Há quem diga que não existe uma comida típica de São Paulo. Eu até concordo que os pratos da maior metrópole do Brasil são muito variados, talvez sem uma raiz, o que possivelmente reflete a miscigenação de seus moradores.

Mas a cidade tem provavelmente a maior variedade de opções do país para serem provadas. E quem mora aqui conhece sim pratos típicos que são a cara de São Paulo, muitos são praticamente unanimidade entre os paulistanos…

COMÍDIA TÍPICA DE SÃO PAULO

Eu sou mineiro e logo de cara qualquer pessoa Brasil afora sabe citar ao menos um prato da culinária mineira. Realmente a cozinha de Minas tem uma raiz muito forte que é marca do Estado.

Já quando o assunto é comida típica de São Paulo, isso se confunde um pouco por conta da variedade de povos que vieram para a capital paulista, inclusive nós mineiros. Junte a isso gente de todo o Brasil e de todas as partes do mundo.

Fotos de comidas típicas de SP

Pra se ter uma ideia, São Paulo tem a maior colonia japonesa fora do Japão. O Brasil também tem a maior comunidade de descendentes de italianos fora da Itália e a maioria veio para o Estado de São Paulo. Junto disso, há mais de 70 mil portugueses vivendo na capital paulista, seguido por mais de 58 mil bolivianos, segundo a Veja.

Ou seja, São Paulo tem gente de todo canto e isso influenciou radicalmente nos pratos típicos da cidade.

OS PRATOS QUE SÃO A CARA DE SÃO PAULO

Esse aqui não é um ranking definitivo das comidas típicas de São Paulo, não sou dono da verdade. Mas a ideia é listar alguns dos pratos que fazem parte da vida do paulistano e merecem ser provados quando você estiver por aqui.

A lista vai de itens básicos de um café da manhã na padaria aos pratos mais elaborados herdados dos imigrantes. Mas vamos ao que interessa…

+ Melhores hotéis perto da Paulista

A PIZZA

A pizza é um ícone de São Paulo, talvez o prato que mais seja a cara da cidade. A história conta que ela possivelmente surgiu no Egito e depois desembarcou na Itália. E no Brasil, é na capital paulista que ela faz muito sucesso.

Pizza marguerita

Pra você ter uma ideia, estima-se que sejam consumidas na cidade 700 pizzas por minuto de acordo a SPTuris, ou seja, mais de 1 milhão de unidades ao dia.

E o que tem de diferente na pizza da cidade? Essa é uma pergunta difícil de responder, porque gosto não se discute. Mas eu como forasteiro na capital paulista posso dizer que além do recheio farto e da massa mais grossinha, um fato interessante é que por aqui até mesmo uma pizza barata da pizzaria da esquina pode surpreender. Não só a dos famosos e renomados restaurantes italianos.

Elas estão tão presentes na vida do paulistano que, embora o delivery só costume entregar a partir do fim de tarde, a qualquer hora há aos menos uma pizza disponível no balcão de uma lanchonete ou padaria que se preze.

+ Dicas de restaurantes na cidade

SANDUÍCHE DE MORTADELA

Essa é uma comida típica de São Paulo que ganhou fama no Mercado Municipal, ao lado do pastel de bacalhau, também símbolo do local.

Sanduíche de mortadela do Hocca Bar
Sanduíche de mortadela do @hoccabar_oficial

Concordo que ambos têm um viés bem turístico e muitos críticos gastronômicos falam mal da enorme quantidade de recheio, principalmente do sanduíche de mortadela.

Sim, ele é enorme, mas não tem como negar que se tornou um ícone da cidade. Nos últimos anos o recheio farto ainda tem ganhado outros acompanhamentos deliciosos, como queijo e tomate seco.

Vale experimentar e tirar suas próprias conclusões. Se não estiver morto (morto mesmo!) de fome, chame alguém pra dividir o prato.

+ Veja como chegar ao Mercadão

PÃO NA CHAPA

Sim, algo tão trivial faz parte da rotina da maior cidade do Brasil. Milhares e milhares de pessoas começam o dia em um balcão de padaria ou lanchonete com o clássico pão na chapa. Já faz parte da rotina da cidade nos arredores dos escritórios.

Pão na chapa faz parte do café dos paulistanos
Foto: reprodução @lareira_padaria

Quer inovar? Experimente o pão na chapa com requeijão crocante, uma modalidade que tem ganhado força por aqui.

PASTEL DE FEIRA

Sabe as famosas feiras de rua que acontecem em vários lugares do Brasil? Aqui em São Paulo uma feira pra ser boa tem que ter pastel. E os paulistanos amam, faz parte do processo das compras.

Pastel de feira é comida típica de São Paulo
Foto: reprodução YouTube Dika da Naka

Nesse prato a imigração japonesa também tem muita influência, já que boa parte das barracas é administrada por descendentes de japoneses, o que já é uma tradição na cidade. Há até concursos para escolher o melhor pastel feira!

VIRADO À PAULISTA

Se esse é um prato que já taz “paulista” no nome, não poderia deixar de ser uma comida típica de São Paulo, tanto que em 2018 recebeu o título de Patrimônio Cultural Imaterial.

Virado à paulista é uma comida típica de São Paulo
Foto: reprodução AdNews

Essa é daqueles pratos pra quem gosta de sustância, afinal são oito itens numa mesma refeição. Ele traz o feijão virado (modo de preparo em que os grãos cozidos são mexidos com farinha), arroz, banana à milanesa, couve refogada, ovo frito, linguiça, bisteca suína e torresmo.

O virado à paulista é tão a cara da cidade que tem até um dia próprio nos cardápios dos restaurantes: a segunda-feira. É, São Paulo tem dessas coisas. Por aqui cada dia costuma ter uma prato próprio, como falarei mais abaixo.

+ O que fazer na capital paulista

FEIJOADA

Sim, eu sei que você pensou “afff, esse é um prato do Brasil”. Eu concordo! Mas como disse que segunda é dia do virado à paulista, aqui em São Paulo a feijoada tem um outro dia só seu além do famoso sábado, como na maioria das cidades do país (em BH é na sexta). Quarta-feira também é dia de feijoada.

Feijoada

Em qualquer restaurante que tenha um cardápio variado você irá encontrá-la às quartas-feiras. Sobre o sabor, deliciosa como sempre. Amo feijoada em qualquer canto do Brasil!

Se você ficou curioso(a) sobre que dia é de qual comida em São Paulo, no final do post eu publico esse famoso calendário do prato comercial paulistano.

CUSCUZ PAULISTA

Outro prato que traz o “paulista” no nome, teve origem, segundo historiadores, no Vale do Paraíba, mas logo ganhou a capital. Diferente do cuscuz nordestino ou do marroquino, o de São Paulo é uma bolo salgado.

Cuscuz paulista é uma comida típica de São Paulo
Foto: reprodução YouTube Mallu Hessel

As bases são as farinhas de mandioca e de milho, mas que podem variar, e o prato costuma levar sardinha em lata, camarão, cebola, tomate, ovo cozido, pimentão, azeitona, ervilha, azeite e pimenta.

O local mais fácil pra você encontrá-lo na cidade é em algum self-service, onde o cuscuz costuma sempre dar as caras.

COMIDA JAPONESA

A cidade com a maior colônia japonesa fora do Japão não poderia ficar sem uma forte influência da imigração. A culinária japonesa é sem dúvida uma comida típica de São Paulo, inclusive que sofreu muitas adaptações por aqui antes de se popularizar em todo o Brasil.

Comida japonesa

Mais que o bairro da Liberdade, reduto que antes era o único local onde se encontrava os pratos asiáticos, os restaurantes japoneses se espalharam pela cidade toda e se popularizaram. O que era apenas pro paladar dos mais ricos, hoje é um prato democrático, principalmente por conta dos rodízios.

Então há opções para todos os bolsos. Desde as adaptações e variações com cream cheese e frutas oferecidas nos rodízios e também no delivery onde a peça custa apenas um real, aos pratos tradicionais e autênticos do melhor sushiman do Brasil, Jun Sakamoto.

+ Veja como chegar na Liberdade

COXINHA

Sim, esse é outro prato famoso no Brasil todo, mas sem dúvida é uma comida típica de São Paulo. Por aqui a coxinha vai além de um simples salgado, mas o paulistano tem uma relação afetiva com ela.

Coxinha

É muito comum as pessoas saírem para bares, por exemplo, já esperando chegar lá para comer a coxinha. Nem precisa combinar isso antes. Se o destino é o Veloso ou o Frangó, por exemplo, todos já sabem que ela fará parte dos pedidos.

Mais que isso! O paulistano costuma eleger a sua melhor coxinha na cidade. E dificilmente eles concordam entre si, afinal cada um tem aquela padaria da esquina perto de casa que vende “a melhor de São Paulo”. E isso é ótimo, pois você acaba sendo convidado pra prová-la ou até ganha de presente. É aquele famoso bairrismo, só que delicioso.

HAMBÚRGUER

Outro prato famoso no mundo todo que acabou ganhando o gosto dos paulistanos, o que explica o forte ritmo de abertura de hamburguerias e mais hamburguerias.

Hambúrguer

A fama do hambúrguer na cidade é tamanha, que existem vários concursos para escolher os melhores, além de um guia inteirinho dedicado a avaliar os estabelecimentos.

DOGÃO

O simples cachorro-quente por aqui tem nomes mais fortes, como “dogão” ou o americanizado “hot dog“. Ele também vai além das carrocinhas simples nas portas dos colégios ou estádios de futebol e ganha espaço em lanchonetes gourmet pela cidade.

Dogão, cachorro-quente ou hot dog é uma comida comida típica de São Paulo
Fotos: reprodução @charlesdogoficial

Mas uma coisa que fez meu paladar mineiro torcer o nariz para o dogão paulistano é que ele normalmente leva purê de batata (sim, isso mesmo!) e pouco ou nenhum molho de tomate.

Por outro lado, o sanduíche pode vir prensado e com os mais variados recheios. A receita clássica costuma combinar vinagrete, milho, bacon, batata palha, mostarda e ketchup… além da salsicha, claro.

As versões “gourmetizadas” podem até trazer salsichas alemães e maionese trufada. O céu é o limite!

+ Hotéis perto do aeroporto de Congonhas

COMIDA ITALIANA

O Estado que mais recebeu imigrantes da Itália não poderia ficar sem uma forte influência do país na culinária. E São Paulo realmente surpreende por ter massas muito boas. Quem não tem ou ao menos conhece alguém que tenha uma “nonna” que prepara delícias por aqui?

Massa italiana

Claro que o simples macarrão é o mais popular, tanto que (lá vamos nós de novo) ele tem até dois dias no calendário gastronômico da cidade: quinta e domingo são os dias oficiais do macarrão!

Há ainda o famoso bairro do Bixiga, um dos principais redutos dos imigrantes italianos na capital paulista. Mas confesso que todas as vezes que fui me arrependi. Os restaurantes acabaram ficando turísticos demais e a qualidade foi se perdendo ao longo do caminho…

Então é sempre bom pedir indicação a um amigo paulistano sobre um local onde você pode comer uma boa e autêntica massa para não cair nessas pegadinhas, que acabam sendo caras!

PRATO DO DIA EM SÃO PAULO

A capital paulistana tem dessas coisas… eu amo isso. Por aqui, cada dia da semana é dedicado a um prato, como já antecipei acima. E isso é seguido à risca não apenas nos restaurantes mais populares.

Vamos aos dias da semana:

  • Segunda-feira: Virado à paulista
  • Terça-feira: Dobradinha
  • Quarta-feira: Feijoada
  • Quinta-feira: Macarrão
  • Sexta-feira: Peixe
  • Sábado: Feijoada
  • Domingo: Macarrão

+ Todas as dicas pra curtir a cidade

Fiz essa lista de acordo com o que tenho observado nesses vários anos que moro em São Paulo. Tenho certeza que, se você é paulistano(a), tem outros inúmeros pra incluir aqui. Então aproveite e deixe seu comentário!

De modo geral, o interessante é notar que a comida típica de São Paulo reflete o seu espírito cosmopolita e tem referências e influências dos mais diversos povos que moram na cidade.

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Reserve seu hotel aqui
Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.