Mercado do Trem de Bangkok, um mercado sobre trilhos

Uma música alta, seguida por um aviso sonoro e um apito anunciam que o próximo trem está chegando à estação de Maeklong, em Samut Songkhram, a 70km da capital da Tailândia. É o sinal para que os vendedores do Mercado do Trem de Bangkok recolham suas barracas e produtos.

A cena inusitada que já circulou o mundo faz com que turistas de todo canto venham pra cá todos os dias, simplesmente para assistir à passagem do trem.

+ Encontre o Seguro Viagem pra Ásia com o melhor preço

Mercado do Trem de Bangkok (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mercado do Trem de Bangkok (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mas o Mercado do Trem de Bangkok, como é conhecido o Maeklong, apesar de estar a mais de uma hora da capital, tem outros pontos interessantes. Aqui você pode encontrar um mercado real, com produtos locais, que não foi “criado para turistas”.

O TREM

Os vagões que passam pelo mercado de Maeklong ligam a estação de mesmo nome a Bangkok. Os horários podem variar muito, mas o trajeto é sempre o mesmo: ele chega a essa, que é a estação final da linha, cruzando o mercado. Em menos de 30min, ele retorna pelos mesmos trilhos, sentido capital.

Mercado do Trem de Bangkok (Foto: Esse Mundo É Nosso)

E é esse o momento mais legal. Em poucos segundos as barracas e vendedores liberam os trilhos para que a locomotiva passe. Turistas e compradores se espremem nas laterais para não serem atingidos (não há muito risco pois tem espaço suficiente). É só o último vagão passar que todos estão de volta aos trilhos, inclusive as bancas e barracas.

Mercado do Trem de Bangkok (Foto: Esse Mundo É Nosso)
O MERCADO

Esse Mercado do Trem de Bangkok é um dos mais interessantes que já fui por aqui. Praticamente não há bugigangas chinesas, apenas alimentos, temperos, bebidas e um ou outro souvenir. Parece bem autêntico.

Mercado do Trem de Bangkok (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mercado do Trem de Bangkok (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Para circular não há segredo. Se não for a hora do trem, siga os trilhos e vá passando no meio das barracas. É assim mesmo que se anda por aqui.

Mercado do Trem de Bangkok (Foto: Esse Mundo É Nosso)

É uma experiência super diferente, que gostamos bastante. Normalmente esse passeio é feito junto do Floating Market (saiba mais abaixo) um mercado que já é bem artificial, onde dá pra notar que atualmente é produzido para os turistas verem.

Mercado do Trem de Bangkok (Foto: Esse Mundo É Nosso)

MERCADO DO TREM DE BANGKOK

ONDE FICA

Em Samut Songkhram, a cerca de 70km da capital tailandesa.

 

COMO VISITAR

O jeito mais fácil pra quem está na cidade a lazer é vir em um tour. Qualquer agência da Khaosan Road vende esse passeio, normalmente casado com o Floating Market Damnoen Saduak. O preço foi ótimo, menos de 40 reais pelos dois passeios durante meio dia.

Se quiser vir por conta própria, dá pra ir de carro ou táxi, mas uma opção mais interessante pode ser pegar o trem em Bangkok sentido Maeklong. Ele parte da estação Wongwian Yai e serve de transporte público local (o site Train 36 mostra como chegar e os horários).

Independente da maneira como for, não esqueça de confirmar os horários do trem no seu hotel ou na agência. Afinal a maior graça do mercado é vê-lo passar.

+ Quanto custa viajar pra Tailândia
+ Os principais templos da capital tailandesa
+ 16 coisas pra saber antes de visitar o país
+ Todas as dicas da cidade reunidas

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

2 Comments

  1. Lily Pestana disse:

    Que maneiro, Rafa!
    Já coloquei no meu roteiro! Quero muito conhecer!
    Excelente matéria!
    Beijos,
    Lily e Julio
    @apaixonadosporviagens

  2. Ricardo disse:

    Lugares Lindo demais <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *