As praias de Boipeba, na Bahia, estão na nossa listinha de preferidas do Brasil. São lindas, sem aqueles tumultos, tem um mar calminho, coqueiros e, na maioria delas, há pelo menos uma barraca para comer ou beber alguma coisa.

Boca da Barra, Tassimirim e Cueira são as praias mais próximas da vila. Mas outras que valem a visita, e são até mais bonitas, são Moreré, Bainema e Castelhanos.

Neste post, a gente fala de cada uma delas, dá dicas do que fazer, conta o que esperar, fala quais realmente valem a visita e quais são os melhores restaurantes e barracas de praias em cada uma delas.

PRAIAS DE BOIPEBA – AS MELHORES

A gente preparou uma lista com as principais praias de Boipeba para ficar mais fácil de visualizar. As praias mais próximas da vila são bem parecidas. Uma dica importante é levar canga ou toalha para quem quiser tomar sol. São poucos os lugares que possuem espreguiçadeiras. Vamos então à lista:

BOCA DA BARRA

Essa é a praia mais próxima da vila. Não é a praia mais bonita, mas tem alguns bares e restaurantes para quem quiser estrutura. Vale a pena, principalmente, para ficar no primeiro ou no último dia, caso não tenha tempo de ir até as outras praias, e também para curtir o pôr do sol, que é lindo visto de lá. A água é mais escura porque ali acontece o encontro entre o rio e o mar.

Praias de Boipeba, na Bahia: Boca da Barra (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Boca da Barra (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Boca da Barra (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Boca da Barra (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Nossa pousada (Vila da Barra), que é ótima, por sinal) ficava bem em frente à praia. Apesar de não ser a mais bonita, achei a localização ótima.

+ Aproveite para ver o valor das diárias com desconto

Duas dicas de restaurantes por lá: o Boca da Barra, que tem uma moqueca ótima, e a Toca do Lobo. A parte chata da Toca do Lobo é que na hora do pôr do sol, que é o momento mais bonito do dia nesta praia, eles não deixam novos clientes chegarem (pelo menos na baixa temporada). Falta um pouco de visão empreendedora nesse caso. Até porque eles mesmos teriam muito a ganhar se caprichassem na estrutura para os clientes curtirem o entardecer com um belo happyr hour..

Boca da Barra (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Boca da Barra (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pôr do sol na Boca da Barra, em Boipeha (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pôr do sol na Boca da Barra, em Boipeha (Foto: Esse Mundo é Nosso)

TASSIMIRIM

Entre as praias de Boipeba está a de Tassimirim. Para chegar aqui é preciso fazer uma pequena trilha. Ela é bem tranquila. Não precisa se preocupar. Pelo caminho, há restaurantes e hotéis, além da Praia das Pedrinhas, que é bem bonita. Já dá para ter uma ideia do visual que irá encontrar quando chegar em Tassimirim.

Praias de Boipeba, na Bahia: Tassimirim (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Tassimirim (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praias de Boipeba: Tassimirim (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Tassimirim (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A praia é linda, cheia de árvores e a água é clara. Não tem muita estrutura, mas tem uns bares com redes e tem um camarão a alho e óleo sensacional na Cabana da Gleide.

Camarão incrível da Cabana da Gleide (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Camarão incrível da Cabana da Gleide (Foto: Esse Mundo é Nosso)

CUEIRA

Depois de Tassimirim, está a Praia da Cueira. Embora estas praias de Boipeba sejam bem parecidas (são divididas apenas por pedras), aqui há muito mais estrutura. A barraca mais famosa é a Guido’s. Ela é bem grande e é conhecido pelas lagostas. Do lado dela, está a Cabana Sabor Tropical (os donos são muito simpáticos). Depois, vem a Barraca da Cueira. Estas duas últimas são mais em conta do que a Guidos.

Cueira em Boipeba (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Cueira em Boipeba (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Guido's em Boipeba, na Bahia (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Guido’s na praia de Cueira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Outra dica é experimentar o pastel e o acarajé da Carol. Fica bem ali do ladinho também. Tem pastel de polvo, camarão, frango e queijo. Pena que nem sempre está aberto e tem os ingredientes, já que é tudo bem fresco. É nesta parte da praia que chegam muitos barcos de passeio que saem de Morro de São Paulo. Eles param no Guido’s para almoçar.

Pra quem gosta de ficar numa área mais tranquila e com pouca gente, a faixa de areia é bem extensa. Então, dá para andar e relaxar sem ter praticamente ninguém por perto. Por isso, Boipeba é demais! Dá para ter estrutura e depois ficar sozinho descansando.

MORERÉ

Quem quiser ir andando para Moreré até consegue, mas, além de ter que ficar de olho na maré, vai precisar de bastante ânimo para andar, já que é longe, passa pelo rio e por uma fazenda.

Moreré é uma praia linda, nada agitada, cheia de coqueiros e com um mar calminho. Tem poucas barracas na areia e uma vilinha bem pequena. Para os mais preguiçosos, como eu, dá para ir até lá de trator (como se fosse um ônibus puxado por este trator – custa 10 reais por pessoa – valor de 2020) que sai de Velha Boipeba.

Trator para ir para Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Trator para ir para Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praias de Boipeba: Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praias de Boipeba: Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Não deixe de ir às piscinas naturais de Moreré, que são lindas demais. Os passeios de Volta à Ilha geralmente passam por elas. Quem estiver hospedado em Moreré pode pegar um barco ou uma lancha para ir até elas na maré baixa

Piscinas Naturais de Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Piscinas Naturais de Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praias de Boipeba: Piscinas Naturais de Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Piscinas Naturais de Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A grande diferença entre Boipeba e Moreré é justamente essa: Boipeba, apesar de também ser tranquila, tem muitos turistas, hotéis e restaurantes. Enquanto isso, Moreré tem poucas opções de hospedagem e para comer, mas possui mercadinhos. Excelente lugar para relaxar.

Vila de Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Vila de Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Acho uma boa dividir a viagem em mais dias dormindo na Velha Boipeba, onde está a estrutura da ilha, e pelo menos uma ou duas noites em Moreré para descansar 100%.

Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Um dos hotéis mais recomendados por lá é o Alizées Moreré, que possui uma vista linda da praia, além do restaurante Zen. A única parte ruim é que como é muito alto, o hotel só possui Wi-Fi na recepção.

Tem também o Coco Bambu Music Bar, que é pousada e bar, mas tem preços bem abusivos. Barraca do Giba e Brisa e Mar são outras opções (veja dicas de pousadas por lá).

Outra dica de restaurante por lá é o Paraíso, que fica mais distante.

BAINEMA

Depois de Moreré, numa pequena trilha, chegamos à praia do Bainema, uma das minhas preferidas de Boipeba. A praia é linda e muito extensa, ou seja, tem lugar pra todo mundo.

Por mais que os passeios parem nesta praia, ela é tão grande que vai sempre ter um lugar só pra você. O visual é lindo, o mar é calminho e claro, além dos conqueiros que deixam a paisagem digna de Caribe.

Praias de Boipeba: Bainema (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Bainema (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Bainema (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Bainema (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praias de Boipeba, na Bahia: Bainema (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Bainema (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Bainema (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Bainema (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Por lá, não deixe de ir ao Pontal do Bainema, um bar good vibes, com decoração moderna, música legal, comida boa e que, de acordo com as placas, abre quando os donos estão com vontade rsrs. Ahh, esse trecho da praia é bem longe de Moreré.

PONTA DOS CASTELHANOS

Entre as praias de Boipeba que você não pode deixar de visitar a Ponta dos Castelhanos. O jeito mais fácil é ir com o passeio de Volta à Ilha, mas dá para chegar lá também saindo de Moreré com táxi (que é em um quadriciclo) ou barco.

Praias de Boipeba, na Bahia: Pontal dos Castelhanos (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pontal dos Castelhanos (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O visual da praia é lindo com a mistura entre o rio Catu e o mar. Por isso, a água ganha diversos tons que vão do verde ao azul. Na maré baixa se formam alguns bancos de areia e piscinas naturais. Dá para andar muito pelo mar e tirar fotos lindas.

Pontal dos Castelhanos (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Além disso, não deixe de experimentar o pastel de polvo ou de camarão e também o drink de cacau com biribiri. Nós comemos no Pastel dos Castelhanos, mas tem também o Pastel da Vanessa. Antes disso, aproveitamos para beber alguma coisa na Barraca do Pirata.

Praias de Boipeba: Pontal dos Castelhanos (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pontal dos Castelhanos (Foto: Esse Mundo é Nosso)

As piscinas naturais dos Castelhanos são lindas demais! Dizem que o nome da praia é devido a um navio espanhol que teria naufragado na região em 1535. No passeio de barco de Volta à Ilha, é possível ver um pouco da embarcação.

Piscinas Naturais dos Castelhanos (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Piscinas Naturais dos Castelhanos (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Como nós fomos na baixa temporada, a praia estava completamente vazia. Acho que devia ter no máximo 15 pessoas por lá. No verão, fica um pouco mais cheia, mas, mesmo assim, como é bem espaçosa, tem lugar de sobra para fugir do tumulto.

COVA DA ONÇA

A última da lista de praias de Boipeba é a Cova da Onça. Sinceramente, acho que só vale ir mesmo com o passeio, que para lá para o almoço, ou para comer. A praia em si não é das melhores.

Praias de Boipeba, na Bahia: Cova da Onça (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Cova da Onça (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Agora, se você quiser experimentar uma comida boa, não deixe de ir ao restaurante Estrela do Mar. Nós comemos uma lagosta grelhado na manteiga com abacaxi que estava sensacional. Tem também moqueca de lagosta, de peixe, de camarão e mariscada.

Lagosta no restaurante Estrela do Mar na praia Cova da Onça em Boipeba (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Lagosta no restaurante Estrela do Mar na praia Cova da Onça

Tudo lá é fresco, já que eles pescam tudo no dia e servem de acordo com o que está disponível. E a comida tem aquele sabor caseiro, sabe? Muito boa mesmo! Memorável. Consigo sentir o gostinho da lagosta enquanto escrevo este post.

A Praia da Cova da Onça já está no extremo da ilha no povoado de São Sebastião.

PASSEIO DE VOLTA À ILHA

Muitas destas praias podem ser visitadas pelo passeio de Volta à Ilha. Geralmente, ele passa pelas piscinas naturais de Moreré, Bainema, Ponta dos Castelhanos, piscinas naturais de Castelhanos, Cova da Onça, Banco de Areia e encerra Portal das Ostras.

Geralmente, o tour dura 7h. Nós fizemos com a agência Coco Louco e gostamos muito.

ONDE FICAR EM BOIPEBA

Pra gente, o melhor lugar para ficar em Boipeba é perto da vila na Velha Boipeba. É lá que estão os restaurantes e de onde saem os passeios. Nossa dica é o hotel Villa da Barra, onde nos hospedamos e gostamos muito.

Existem outras opções de bons hotéis mais afastados, mas é bom saber saber que ao ficar neles, você dificilmente sairá à noite. Por isso, talvez seja legal dividir a viagem em duas partes: uma para ficar mais perto do agito (que é pequeno de toda forma) e outra para ficar em um hotel mais afastado ou em Moreré para relaxar (veja hotéis com descontos).

Ficou com alguma dúvida sobre as praias de Boipeba? Deixe nos comentários!

+ Quando ir: Melhor época pra viajar
+ Dicas de Salvador

Sobre o Autor
Adolfo Nomelini
Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Reserve seu hotel aqui
Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.