Onde ficar em Budapeste, Hungria: Dicas de bairros e hotéis

Não faltam ótimas opções quando a dúvida é onde ficar em Budapeste. A capital da Hungria tem opções para todos os bolsos e gostos, com a vantagem de ser mais barata se comparada com muitas outras cidades da Europa.

Nesse post vamos falar das melhores regiões e bairros pra se hospedar, além de dar dicas de como você pode conseguir economizar por lá na hora de escolher onde ficar, inclusive com um mapa detalhado no final.

ONDE FICAR EM BUDAPESTE: BUDA OU PESTE?

Antes de decidir onde ficar em Budapeste, é importante entender que a capital húngara já foi dividida em duas cidades diferentes, uma chamada Buda e a outra Peste, uma em cada margem do Rio Danúbio. No século XIX elas foram unificadas e uma região é bem diferente da outra.

Onde ficar em Budapeste, Hungria (Arte: Esse Mundo É Nosso)

BUDA

Embora Buda seja uma área mais residencial, é ali, às margens do rio, onde fica o Castelo de Buda, um dos principais pontos turísticos da cidade. Embora ele seja atração certa de quem visita Budapeste, ao se hospedar por aqui você terá menos estrutura turística, como bares e restaurantes, já que a região fora do castelo é mais frequentada por moradores. Por outro lado, você tem a chance de encontrar preços melhores de hospedagem.

Onde ficar em Budapeste (Foto: Esse Mundo É Nosso)
Peste vista do lado de Buda

PESTE

É a região mais turística, cheia de atrações históricas e culturais, bares, restaurantes e ótimos hotéis. Por conta disso, Peste concentra o burburinho da cidade, com visitantes de todos os cantos do mundo. Para nós é a melhor área pra se hospedar, inclusive pela proximidade do aeroporto, facilidade de transporte público, casas de câmbio e outros serviços.

Agora que você já entendeu um pouco da diferença entre Buda e Peste, vamos falar abaixo de alguns dos melhores bairros quando a dúvida é onde se hospedar em Budapeste.

ONDE FICAR EM BUDAPESTE: LADO PESTE

| BAIRROS LIPÓTVÁROS E BELVÁROS

Os nomes podem parecer complicados, mas esses dois distritos vizinhos, que ficam às margens do Rio Danúbio, reúnem algumas das principais atrações da capital húngara, além de ser o centro comercial, com muitas lojas, bares e restaurantes. É o coração da cidade, onde há movimento praticamente o dia todo. E o melhor é que você conseguirá percorrer a maioria dos pontos turísticos a pé mesmo ou de transporte público, já que a oferta é grande por aqui.

Onde ficar em Budapeste - Lipótváros (Foto: Esse Mundo É Nosso)

É nessa área onde estão a famosa Ponte das Correntes (Széchenyi Lánchíd), o Parlamento, Mercado Central, Basílica de Santo Estêvão e outros pontos turísticos. Ou seja, é uma excelente região quando a dúvida é onde ficar em Budapeste.

 | ARREDORES DO BAIRRO JUDEU – ERZSÉBETVÁROS

Ainda em Peste, o antigo bairro judeu ainda guarda marcas e ruínas do final da Segunda Guerra, mas hoje se transformou numa das regiões mais jovens e animadas da cidade. Ali ficam os famosos bares dentro de ruínas e também uma das ruas mais agitadas pra quem quer curtir a noite, a Goszdu Udvar, uma passarela repleta de bares e restaurantes (saiba mais).

Onde ficar em Budapeste - Bairro Judeu (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Pela proximidade, inclusive a pé, com a região de Belváros e Lipótváros, além do Rio Danúbio, também é uma boa alternativa de onde ficar em Budapeste se você encontrar hotéis preços menores.

 | BAIRRO DE TERÉZVÁROS

Essa é uma região de Peste mais residencial e de classe mais alta. É onde fica a avenida mais famosa da cidade, a Andrássy út, que liga o Erzsébet (nas proximidades do Rio Danúbio) ao Parque dos Heróis, onde ficam as Termas de Szechényi. Por aqui ainda passa a linda Linha M1 do metrô, a segunda mais antiga da Europa.

Onde ficar em Budapeste - Terézváros [Foto: Thesupermat2 (CC BY-SA 2.0)]
Thesupermat2 (CC BY-SA 2.0)

Apesar da proximidade das atrações, Terézváros tem menos turistas que a área central de Lipótváros e Belváros, mas tem muitos bons restaurantes, centros culturais e atrações, como o Museu Casa do Terror e a Ópera Estatal Húngara.

 | BAIRRO DE JÓSZEFVÁROS

Apesar da proximidade com Belváros, também em Peste, essa região não tem todo o charme dos bairros anteriores. Se você perguntar a um húngaro onde ficar em Budapeste, talvez ele não fale pra você se hospedar em Jószefváros pela fama decadente do bairro.

Mas hoje é uma área mais tranquila e segura que pode oferecer hotéis com preços melhores, além de fácil acesso à Linha M4 do metrô.

ONDE FICAR EM BUDAPESTE: LADO BUDA

| BUDAVÁR

Já do lado Buda, Budavár também é conhecida como Distrito do Castelo por ser onde fica o Castelo de Buda. A arquitetura e ruas históricas são bem bonitas e, apesar de ser uma das regiões mais cheias de turistas durante o dia, fica mais vazia à noite, mas pode ser bem interessante por conta dos bons hotéis nos arredores do castelo.

Onde ficar em Budapeste - Budavár (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Se for para escolher onde ficar em Budapeste sem ser do lado Peste, é a região que ainda vale a pena.

MAPA DOS BAIRROS DE BUDAPESTE

Abaixo você encontra um mapa com os bairros citados nesse post. É só clicar e navegar!

ONDE NÓS NOS HOSPEDAMOS

Nós fomos a Budapeste em maio e a cidade já estava bem cheia e com preços mais altos devido ao início da alta temporada. Nós então nos hospedamos numa guest house bem gostosa no bairro de Belváros, a uma curta caminhada de todas as principais atrações.

Apesar de ficar em um prédio antigo, nós gostamos muito da estrutura e conforto do Amber Gardenview Studios. Foi um ótimo custo-benefício pertinho do coração da cidade (veja valor das diárias).

Onde ficar em Budapeste - Amber Gardenview Studio (Divulgação)
Amber Gardenview Studio (Divulgação)

+ Encontre hotéis com descontos em toda a cidade
+ Veja o melhor preço do seguro obrigatório na Europa
+ O que fazer na cidade: Um guia completo de atrações
+ Quando ir pra lá: A melhor época do ano
+ Quando custa uma viagem à capital da Hungria?
+ Todas as dicas pra você sua viagem ao país

Espero que esse post tenha te ajudado a entender a geografia da cidade e escolher a região que mais se parece com seu estilo de viagem. Se tiver mais dúvidas sobre onde ficar em Budapeste, deixe seu comentário!

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *