O que fazer em Bangkok: Dicas para curtir a capital da Tailândia

Cada vez mais na listinha dos brasileiros, a Tailândia surpreende com tantas paisagens naturais e com a rica cultura de seu povo. São opções para todos os gostos inclusive na capital do país. Há muito o que fazer em Bangkok. Por isso, separamos dicas importantes para quem pretende passar alguns dias por lá.

O QUE FAZER EM BANGKOK

TEMPLOS

Quando alguém pergunta o que fazer em Bangkok, a resposta é logo “visitar templos”. E isso não está errado. São tantos templos que não é possível conhecer todos, mas quatro deles são os mais famosos na cidade: Grand Palace, Wat Arun, Wat Pho e Wat Traimit.

+ Lembrou do Seguro Viagem? Ache o melhor preço

WAT PHRA KAEW – GRAND PALACE

Neste complexo, do século XVIII, estão alguns dos principais templos da Tailândia. Para entrar, é necessário vestir calças, que são emprestadas na bilheteria. O ingresso dá acesso também ao Grand Palace, antiga residência do rei.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso) O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

É lá que está o Templo do Buda Esmeralda, o mais sagrado da Tailândia, em que, com exceção do rei, ninguém é autorizado a tocar na estátua. Também não é permitido fotografar no interior do templo.

Prepare-se para aguentar muitos turistas, filas e um calor insuportável.

GRAND PALACE
Endereço: Th Na Phra Lan (próximo da Khaosan Road e da estação de barco Tha Chang)
Ingresso: 500 baht
Horários: das 8h30 às 16h

WAT PHO

Outro templo muito famoso de Bangkok é o Wat Pho, famoso pelo Buda reclinado, que possui 46 metros, ou seja, é maior do que o Cristo Redentor. Lá também há a maior coleção de imagens de Buda do país.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Vale sempre lembrar que na Tailândia é falta de respeito usar imagens de Buda para decoração e para outros fins que não sejam religiosos, como para tatuagens, por exemplo.

Outro destaque do Wat Pho é o ritual em que o visitante deve depositar 108 moedas em 108 potes. Dizem que dá sorte e que vale fazer pedido. Lá, eles vendem por um preço simbólico as moedas para colocar nos potinhos.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso) O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Este templo também é famoso por ser a principal escola de massagem tailandesa.

Endereço: Th Sanam Chai (próximo da estação de barco Tha Tien)
Ingresso: 100 baht
Horários: 8h às 17h

WAT ARUN

O Wat Arun fica localizado do outro lado do rio. O complexo também é conhecido como Templo do Amanhecer. Com uma arquitetura diferente dos outros templos, o Wat Arun é coberto por pedacinhos de porcelana que formam grandes mosaicos.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Outro destaque o Wat Arun é a vista que se tem da cidade lá de cima. Porém, prepare-se para enfrentar os vários degraus embaixo de um sol forte.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso) O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Endereço: Th Arun Amarin (barcos fazem a travessia a partir da estação Tha Tien)
Ingressos: 50 baht
Horários: 8h30 às 17h30

WAT TRAIMIT

Localizado perto da Chinatown de Bangkok, é o templo onde fica o Buda Dourado, o maior Buda de ouro maciço do mundo, com 5,5 toneladas e 3 metros de altura. A história em torno dele é bem interessante. Dizem que o primeiro Buda era de barro, mas que caiu e quebrou. Foi então que descobriram que em seu interior havia essa grande imagem, um Buda sentado todo feito em ouro.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Endereço: Th Mitthaphap e Th Traimit (de barco pela estação Tha Ratchawong ou de metrô pela saída 1 da estação Hua Lamphong)
Ingressos: 40? (US$1,25)
Horários: 9h às 17h

KHAOSAN ROAD

Se há muito o que fazer em Bangkok, também não faltam opções na Khaosan Road. A rua, que ficou conhecida por ser dos mochileiros, é hoje um lugar para todo tipo de turista. Reserve um tempinho para se divertir por lá. Na verdade, se der, vá mais de uma vez.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Na Khaosan Road há bares para todos os gostos, música alta, gente andando o tempo inteiro, massagem no meio da rua por preços convidativos (150 baht por 30 minutos), barracas com camisetas cheias de estampas legais por preços ótimos (Não deixe de pechinchar) e as famosas barraquinhas que vendem insetos comestíveis. Se não tiver coragem de experimentar (assim como eu), pague 10 bath para pelo menos fazer um vídeo ou tirar uma foto.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Confesso que fiquei com um pouco de medo de arriscar comer nas barracas que vendem comida normal, mas existem restaurantes que não parecem tão sujos nesta região e a comida é muito barata. Comemos e não passamos mal, mas conhecemos algumas histórias de pessoas que não se deram tão bem. Portanto, vale prestar atenção na hora de escolher onde e o que comer.

COMER UM PAD THAI

Falando em comida, o que fazer em Bangkok ou o que comer em Bangkok? As duas coisas! Não deixe de experimentar o famoso pad thai, um dos pratos mais típicos do país. O prato nada mais é do que uma combinação de macarrão de arroz cozido com suco de tamarindo, ovos, broto de feijão, tofu, vários vegetais e legumes, molho de ostra, além de camarões, frutos do mar, carne e frango. Na verdade, dá para escolher se quer comer apenas com um tipo de carne, completo ou sem carne nenhuma. Nós chegamos a comer pad thai por menos de 100 baht.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Outro prato típico da Tailândia é o fried rice que, assim como o pad thai, pode ter diversos sabores. O arroz é frito com diversos ingredientes, como tomate, cebola, ovos e servido com molho de ostra. Vale experimentar.

MERCADO FLUTUANTE

O que fazer em Bangkok não necessariamente está em Bangkok. É o caso do Mercado Flutuante Damnoen Saduak, que fica localizado a cerca de 1h da capital da Tailândia e é apenas mais um entre os vários floating markets que existem no país.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Antigamente, este mercado flutuante era utilizado realmente por locais. Hoje em dia, apenas os turistas lotam as vielas em busca dos produtos vendidos em barquinhos. Tem de tudo: comida, sorvete, roupa, lembrancinha, brinquedo, homem que cria cobra e vende fotos e muito mais.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Para quem quiser ter uma experiência ainda mais completa, há como alugar um barquinho com uma pessoa remando para percorrer os canais em busca de produtos.

É fácil encontrar um tour que sai de Bangkok e passa a manhã no Mercado Flutuante Damnoen Saduak. Existe também a opção de juntar dois passeios (Mercado Flutuante + Mercado do Trem). Os tours custam em média 400 baht (cerca de R$ 40).

+ Saiba mais sobre o mercado flutuante

MERCADO DO TREM

Diferente do Mercado Flutuante, o Mercado do Trem ainda é muito frequentado pelos locais e isso deixa o passeio ainda mais interessante. Localizado na estação de Maeklong, em Samut Songkhram, a 70km da capital da Tailândia, o mercado acontece ao redor e no próprio trilho do trem.

Quando um som avisa que o próximo trem está chegando, calmamente os comerciantes tiram seus produtos dos trilhos e fecham as barracas para dar espaço para a locomotiva. Assim que o último vagão passa, rapidamente tudo já está no mesmo lugar de antes e o mercado segue sua vida normal.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Não é sempre que o trem passa. Portanto, antes de comprar o passeio, pergunte ao guia se ele sabe se naquele dia o trem passará.

O mercado vende produtos locais, como frutas, legumes, verduras, bebidas, temperos e frutos do mar.

Assim como o Mercado Flutuante, o melhor jeito de visitar o Mercado do Trem é através de tours que saem de Bangkok. Nós juntamos os dois em um passeio de meio dia e pagamos cerca de 400 baht (R$ 40) pelos dois.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Saiba mais sobre o mercado

MASSAGEM

O que fazer em Bangkok? Uma bela massagem tailandesa pagando bem pouco! Na região da Khaosan Road é possível fazer massagens de meia hora desembolsando 150 baht (cerca de R$ 15). Como não estou muito acostumado a sofrer enquanto faço massagem, gostei mais das massagens nos pés do que nas costas. Mas vai de gosto. Dá para dividir também e fazer 15 minutos em cada região. Tome cuidado para não exagerar na hora e achar que está com muita elasticidade e depois ficar morrendo de dor.

O que fazer em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

SIAM – REGIÃO MODERNA E SHOPPINGS

Siam é a parte mais moderna de Bangkok. Com prédios altos, novos, telões e shoppings, a região é boa para ver um outro tipo de cidade. Entre os principais shoppings estão MBK Center, Siam Discovery Center, Siam Center e Siam Paragon.

Na Siam Square há boas opções de bares e restaurantes. Um bom horário para passear por lá é no fim de tarde.

Por ter muitos escritórios, a área também possui boas opções de hospedagem. Mas se for sua primeira vez em Bangkok, escolha ficar mais próximo da Khaosan Road e do Grand Palace.

O jeito mais fácil de chegar lá é de metrô (Estação Siam do BTS).

SOI COWBOY

Realmente não falta o que fazer em Bangkok. Tem atrações para todos os gostos mesmo. Soi Cowboy, por exemplo, é o Red Light District de Bangkok. Como quando estivemos por lá o rei havia morrido, a área estava bem mais, digamos, comportada. Na verdade, Soi Cowboy é uma rua cheia de bares com muito neon e música alta. Na porta, ficam algumas garotas e travestis convidando os homens para entrarem.

O que fazer em Bangkok (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

A maioria dos bares não cobra entrada. Portanto, vale entrar para matar a curiosidade e até beber alguma coisa. Nós escolhemos o Tilac Bar, que ficou famoso por servir de cenário para o filme “Se Beber, Não Case 2”. Com música alta e mulheres dançando, o bar não estava muito cheio. Conhecemos outros maiores e com mais gente. Mas como o país estava de luto, a animação não estava tão grande.

O nome “Soi Cowboy” faz uma referência ao cowboy que abriu o primeiro bar na região no começo dos anos 70.

SKY BAR

Já que estamos falando de “Se Beber, Não Case 2”, não deixe de ir ao Sky Bar, o rooftop ao ar livre do hotel Lebua. Claro que o preços praticados lá são bem diferentes dos encontrados em outros bares e restaurantes de Bangkok, mas a vista lá de cima é linda e vale a experiência.

O que fazer em Bangkok (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

Endereço: No 63º andar do Lebua Hotel em Silom Road, Bangrak
Horários: Todos os dias das 18h à 1h

+ Veja todos os posts sobre a cidade
+ Quanto custa viajar para a Tailândia
+ Saiba mais sobre o país

Booking.com

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

2 Comments

  1. Manoel disse:

    Muito boas as dicas1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *