Roteiro em Bangkok: O que fazer durante 4 dias na cidade

Muita gente pede para ajudarmos a preparar um roteiro em Bangkok, na Tailândia, com tudo aquilo que fizemos por lá. Para facilitar na hora de você fazer o seu, vamos contar aqui detalhes das atrações e pontos turísticos que visitamos na cidade.

ROTEIRO EM BANGKOK: DICAS NA CIDADE

Como cada voo chega em um horário, vou montar aqui o roteiro de acordo com o nosso. Chegamos à cidade na hora do almoço e primeiro nos hospedamos no Riva Arun, que é ótimo por sinal, e fica mais próximo do Wat Arun. Aproveite para checar o valor das diárias com desconto. Nós contamos os detalhes de como é se hospedar lá em outro post.


| DIA 1

Depois de chegarmos ao Riva Arun, fomos até o Wat Arun que ficava perto do hotel. Passamos um tempo lá. É lindo acompanhar o pôr do sol neste templo.

+ Veja os principais templos mapeados

Roteiro em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

À noite, fizemos nossa primeira parada na Khao San Road, uma das ruas mais malucas e divertidas de Bangkok. Por lá, aproveitamos para fazer uma massagem incrível. Confesso que até dei uma cochiladinha kkkk! Perigo rsrs! Depois, comemos um pad thai por ali mesmo.


| DIA 2

Continuamos nosso roteiro em Bangkok visitando mais um templo. Desta vez, fomos ao Wat Pho, conhecido pelo Buda reclinado, que possui 46 metros, ou seja, é maior do que o Cristo Redentor. Neste templo também está a maior coleção de imagens de Buda do país.

Roteiro em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Saindo de lá, seguimos nosso roteiro em Bangkok em direção ao Grand Palace, complexo do século XVIII e onde estão alguns dos mais importantes templos da cidade. Embora seja necessário vestir calças para entrar lá, eles as emprestam na bilheteria. Afinal, naquele calor da Tailândia fica difícil andar com roupas compridas. O ingresso dá acesso também à antiga residência do rei.

Roteiro em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Não deixe de passar pelo Templo do Buda Esmeralda, o mais sagrado da Tailândia, em que apenas o rei é autorizado a tocar na estátua.

+ Encontre seu hotel na cidade com descontos especiais

Saindo de lá, voltamos à região da Khao San para ir aos bares e fazer mais massagem.

Roteiro em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

À noite, aproveitamos para conhecer a região de Soi Couboy, que também é conhecida como a rua de Se Beber, Não Case. É praticamente o Red Light District. Quando estivemos por lá, havia muitos turistas. Sobre o famoso show de pompoarismo com bolinhas de ping pong, não é nada fácil encontrar isso por lá. Esses shows são meio secretos na cidade. Algumas pessoas oferecem no meio da rua, mas é preciso seguir com eles para algum lugar obscuro. Nós não encaramos.


| DIA 3

Seguimos nosso roteiro em Bangkok. Depois de ficarmos hospedados no Riva Arun, fomos para o Riva Surya, que é tão bom quanto o primeiro, mas fica mais próximo da Khao San (veja o valor da diária com desconto). Aliás, deve ser o melhor hotel desta região da cidade. Nós gostamos muito de ficar hospedados por ali por conseguirmos fazer muita coisa a pé e inclusive já publicamos um post com dicas de hotéis nessa redondeza.

Encontre o melhor preço no Seguro Viagem pra Tailândia
Não viaje pra Tailândia sem um seguro. Você evita dores de cabeça com eventuais problemas de saúde e até mesmo imprevistos com cancelamentos e atrasos de voos. Vale a pena já sair do Brasil com um seguro garantido. Use o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 e ganhe mais 5% de desconto

 

Voltando ao roteiro, começamos nosso terceiro dia fazendo o passeio pelo Mercado Flutuante. Decidimos um dia antes e deixamos tudo agendado com uma agência que fica perto da região da Rambuttri.

Roteiro em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O Mercado Flutuante Damnoen Saduak está localizado a cerca de 1h de Bangkok. Embora agora ele seja altamente turístico, vale a pena passear por lá para ver como os tailandeses faziam compras antigamente.

Em seguida, no mesmo tour, fomos ao Mercado do Trem, que ainda é usado pelos locais. Informe-se antes para saber se o trem irá passar naquele dia. Sem o trem, não terá a mesma graça.

Roteiro em Bangkok (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Encontre seu hotel na cidade com descontos especiais

O Mercado do Trem, localizado na estação de Maeklong, em Samut Songkhram, a 70 km da capital da Tailândia, funciona nos trilhos. Quando há o alerta de que o trem irá passar, todos tiram suas barracas e mercadorias correndo para abrir espaço. É algo inacreditável!

Por lá, é possível encontrar frutas, peixes, frutos do mar, verduras, legumes, bebidas e temperos. Já aviso que o cheiro é bem forte. O passeio dura a manhã toda (veja todos os detalhes do mercado).

À tarde, fomos até ao moderno bairro de Siam. Por lá, estão diversos shoppings. Aproveitamos para dar uma voltinha e fazer algumas compras. MBK, Siam Discovery e Siam Paragon são alguns deles.

Já à noite, aproveite para comer em algum restaurante típico da cidade e, claro, faça mais uma massagem. Aliás, falando em massagem, é sempre bom tomar cuidado. O Rafa teve um problema sério depois de uma massagem em Phi Phi e contou tudo aqui no blog.


| DIA 4

Nosso quarto dia em Bangkok não foi muito produtivo porque acabamos perdendo muito tempo no trânsito, já que estivemos em uma época um pouco tumultuada na cidade. Nesse dia trocamos novamente de hotel e nos hospedamos no Indigo, no moderno bairro de Sukhumvit. Nós também contamos os detalhes de como é ficar lá em outro post.

De qualquer forma, além de andar à toa sem compromisso com horário, conhecer mais templos ou fazer comprinhas, vale a pena ir até Ayutthaya. A antiga capital da Tailândia é cheia de templos e fica a menos de 100km de Bangkok. Dá para fazer bate-volta sozinho ou fechando tour por agências.

À noite, pra quem quiser encerrar o roteiro em Bangkok em grande (e caro) estilo, dá para curtir a noite no Sirocco Sky Bar, que tem uma vista linda da cidade e que ficou conhecido por ter sido usado como cenário para o filme “Se beber, não case 2”. Apenas prepare-se para gastar MUITO. Os preços já seriam caros se fossem comparados com qualquer cidade do mundo, mas estando na Tailândia, onde tudo costuma ser mais em conta, o valor fica ainda mais absurdo.

Encontre o melhor preço no Seguro Viagem pra Tailândia
Não viaje pra Tailândia sem um seguro. Você evita dores de cabeça com eventuais problemas de saúde e até mesmo imprevistos com cancelamentos e atrasos de voos. Vale a pena já sair do Brasil com um seguro garantido. Use o cupom ESSEMUNDOENOSSO5 e ganhe mais 5% de desconto

 

Ficou com alguma dúvida do nosso roteiro em Bangkok? Deixe nos comentários!

+ Encontre seu hotel na cidade com descontos de até 50%
+ Veja nossas outras dicas da cidade
+ Saiba qual é a melhor época de ir pra Tailândia
+ Hotéis na região da Khao San; listamos os melhores

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *