Praias, lagoas, passeios de buggy, restaurantes e bares. Jericoacoara tem muitas atrações para conhecer. Por isso, é preciso se organizar direitinho para não deixar nenhuma delas de lado. No post de hoje, iremos falar como foi o nosso roteiro em Jericoacoara com dicas do que fazer de 3 a 5 dias por lá.

ROTEIRO EM JERICOACOARA

| DIA 1 DO ROTEIRO EM JERICOACOARA

IDA DE FORTALEZA PELA MANHÃ

Já estávamos em Fortaleza, onde passamos dois dias. Então combinamos de sair ainda de manhã para chegarmos cedo em Jericoacoara. O transfer em 4×4 leva de 3h a 4h. Embora seja mais caro do que de ônibus, vale a pena pela economia de tempo (o ônibus leva 7h ou mais). Quem preferir, pode chegar de avião. O aeroporto mais próximo fica na cidade de Cruz, a cerca de 30km de Jericoacoara.

CHECK IN NO HOTEL

Como já estará próximo de meio-dia, talvez já seja possível fazer o check-in no seu hotel. Aliás, em Jeri não faltam boas opções de hospedagem como o Essenza, a Kanaloa Pousada, a Casa na Praia, a Casa de Areia, a Ponta da Pedra, a Pousada do Carcará, a Blue Residence e a Vila Kalango são algumas delas.

Hotel Essenza (Foto: Divulgação)

Fizemos um post com várias sugestões de hospedagem. Vale a pena dar uma olhada.

PASSEIO PELA VILA DE JERI E PRAIA PRINCIPAL

Nosso roteiro em Jericoacoara começa por um passeio pela vila e também pela praia principal. Como já será tarde, o ideal é andar sem rumo pela vila e depois escolher um bar ou beach club na praia principal para comer e curtir o sol. Nós gostamos muito do Dumundu, do Bar do Alexandre e o Club Ventos, que é o mais famoso. Eles sempre têm música ao vivo.

Roteiro em Jericoacoara: Praia Principal (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ O que fazer por lá: Dicas dos melhores passeios
+ Quando ir: A melhor época pra curtir a região
+ Taxa de turismo: Como pagar pela internet

PÔR DO SOL NA DUNA DO PÔR DO SOL

Aproveitando que passou o dia na vila, o roteiro em Jericoacoara continua com um dos pontos altos da viagem. Se o tempo estiver bom, aproveite para ir andando até a Duna do Pôr do Sol, que fica à esquerda de quem olha para o mar na Praia Principal. Para chegar até lá, leva cerca de 10 minutos de caminhada. Vale muito a pena!

Duna do Pôr do Sol (Foto: Esse Mundo é Nosso)

É lá de cima que se tem uma das vistas mais lindas do final do dia em Jeri. Vale o esforço para subir a duna. Aliás, fizemos um post bem completo sobre o passeio.

CAIPIRINHA

Saindo da Duna do Pôr do Sol e voltando para a vila, haverá uma série de barraquinhas vendendo caipirinhas com nomes divertidos. A gente acabou não tomando nenhuma, mas se divertiu muito lendo e escolhendo qual tomaríamos depois.

JANTAR

Aproveite para escolher algum dos restaurantes da vila para jantar. Há muitas boas opções. A gente fez um post com um guia de restaurantes em Jeri. Vale a pena ler.

Entre as sugestões estão o Freddyssimo, Bistrôgonoff, Na Casa Dela, Tamarindo, Dona Amélia e Pimenta Verde. Mas no nosso post de onde comer em Jeri, além de outras opções, falamos mais de cada uma delas.

Restaurante Dona Amélia em Jeri (Foto: Esse Mundo é Nosso)

| DIA 2 DO NOSSO ROTEIRO EM JERICOACOARA

PASSEIO DE BUGGY PELO LITORAL LESTE

A nossa sugestão para o segundo dia do roteiro em Jericoacoara é fazer um passeio de buggy pelo litoral leste, que passa pelos pontos mais famosos de Jeri. Aliás, fizemos um post falando mais deste tour.

Geralmente, ele começa pela Pedra Furada, passa pela Árvore da Preguiça e depois segue para a Lagoa Azul e para a Lagoa do Paraíso.

Roteiro em Jericoacoara (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Geralmente, a parada na Lagoa do Paraíso, famosa pelas redes na água, é no The Alchymist, beach club mais famoso da região.

Roteiro em Jericoacoara: Lagoa do Paraíso (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Embora existam passeios compartilhados mais baratos (são fáceis de encontrá-los na vila), vale a pena gastar um pouco mais e fazer o passeio de buggy. Primeiro pela comodidade, segundo porque você pode fazer tudo no seu tempo e ainda tem a oportunidade de pedir para o seu bugueiro alternar a ordem da rota para tentar pegar a Lagoa do Paraíso mais vazia.

PÔR DO SOL

O passeio deve acabar no meio ou final da tarde, então, vale a pena curtir mais uma vez o pôr do sol. Se não quiser na Duna novamente, dá para aproveitar em algum dos bares da praia ou ir ao Café Jeri, que tem um rooftop com DJ e drinks no final da tarde.

Roteiro em Jericoacoara (Foto: Esse Mundo é Nosso)

FORRÓ À NOITE

Escolha uma das noites em Jeri para curtir o forró no restaurante da Dona Amélia. Não precisa pagar para entrar. O restaurante possui um cardápio bem amplo (então, vale a pena aproveitar pra jantar) e na parte ao ar livre sempre tem uma banda de forró com as pessoas dançando e se divertindo.

Forró em Jericoacoara (Foto: Esse Mundo é Nosso)

| DIA 3

PASSEIO DE BUGGY PELO LITORAL OESTE

O roteiro em Jericoacoara continua com um passeio de buggy pelo litoral oeste. Esse trecho não é tão comum, mas vale a pena ser visitado. Fizemos um post contando mais deste tour.

O tour passa pelo Mangue Seco, que é bem bonito, e segue para Tatajuba. Lá, há várias lagoas bonitas, dunas e atrações radicais.

Mangue Seco (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Roteiro em Jericoacoara: Tatajuba (Foto: Esse Mundo é Nosso)

PRAIA

Se chegar do passeio ainda com bastante tempo de sol, dá para ir até a Praia da Malhada para conhecer rapidamente ou ficar mesmo na praia principal. Não deixe de curtir o pôr do sol na Praia Principal ou na Duna.

Praia da Malhada (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Melhores praias e lagoas da região
+ Lagoa do Paraíso: O que é bom saber antes de ir

NOITE

Mais uma vez, a dica é escolher algum dos bons restaurantes espalhados pela vila de Jeri. Lembre-se de ler nosso post com diversas sugestões de onde comer por lá.

Roteiro em Jericoacoara (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Se tiver com pouco tempo, dá para encerrar sua viagem por aqui. Claro que o ideal é ficar mais dias para conseguir aproveitar bem a região.

| DIA 4

O quarto dia do roteiro em Jericoacoara é mais livre para curtir e relaxar. Dá para voltar à Lagoa do Paraíso se quiser usando os transfers coletivos. Fomos cedo para o lugar de onde eles saem, perto da padaria 24h (é fácil de achar), porque gostaríamos de pegar o The Alchymist, beach club bombado da Lagoa do Paraíso, bem vazio.

Mas, veja bem, se você tiver curtido bastante a lagoa no dia do seu passeio de buggy por lá, não precisa voltar. Aproveite para ir para a praia e curtir o dia sem pressa.

Roteiro em Jericoacoara (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Se quiser, também é possível ir andando até a Pedra Furada ou ainda fazer um passeio até Barrinha, que tem praia e dunas.

PRAIA

Depois de dois dias de passeios, vale a pena pegar o quarto dia para descansar. A dica é escolher alguma das praias de Jeri ou da redondeza para conhecer. Se estiver com preguiça, fique na Praia Principal. A Praia do Preá fica mais distante, mas algumas boas opções de restaurantes têm surgido por lá.

Praia do Preá (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Pra quem quiser relaxar, até vale a pena escolher uma noite para dormir na Praia do Preá. Uma boa opção de hotel é o Rancho do Peixe.

A gente fez um post bem completo falando sobre as principais praias de Jeri.

Não esqueça também de curtir o pôr do sol na Praia Principal ou na Duna do Pôr do Sol.

Roteiro em Jericoacoara: Pôr do sol na praia (Foto: Esse Mundo é Nosso)

NOITE

Aproveite para jantar em algum dos restaurantes da vila.

| DIA 5

Este é o último dia do nosso roteiro em Jericoacoara. Se der, tente pegar o transfer no final da tarde. Assim dará para aproveitar um dia passeando pela vila e pela Praia Principal.

Vila de Jeri (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Ficou bom alguma dúvida do nosso roteiro em Jericoacoara? Deixe nos comentários

| ONDE FICAR EM JERICOACOARA

Pra quem gosta de sair à noite para comer e passear, a dica é ficar na vila de Jeri. Lá estão diversas opções de hotéis e pousadas para todos os gostos. Aliás, a gente fez um post bem completo com dicas de hospedagem. Vale a pena dar uma lida.

Ficou com alguma dica do nosso roteiro em Jericoacoara? Deixe nos comentários!

+ Veja todas as nossas dicas do destino
+ O que fazer: Dicas e principais passeios
+ Onde comer: Listamos os melhores restaurantes
+ Onde ficar: Hotéis testados e aprovados
+ 15 coisas pra saber antes de viajar pra lá
+ Quando ir: Melhor época pra curtir a região
+ Melhores praias e lagoas

Sobre o Autor
Adolfo Nomelini
Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

4 respostas

  1. Realmente Jeri é lindo diferente, rústico e natureza selvagem, meu passeio favorito foi lado Oeste e pedra Furada, que compensa muito ir a pé prestigiando a natureza l meu roteiro foi bem parecido com o seu a diferença é que fiquei apenas 3 dias com gostinho de quero mais, quero muito voltar lá um dia.

  2. Com certeza é um dos melhores passeios do Brasil, a natureza exuberante é magnífica, porém não existe esse translado de três a quatro horas de Fortaleza a Jericoacoara, até porque por questão de segurança o motorista não pode exceder o limite da via o que torna a viagem um pouco mais demorada com a vantagem de o transfer lhe pegar em qualquer lugar dentro de Fortaleza e lhe deixar em qualquer lugar dentro da vila de Jericoacoara.

    1. Oi, Daniele. Obrigado pelo comentário.

      Esse transfer existe sim porque foi o que fizemos na ida e na volta e durou exatamente este tempo (de 3h a 4h) sem o motorista exceder o limite de velocidade e ainda parando 2x.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Reserve seu hotel aqui
Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.