDO IR AO VALLE DE COLCHAGUA

As vinícolas do Valle de Colchagua podem ser visitadas o ano todo, mas entre outubro e abril o clima é mais agradável, já que são passeios ao ar livre. Nos demais meses pode fazer bastante frio. Pra quem quer participar de vindima, quando uma grande festa acontece na região, a melhor época é no começo de março, mas confirme sempre antes de ir.

+ Veja hotéis com descontos na região

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile (Foto: Esse Mundo É Nosso)

ROTEIRO PELAS VINÍCOLAS DO VALLE DE COLCHAGUA

Como fiquei apenas dois dias na região, consegui visitar apenas duas vinícolas, já que aproveitei pra também conhecer outras atrações em Santa Cruz. Vou falar de cada uma delas aqui, mas abaixo citarei outras que podem entrar no seu roteiro.

| VIÑA SANTA CRUZ

A Viña Santa Cruz é uma das mais emblemáticas de todas as vinícolas do Valle de Colchagua. Além de ficar num vale com as plantações de uva cercadas pelas montanhas, o passeio vai além da degustação dos vinhos produzidos aqui.

É possível visitar não só as caves, como também os parreirais, conhecer o processo de fabricação do vinho e participar de degustações.

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Santa Cruz (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Uma das melhores partes do passeio é a buda ao Morro Chamán, que oferece desde caminhadas até visitas noturnas a um centro astronômico. Há até um audioguia para fazer as atividades no alto da montanha, onde ficam inclusive algumas lhamas.

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Santa Cruz (Foto: Esse Mundo É Nosso)
Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Santa Cruz (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A grande atração é o teleférico que leva os visitantes até o alto desse morro. A vista é incrível e vale a pena.

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Santa Cruz (Foto: Esse Mundo É Nosso)
Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Santa Cruz (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Você pode consultar os tipos de tours, preços e também agendar sua visita pelo site da vinícola.

| VIÑA VIK

Localizada a 68km de Santa Cruz, mas ainda no Valle de Colchagua, a Viña Vik é uma das mais exclusivas e luxuosas de todo o Chile. Não é à toa que também produz um dos vinhos mais caros e premiados do país. Pra quem quer visitar e provar essas delícias, é um prato cheio.

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Vik (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Logo à primeira vista, a Vik se mostra mais do que uma simples vinícola, é uma mostra de arte e arquitetura que surpreendente desde a chegada. Ali fica também um hotel de luxo perfeito pra quem quer contato com a natureza e o mundo dos vinhos.

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Hotel Viña Vik (Foto: Divulgação/Booking)
Divulgação/Booking

A vinícola é nova, surgiu em 2004 quando o empresário norueguês Alexander Vik decidiu produzir no Chile um vinho de alto nível. O tour inclui visita aos vinhedos e explicações sobre os tipos de uva cultivados aqui, o processo de fabricação do vinho na moderna e ampla adega, e, claro, degustação de alguns dos produtos da casa.

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Vik (Foto: Esse Mundo É Nosso)
Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Hotel Viña Vik (Foto: Esse Mundo É Nosso)
Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Vik (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Para terminar, vale um almoço bem no meio dos parreirais no restaurante da Vik, sem dúvida um dos lugares mais especiais que visitamos entre as vinícolas do Valle de Colchagua. Os preços do menu, assim como do tour na Vik, não são baixos, mas valem a pena pela beleza do lugar e pelo produto de altíssimo nível que é produzido aqui.

Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Vik (Foto: Esse Mundo É Nosso)
Vinícolas do Valle de Colchagua, Chile - Viña Vik (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Você pode consultar sobre os tours, degustações e horários no site da vinícola. Para informações sobre o hotel e reservas, você pode consultar no Booking.

+ Visita à Concha y Toro saindo de Santiago

| OUTRAS VINÍCOLAS DO VALLE DE COLCHAGUA

Essas foram as duas vinícolas do Valle de Colchagua que visitamos, uma em cada dia. Mas há muitas outras opções na região. Algumas outras que valem a visita são a Neyen, Lapostolle, Viu Manent, Montes, Casa Silva, entre outras.

+ Veja hotéis com descontos na região
+ Chip de celular que usamos no Chile
+ Melhor preço no Seguro Viagem pra lá
+ Todas as dicas pra sua viagem ao país

Tem mais alguma dúvida sobre as vinícolas do Valle de Colchagua ou conheceu alguma outra e quer contar sua experiência? Deixe seu comentário!

* O jornalista viajou para o Chile a convite da GOL, mas todas as opiniões dadas aqui são isentas e refletem sua real experiência.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *