O passeio de Volta à Ilha em Boipeba é o mais tradicional para quem visita a região. Afinal, como a gente já falou antes no blog, o melhor para fazer por lá é curtir as praias sem tanta preocupação.

Por isso, o passeio de Volta à Ilha é o único que a gente realmente recomenda fazer neste paraíso baiano. Como ele passa por diversos lugares lindos e com o acesso mais restrito, vale a pena usar um dia em Boipeba para isso, já que desta forma dá para conhecer alguns lugares sem precisar se preocupar com a forma de chegar.

VOLTA À ILHA EM BOIPEBA

Neste post, a gente vai dar todas as dicas sobre o tour, falar de de cada uma das paradas que ele faz, além de preço e sugestão de empresa.

QUANTO TEMPO DURA?

O passeio de Volta à Ilha em Boipeba tem duração média de 7h. Ele costuma sair da Boca da Barra por volta das 9h30 e retorna entre 17h30 e 18h.

Vista da Boca da Barra na saída do passeio de volta à ilha em Boipeba (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Vista da Boca da Barra na saída do passeio (Foto: Esse Mundo é Nosso)

QUANTO CUSTA?

O valor cobrado por pessoa pode variar muito em cada época do ano. Geralmente, eles cobram cerca de R$ 100 por pessoa.

COM QUEM FAZER?

Como o passeio de Volta à Ilha em Boipeba é o principal tour oferecido por lá, não é muito difícil de encontrar empresas que o realizam. Nós fizemos com a Coco Louco Turismo. Eles têm um escritório num shoppingzinho onde fica a Pousada Villa da Barra, hotel que nos hospedamos.

Passeio de Volta à Ilha em Boipeba, na Bahia (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Lancha usada no passeio de Volta à Ilha em Boipeba (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A nossa experiência com a empresa foi muito boa. O guia era ótimo, assim como a lancha. Estivemos lá em março, já na baixa temporada. Por isso, éramos apenas seis turistas no tour, o que deixou o passeio ainda melhor.

POR ONDE ELE PASSA?

Vamos falar agora quais são as paradas do passeio de Volta à Ilha em Boipeba. Vale lembrar que tudo pode variar de acordo com a maré, com a época do ano e com o clima do dia que você estiver por lá.

PISCINAS NATURAIS DE MORERÉ

Um dos lugares mais lindos de Boipeba, as piscinas naturais de Moreré têm água na temperatura ideal, calminha, clarinha e deliciosa. Quem gosta de mergulho, pode ver vários peixinhos. A parada por aqui durou cerca de 1h.

Piscinas naturais de Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Piscinas naturais de Moreré (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Uma das partes boas deste passeio é justamente as paradas nas piscinas naturais. Para chegar até as praias, é possível ir sozinho, mas até as piscinas é preciso de barco. Claro que dá para fechar com algum barqueiro, mas num primeiro momento, é bom ir no tour de Volta à Ilha para ter uma visão geral.

BAINEMA

No dia em que fizemos o tour, a nossa segunda parada foi em Bainema, uma das nossas praias favoritas de Boipeba. Ela é linda, espaçosa, tem um mar delicioso e lindo (lindo mesmo). A água é clara e calma, tem uma cor que parece Caribe. Para completar a paisagem, há ainda muitos coqueiros.

Bainema é uma paradas do passeio de volta à ilha em Boipeba (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Bainema (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Uma dica para quem quiser beber ou comer alguma coisa é o Pontal do Bainema, um bar/restaurante de praia super estiloso com aquele vibe que só a Bahia tem. Aliás, por lá há um balanço para relaxar e tirar fotos incríveis.

Bainema, em Boipeba, na Bahia (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pontal da Bainema (Foto: Esse Mundo é Nosso)

PONTA DOS CASTELHANOS

Depois de Bainema, o passeio de Volta à Ilha em Boipeba seguiu para outra praia: Ponta dos Castelhanos. Acho que foi uma das paradas mais longas. Ficamos 1h30 por aqui.

Praia dos Castelhanos é uma das paradas da volta à ilha em Boipeba (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia dos Castelhanos (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A praia também é linda (mas prefiro Bainema). O mais legal daqui é que como tem o encontro com o rio Catu, a água ganha vários tons. Além disso, na maré baixa se formam vários bancos de areia. É lindo! E é muito legal poder andar literalmente pelo mar.

Nós seguimos as dicas que tinham nos dado e experimentamos um pastel de camarão com catupiry que estava sensacional (comemos na barraca Pastel dos Castelhanos). No cardápio ainda tem pastel de polvo, siri e até lagosta, mas como tudo é fresquinho precisa ver a disponibilidade no dia. A bebida mais tradicional é a caipirinha de biribiri. Eles aceitam cartão.

PISCINAS NATURAIS DE CASTELHANOS

Depois que fomos à Praia da Ponta dos Castelhanos, foi a vez de irmos até as Piscinas Naturais de Castelhanos. Essa foi uma grata surpresa durante o passeio de Volta à Ilha em Boipeba.

Piscinas naturais de Castelhanos  em Boipeba, na Bahia (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Piscinas naturais de Castelhanos (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O visual é lindo e a água é deliciosa, assim como em Moreré. Parece Caribe! Tons esverdeados e transparentes. Lindo de ver e bom para nadar.

No caminho, ainda passamos perto do navio que naufragou no século XVI. Deu para ver um pouco. Depois, fomos em um banco de areia, mas não quisemos descer.

COVA DA ONÇA

Esta é a parada para o almoço, já por volta das 16h. Embora a praia não seja das mais bonitas, tem um restaurante incrível com peixes e frutos do mar fresquíssimos: Restaurante Estrela do Mar.

Cova da Onça é a para para o almoço na Volta à Ilha em Boipeba (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Cova da Onça (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Se não fosse isso, eu falaria pra você comer muitos pastéis em Castelhanos, mas como a comida daqui vale a pena, guarde um espaço para o almoço.

Lagosta no Restaurante Estrela do Mar (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Lagosta no Restaurante Estrela do Mar (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A gente comeu uma lagosta na manteiga com abacaxi. Estava sensacional.

PORTAL DAS OSTRAS

A última parada no passeio de Volta à Ilha em Boipeba é no Portal das Ostras, um paraíso para os amantes desta iguaria. Daqui dá para ver a produção e o cultivo das ostras e, claro, comê-las cruas ou gratinadas. O pôr do sol visto de lá é lindo.

Portal das Ostras é a última parada no passeio de volta à ilha em Boipeba (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Portal das Ostras (Foto: Esse Mundo é Nosso)

VALE A PENA?

Boipeba é um daqueles paraísos para relaxar sem ter compromisso com nada. Ir às praias, comer bem, beber, jogar conversar fora e tomar sol são as melhores atrações.

Mas, como também já dissemos, alguns lugares de mais difícil acesso, como as Piscinas Naturais de Moreré e as de Castelhanos, e até a Ponta dos Castelhanos, fazem parte do passeio de Volta à Ilha em Boipeba e esta é uma boa forma de conhecê-los.

Pôr do sol em Boipeba, na Bahia (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pôr do sol em Boipeba (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Acho que vale a pena sim usar um dia na ilha para fazer o tour. Tirando isso, aproveite todo o resto nas praias para relaxar e ser feliz.

ONDE FICAR EM BOIPEBA

Quando estivemos em Boipeba, ficamos hospedados na Pousada Villa da Barra. Adoramos a estrutura e a localização do hotel. Pra gente, é o melhor custo-benefício na ilha.

Aproveite também para ver as outras opções de hospedagem na cidade.

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários!

+ Veja todas as dicas do destino
+ Saiba quais são as principais praias de lá
+ O que fazer: Dicas e atrações

Sobre o Autor
Adolfo Nomelini
Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Reserve seu hotel aqui
Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.