Roteiro na Ilha da Madeira: O que fazer em 6 dias

Organizar um roteiro na Ilha da Madeira não é tão simples quanto parece. Embora a ilha seja pequena, são 57 km de comprimento e 22 km de largura, ela é cheia de atrações. Por isso, é preciso otimizar o tempo para conseguir aproveitar bastante a viagem por lá.

Neste post, a gente dá uma sugestão de roteiro na Ilha da Madeira com dicas do que fazer e de onde ficar.

ROTEIRO NA ILHA DA MADEIRA: O QUE FAZER

| ONDE FICAR NA ILHA DA MADEIRA

Antes de falarmos do nosso roteiro na Ilha da Madeira, vale a pena uma explicação: a ilha tem diversas cidades e as atrações são realmente espalhadas. Então, dá para escolher uma cidade como base e a partir dela ir para os outros lugares ou dá para mudar de cidade de acordo com a programação.

Roteiro na Ilha da Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Funchal, a capital da Ilha da Madeira, é uma boa opção de hospedagem, já que é lá que está a melhor estrutura de restaurantes, lojas e hotéis. Nós ficamos hospedados no clássico Belmond Reid’s Palace, que é considerado um dos melhores hotéis da Madeira. Outras dicas são a Quinta da Casa Branca e o The Cliff Bay, que também são ótimos.

Nós fizemos um post bem completo falando das principais cidades e dando dicas de hotéis por lá. Vale a pena dar uma lida.

| ROTEIRO

Depois desta pequena explicação, vamos ao nosso roteiro na Ilha da Madeira:

DIA 1

CURTIR FUNCHAL

A nossa dica é tentar pegar o voo de Lisboa para a Ilha da Madeira de manhã para conseguir chegar cedo e aproveitar o dia por lá. O tempo entre os dois destino é de 1h30 de avião.

CENTRO DO FUNCHAL

Se você estiver hospedado no Funchal, aproveite o primeiro dia para andar pela centro da cidade, que é super bonitinho e tem pontos turísticos como a Igreja da Sé (R. do Aljube 39). Vá até a Rua Santa Maria, que é fechada para pedestres e tem bons restaurantes (lá há diversos grafites nas paredes e portas), conheça o Mercado dos Lavradores (R. Latino Coelho 38) e o Mercado dos Peixes e visite a fábrica de bordados Bordal (Rua Dr. Fernão de Ornelas 77). Tem também o Parque de Santa Catarina (Av. Sá Carneiro 3, 9000), que é lindo.

Funchal, na Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

MUSEU DO CRISTIANO RONALDO

Se gostar de futebol, vá ao Museu CR7, onde estão expostos diversos prêmios de Cristiano Ronaldo, a personalidade mais famosa da Ilha da Madeira.

CARROS DE CESTOS

Se ainda estiver com tempo e ânimo, sugiro incluir os Carros de Cestos. Se não, deixe isso para outro dia, mas faça porque vale a pena.

Carros de cestos (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Para chegar até lá, a dica é pegar o Teleférico do Funchal, que sai do centro e vai até o Monte. O trajeto demora cerca de 15 minutos. Só compre a ida, já que a descida será nos carros de cestos.

Se quiser, aproveite antes para ir ao Monte Palace Tropical Garden.

Pra quem não sabe, os carros de cestos eram usados como meio de transporte para descer do Monte ao Funchal. Pra duas pessoas descerem, o valor cobrado é de 30 euros. É caro, mas vale a pena. A gente fez um post contando toda a nossa experiência por lá.

RESTAURANTES

No Funchal, também há diversos restaurantes imperdíveis, como os premiados Il Gallo D’Oro (veja o nosso post sobre ele) e William, o italiano Villa Cipriani, o Dinning Room, que é lindo e ótimo, e o Nini Design Centre, que vale a pena a visita, além da comida. Nós fizemos uma lista com dicas de onde comer por lá.

DIA 2

JEEP TOUR

O segundo dia do nosso roteiro na Ilha da Madeira começa com um jeep tour, uma das melhores formas de conhecer a região. Como eu disse antes, as atrações da Ilha da Madeira são muito espalhadas. Portanto, será preciso circular muito de um ponto para o outro e o transporte público não é muito bom entre as cidades.

Roteiro na Ilha da Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

É possível alugar um carro para circular por lá, mas as estradas são muito sinuosas. Portanto, é preciso ter bastante experiência e segurança para dirigir pela ilha. Se for o seu caso, a nossa dica é alugar o carro na Rentcars, que é um buscador que encontra os melhores preços entre as principais locadoras. Além de chegar lá com tudo resolvido, é possível dividir o valor do aluguel e pagá-lo em reais sem IOF. Dá pra fazer tudo online.

Outra possibilidade é fazer passeios com agências em 4×4. Assim, você poderá conhecer diversos lugares de forma segura. Vale a pena fazer as contas e ver o que funciona mais para você. Inclusive, é possível dar uma olhada nas opções de tours e fechar pelo Get Your Guide, que é parceiro do blog.

Dito tudo isso, vamos voltar ao nosso roteiro na Ilha da Madeira. No segundo dia, a nossa dica é então fazer o Jeep Tour. São diversas possibilidades: passeios pelas montanhas, viagem de catamarã, trilhas, e passeios pelos lados leste, oeste, norte ou sul da ilha.

Roteiro na Ilha da Madeira: Ribeira da Janela (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Ribeira da Janela (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O tour que fizemos foi pelas partes sul e oeste da Ilha da Madeira. Passamos pelo Jardim do Mar, Paul do Mar, Ponta do Pargo, que divide a ilha em Norte e Sul e Porto Moniz. Fizemos um trecho da trilha da Ribeira da Janela, almoçamos no Aqua Natura, de onde se tem uma vista linda das piscinas naturais de Porto Moniz, fomos até a Ribeira da Janela e ainda passamos pela Cachoeira Água do Alto, em São Vicente. O dia rendeu bastante.

Se der tempo, depois da Ribeira da Janela, que é um lugar lindo, vá ao Miradouro do Véu da Noiva para ver a cachoeira.

Antes de escolher o passeio, veja como está a situação das piscinas naturais. De repente, vale a pena incluí-la já neste tour.

À noite, aproveite para jantar em algum dos restaurantes que indicamos no post de onde comer na Ilha da Madeira.

Nós fizemos um post bem completo falando sobre experiência no Jeep Tour.

DIA 3

Confesso que este dia é especial pra mim no nosso roteiro na Ilha da Madeira porque eu realmente amei esses dois lugares: o Cabo Girão e a Fajã dos Padres.

CABO GIRÃO

É do Cabo Girão que se tem uma das vistas mais lindas da Ilha da Madeira, até porque são 580 metros de altura. Não à toa, ele é um dos picos mais altos da Europa. Lá de cima, dá para ver Câmara de Lobos e Funchal.

Roteiro na Ilha da Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Se fosse só isso já seria demais, né? Mas tem um detalhe que deixa o lugar ainda mais legal: um pedaço do mirante é feito com chão de vidro. Dá uma certa aflição? Dá! Mas vale muito a pena! Uma sensação indescritível pisar nesta plataforma suspensa de vidro. Adorei! A gente fez um post completo contando a nossa visita ao Cabo Girão.

Roteiro na Ilha da Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

MIRADOURO CABO GIRÃO
Estrada do Cabo Girão, 9300-351 Câmara de Lobos

FAJÃ DOS PADRES

Saindo do Cabo Girão, siga em direção à Fajã dos Padres. Pra chegar lá, é necessário pegar um teleférico (10 euros – preço em novembro de 2018) que desce 400 metros em 2 minutos e 48 segundos.

Roteiro na Ilha da Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A Fajã dos Padres é um verdadeiro paraíso com plantações tropicais e vinhedos. Com horta orgânica e comida fresquinha, aproveite para comer no restaurante que fica por lá. Vale a pena passar a tarde toda aproveitando a região. Aliás, fizemos um post bem completo sobre este pedaço da ilha.

Fajã dos Padres (Foto: Esse Mundo é Nosso)

DIA 4

TRILHAS

O nosso roteiro na Ilha da Madeira continua. Desta vez a sugestão é ir até o Pico do Areeiro e o Pico Ruivo, ponto mais alto da Madeira. Como esse passeio depende do clima, não é recomendável deixá-lo para o último dia.

Sobre o Pico do Areeiro, é possível chegar até lá de carro ou através de tours. De lá, dá para fazer a trilha até o Pico Ruivo. Se não estiver muito bem preparado fisicamente, vale a pena fechar o passeio com alguma empresa. Infelizmente, não conseguimos ir até lá por falta de tempo. Procure as opções de tour no Get Your Guide, que é parceiro do blog.

Roteiro na Ilha da Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Na Ilha da Madeira há diversas trilhas, das mais leves e rápidas até as mais complexas e demoradas. Vale a pena ver qual mais combina com você.

SANTANA

Santana, Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Depois, a nossa dica é conhecer Santana, onde estão as famosas casinhas típicas da Madeira que possuem formato triangular e teto coberto de colmo.

Aproveite para almoçar na Quinta do Furão, que fica em Santana. O restaurante tem uma vista linda e a comida é ótima.

+ Veja dicas de onde comer por lá

DIA 5

O quinto dia do nosso roteiro na Ilha da Madeira tem passeio de barco, compras e uma sugestão de tour por Funchal.

PASSEIO DE BARCO

Aproveite a manhã para fazer um passeio de barco para ver golfinhos e baleias. Na Ilha da Madeira é tão comum ver golfinhos que a empresa com quem nós fizemos o tour, a Rota dos Cetáceos, garante que caso você não veja nenhum ela dá mais um passeio para outro dia.

Roteiro na Ilha da Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Embora não haja um lugar exato para ver os animais, na Ilha da Madeira há alguns observadores que ficam à procura dos animais. Eles sinalizam os barcos para que façam o trajeto e os encontrem no mar. É demais! Nós avistamos golfinhos e baleias. Aproveite para ver as opções de passeios de barco no Get Your Guide e veja o post que fizemos contando a nossa experiência, que foi inesquecível.

COMPRAS

Aproveite a tarde para andar mais pelo Funchal. Dá para fazer comprinhas no supermercado ou no shopping. Nós fomos no Fórum Madeira (Estrada Monumental, 390). Gostamos bastante porque além de lojas famosas, como a C&A, H&M e Zara, tem um supermercado, o Pingo Doce. Bom para comprar vinhos, inclusive o Vinho Madeira, e queijos portugueses.

FOOD AND WINE TOUR

Se preferir, é possível aproveitar a tarde para fazer o Food and Wine Tour, que passa por nove paradas, como a Blandys, que é famosa pelo vinho Madeira, a Fábrica Santo Antônio, que faz biscoitos desde 1893, A Mercadora, uma quitanda onde provamos a famosa poncha, e a Venda da Donna Maria, para experimentar pratos típicos. No site tem mais informações.

Roteiro na Ilha da Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

À noite, não deixe de escolher alguns dos restaurantes que sugerimos no post de onde comer na Ilha da Madeira.

DIA 6

PRAIAS

Se estiver na Ilha da Madeira no verão, aproveite para curtir as praias. A maioria é pedra. Se você quiser uma praia com faixa de areia, vai ter que pegar 2h de ferry e ir até Porto Santo.

Piscinas Naturais da Ilha da Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

As principais praias da Ilha da Madeira são a Prainha, Praia dos Anjos, na Ponta do Sol, Praia da Laje e Praia das Piscinas Naturais de Porto Moniz.

| AINDA TEM MAIS

Uma dica importante: Inclua no seu roteiro na Ilha da Madeira o famoso bolo de caco, que é um pão delicioso, a espetada, que é um churrasco na mesa que comemos na Adega da Quinta, e a poncha, o drink mais famoso de lá, que mistura aguardente, sumo do limão e mel de cana.

Poncha na Ilha da Madeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

| SEGURO VIAGEM PRA ILHA DA MADEIRA

Pra quem viaja pra Ilha da Madeira, é obrigatório fazer um seguro viagem, assim como para a maioria dos países da Europa. A nossa dica é entrar no site da Seguros Promo, que é parceira do blog e funciona como uma comparadora de seguros.

Como eles negociam em uma quantidade alta, conseguem negociar os valores do seguros e deixá-los muitas vezes mais baixos do que nos sites das próprias seguradoras. A gente sempre faz os nossos seguros com eles. Além disso, no momento de fechar a compra, use o nosso cupom ESSEMUNDOENOSSO5 para ter ter 5% de desconto. Se estiver com bastante antecedência da viagem, escolha pagar via boleto e ganhe mais 5% de desconto.

Ficou com alguma dúvida do nosso roteiro na Ilha da Madeira? Deixe nos comentários!

+ Veja todas as dicas do destino
+ Onde ficar: Dicas de hotéis e regiões
+ O que fazer por lá: Melhores atrações
+ O que é bom saber antes de ir pra lá

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *