Como é a imigração em Portugal: O que você precisa saber

Muita gente já escreveu pra gente perguntando como é a imigração é Portugal. E por isso que decidimos criar esse post para esclarecer todas as dúvidas, além de contar nossa experiência no Porto e em Lisboa.

De modo geral, passar pela imigração e alfândega nos aeroportos do país é algo tranquilo. Mas como muitos brasileiros têm ido pra Portugal ilegalmente devido à crise, a vigilância pode ser um pouco maior. Por isso é bom sempre estar com a documentação certinha para não correr o risco de ter qualquer dor de cabeça.

COMO É A IMIGRAÇÃO EM PORTUGAL

Se seu voo vindo de fora da Europa chega em Portugal, você fará a imigração aqui. Se você fez conexão em outros países europeus membros do Acordo de Schengen, como Espanha, Itália, França, Holanda, entre outros, sua entrada na Europa será lá. Mesmo assim, você passará pela alfândega em Portugal.

Como é a imigração em Portugal (Foto via Shutterstock)

Foto via Shutterstock

Tanto a alfândega como a imigração em Portugal são relativamente tranquilas. Por falarmos o mesmo idioma, as coisas acabam ficando ainda mais fáceis. Por outro lado, algum guarda ou funcionário pode resolver questionar um pouco mais. No meu caso, no Porto, um guarda alfandegário pediu para abrir minha mala e questionou até mesmo por que eu estava levando tantas bermudas para passar as férias no país se ainda estava frio por lá. Expliquei que ficaria quase um mês e que ainda iria pra Grécia. Ele sorriu, mas acabou me fazendo um leve interrogatório por uns 15 minutos.

Para evitar qualquer dor de cabeça nesse sentido, é sempre bom estar com tudo em mãos, como passagens, comprovante do seguro obrigatório pra Europa, reservas de hotéis… São alguns itens da documentação que é recomendável você ter em mãos, como falaremos abaixo.

 

SEGURO VIAGEM OBRIGATÓRIO

Os países membros do Acordo de Schengen (veja lista) exigem dos brasileiros um seguro saúde obrigatório com cobertura de pelo menos €30 mil. Ele sai barato e não vale nunca arriscar ficar sem fazer o seu, já que isso pode fazer com que você seja barrado na imigração.

Para pesquisar o melhor preço do seguro, nós sugerimos que você faça a cotação na Seguros Promo, que compara os preços entre as melhores seguradoras do Brasil. É uma espécie de Buscapé para encontrar o melhor valor de seguros. Como são nossos parceiros, ao usar o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 você ainda ganha mais 5% de desconto.

De todo jeito, fazer um seguro viagem é barato e uma ótima escolha, mesmo que não fosse exigido. Você evita dores de cabeça e gastos exorbitantes com qualquer imprevisto ou problemas de saúde.

+ Encontre o melhor preço no Seguro Viagem Obrigatório pra Portugal

 

VISTO

Uma boa notícia é que Portugal, assim como os países da União Europeia e outros do continente, não exigem visto de brasileiros a turismo por até 90 dias.

 

PASSAPORTE

Você precisará de um passaporte válido para a imigração em Portugal ou em outros países da Europa. O Governo Português recomenda que o documento tenha ainda pelo menos três meses de validade na data do término da viagem (o ideal é ter seis meses). Se você ainda não tem o documento, veja o passo a passo de como tirar o passaporte.

 

A DOCUMENTAÇÃO

A embaixada recomenda, além dos itens citados acima, alguns outros documentos para a imigração em Portugal. Eles são bem simples e é bom tê-los em mão para entrar no país com tranquilidade.

Como é a imigração em Portugal (Foto via Shutterstock)

Foto via Shutterstock

Veja toda a documentação recomendável:

  •  Passaporte com validade de pelo menos três meses (é recomendável seis meses);
  • Seguro Viagem com cobertura de pelo menos €30 mil (faça a simulação);
  • Bilhete aéreo de ida e volta (ou para outros destinos caso visite outros países na mesma viagem);
  • Comprovante de hotéis, aluguel de imóveis ou carta convite de amigos/parentes residentes;
  • Documento que comprove vínculo de trabalho no Brasil (a embaixada sugere que a declaração da empresa seja reconhecida em cartório e autenticada no Consulado de Portugal no Brasil, mas confesso que conheço pouca gente que já tenha feito essa autenticação);
  • Comprovantes financeiros que garantam que você tenha dinheiro para bancar a viagem. É recomendável que você tenha €75 para cada entrada no país e mais €40 para cada dia de permanência. Precisa ser tudo em dinheiro? Não. Você pode também levar alguns extratos do seu cartão de crédito internacional provando que você tem esse limite.

 

ALFÂNDEGA

Assim com quando você desembarca no Brasil tem de passar pela alfândega, o mesmo ocorre em Portugal. Os limites de bens com os quais o passageiro pode entrar (dinheiro em espécie ou produtos) é diferente das regras do nosso país. Portanto vale dar uma olhada no site da alfândega portuguesa para saber os limites, como quantidade de cigarros, bebidas alcóolicas e medicamentos que você pode carregar com você sem precisar declarar.

 

Como deu pra ver, a imigração em Portugal e o processo da alfândega é tranquilo. Se você tiver essa simples documentação em mãos não deverá enfrentar qualquer tipo de problema. Tem mais alguma dúvida? Deixe seu comentário!

MAIS DICAS DE PORTUGAL
+ Quanto custa viajar pra lá? Veja preços no país
+ 20 cidades portuguesas pra você colocar no roteiro
+ Quando ir: Qual a melhor época pra viajar pra lá?

+ Todas as dicas pra você visitar o país

Booking.com

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 10 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *